— Sem categoria —

Os Medos De Quem Vai Para Os EUA

medos de quem se muda para os EUA
por wiphey via flickr

Viver nos Estados Unidos é o sonho de muitos, é também algo emocionante que pode causar certos receios. Abaixo uma lista com alguns dos receios que tenho ouvido de brasileiros desde que criei o blog:

Medo dos filhos não se adaptarem ao cotidiano e especialmente ao idioma:

Para os que vem para cá com família, esse é com certeza o medo número um. Mas calma lá. Saiba que seus filhos provavelmente se adaptarão mais rápido e melhor do que você. Cuidado se vocês vierem para cá temporariamente. As crianças podem não querer mais voltar para o Brasil rsrs

Medo de desastres naturais:

Não há lugar 100% seguro no planeta em relação a desastres naturais e se você conseguir um visto de trabalho para os EUA, por exemplo, não tem como você dizer para o seu chefe mudar a empresa para que você se sinta mais seguro, não é? Ainda assim vale a pena conferir os tipos de desastres naturais mais afetam regiões americanas específicas  e saber o que fazer em situações de perigo desse tipo. Estar preparado sempre.

Medo de se relacionar com americanos:

A gente tem essa imagem no Brasil de que eles são antipáticos, obesos e grossos. É o oposto, eles são simpáticos (podem até ser superficiais em sua simpatia mas ainda assim simpáticos), nem todos são obesos e comem fast food em todas as refeições todos os dias e são extremamente educados ( Nova-iorquinos e outros oriundos da Costa Leste americana à parte nessa última rsrs).

Medo de sofrer preconceito:

Não há garantias de que você não sofrerá preconceito aqui, às vezes o tipo de preconceito vivenciado sequer é o que se imaginava antes de botar os pés em solo americano, às vezes ele acontece dentro da sua prórpia família! E às vezes o brasileiro sequer passa por esse tipo de coisa.

O importante a saber é que os EUA é um país aberto a imigrantes – dentro do limite, se você seguir as regras , respeitar os costumes deles e não querer simplesmente forçar seu estilo de vida brasileiro nos seus vizinhos, eles vão te aceitar numa boa. Cada um na sua, mas respeito acima de tudo.

Medo de manter um relacionamento com americano/a à distância:

Relacionamentos com estrangeiros pode parecer uma maravilha mas não é para qualquer um. É preciso muita paciência, mente aberta e aguentar a distância até que vocês possam ficar juntos de vez. Enfim, não é moleza mas coração não vê cara nem nacionalidade. E se vocês dois realmente estiverem interessados em ter um relacionamento sério, vocês aguentarão a distância temporária.

Medo de não conseguir se adaptar a vida nos Estados Unidos:

Nem todos conseguem se adaptar aqui. Esse é um dos risco de viver no exterior, não é todo mundo que vai gostar. Se adaptar ou não dependerá da flexibilidade que a pessoa, se ela tem uma cabeça aberta e paciência pois o processo de adaptação raramente se dá de um dia para o outro. A maioria de adapta bem demais e fica complicado ter que voltar a viver no Brasil depois disso tudo.

Medo de sempre se sentir um estranho num país estranho:

Esse receio é de certa forma ligado ao medo de sofrer preconceito nos EUA. Porémesse sentimento faz parte da vivência de imigrantes no exterior, não é algo constante e somente ocorre em situações específicas, portanto você não vai ter que lidar isso a cada minuto do seu dia, todos os dias. Pelo menos não é assim que encaro meu cotidiano aqui, se você tem uma experiência diferente da minha, os comentários estão abertos para você falar mais sobre sua perspectiva em relação a se sentir como um peixe fora d’água nos EUA.

Afinal, ao se acostumar com o modo de vida americano, você vai sentir esse tipo de incômodo ou passar por essa experiência desconfortável cada vez menos.

Já morou ou mora nos Estados Unidos, ou quem sabe é imigrante em outro país e gostaria de falar sobre os medos que você sentiu antes de se mudar, se eles eram baseados na realidade e como eles mudaram ao viver fora? Conte para nós sua experiência nos comentários abaixo.

Fique por dentro dos posts do blog!

Coloque seu email abaixo

Quer dicas sobre a vida nos EUA? Leia os ebooks da Lu!

8 comentários sobre “Os Medos De Quem Vai Para Os EUA

  1. Olá Lu. Nunca falei com você, mas eu leio todos os seus posts, que, com certeza tem ajudado muita gente! Muito obrigada 🙂

  2. Acho que é oportuno também adicionar um medo que muitas pessoas não se dão conta, só quando chegam aqui: não conseguir encontrar um lugar pra ficar e comprar um carro. Parece tão banal, mas os imigrantes que vem com sonhos e uma mala na mão não pensam que alugar imóvel aqui é igual no Brasil, precisa de comprovante de renda (ou) fiador e uma série de documentos que imigrante não tem. Comprar um carro, que é absolutamente necessário em muitos lugares por aqui que não têm transporte público adequado, é outro desafio. A não ser que o imigrante possa comprar um carro à vista, ele precisará dos mesmos documentos e comprovantes que ele precisaria no Brasil e ainda seguro, pois é preciso ter seguro antes de sair com o carro da concessionária. O problema é que imigrantes sem documentação americana como o social security (equivalente ao CPF) geralmente não são aceitos por seguradoras. Então esse é um aspecto a ser bem pensado e planejado por quem pretende imigrar para os EUA (ou para qualquer país, pois acredito que essas formalidades são necessárias em qualquer lugar).

  3. Oi Lu,

    Por favor, vc acha possível uma pessoa com doutorado conseguir algum emprego aí? Estou com muita vontade de ir, mas não queria ir ilegal… Aqui, sou professora e pesquisadora.
    Grata!!!
    Abraços,
    Marília

  4. Mateus, não sei e não recomendo que ninguém venha para cá e fique ilegal. O blgo não foi feito para dar esses tipos de dicas.

  5. Boa noite, Lu,
    Eu e meu marido estamos na faixa dos 70 anos. Nossa filha mora em Atlanta e gostaríamos de mudar pra lá ou pelo ficar 6 meses por ano com ela. Nossa preocupação é o custo da saúde nos USA. Vc tem alguma informação sobre isso?
    Sempre contratamos o seguro saúde quando viajamos, mas gostaria de entender melhor esse sistema.
    Obrigada
    Marly

  6. Coloque isso no google maps do google.com (nao no com.br), Debora: Brazilian markets, supermarkets in Bethesda e veja os resultados,

Faça parte da conversa: