Dicas de viagem, Para imigrantes

Como É A Vida No Kentucky?

morar no Kentucky
por mahfrot via flickr

Dando continuação a série de entrevistas com brasileiros pelos quatro cantos dos Estados Unidos, vou conversar com a Thiala Barberino Stegall, ela  um blog sobre o visto de noiva (K1). Veja o que ela tem a nos contar sobre morar no Kentucky abaixo:

Viver Nos EUA: Em que cidade e estado americano você mora? Há quanto tempo você vive nos Estados Unidos e em que parte do Brasil você morava antes de vir para cá?

Thiala: Moro em Wilmore no estado de Kentucky, uma pequena cidade com menos de 4 mil habitantes. Tenho 2 meses aqui nos EUA. Morava em Salvador-BA. Vim pra cá com o visto de noiva pra casar com meu marido que é americano.

 

V.N.E.: Como foi sua adaptação tendo em mente as diferenças entre a cidade brasileira que você morava e sua vida aqui?

Thiala: A minha adaptação aqui está indo bem. Eu tive muito problema com a comida na primeira semana que cheguei, pois tudo parecia muito apimentado.

Também tive muita dificuldade em depender do meu marido pra tudo nos primeiros dias: dirigir, comprar comida e etc.

Não sei se posso dizer que tem alguma parte fácil nessa mudança toda pra mim.
Mas com certeza as coisas passam a ser melhores quando encaramos essa mudança com entusiasmo e focamos em todas as coisas boas que estamos experimentando.

Não consigo me acostumar ainda com uma certa “bolha” que a maioria das pessoas têm. Eles são muito simpáticos, educados e doces, mas falta aquele contato brasileiro de abraçar verdadeiramente sem motivo especial. Hahaha. No mais, eu verdadeiramente estou amando conhecer e viver nesse país!

V.N.E.: O que você mais curte na sua área?

Thiala: O que eu mais curto aqui são as enormes fazendas ao redor das cidades e a facilidade de encontrar qualquer coisa (restaurantes, lojas, supermercados, cinema, shopping) em 2 cidades vizinhas que ficam a 15-20 minutos de onde moro.

Lexington e Nicholasville. Em Lexington tem um Pub no FIEL estilo Britânico, que fica próximo ao Shopping Fayette e vale muito a pena uma visita lá.

 

V.N.E.: O que você menos gosta dessa área?

Thiala: O que eu menos gosto aqui, definitivamente é a calmaria. Não que eu goste de trânsito, agonia e etc.. Mas aqui tudo é excessivamente calmo. Não muitos carros pelas ruas, ruas vazias.. Morava em uma Capital no Brasil e confesso que amava todos aqueles prédios ao meu redor. Aqui “agitação” é algo desconhecido.

V.N.E.: O que mais te surpreendeu em Wilmore assim que você chegou aí?

Thiala: O que mais me surpreendeu aqui em Kentucky é que MUITAS pessoas dirigem mal. Então é sempre um susto atrás do outro, sem falar que a maioria das placas de sinalização estão tortas e inclinadas rumo ao chão. Ou seja, cuidado redobrado ao dirigir aqui.

 

V.N.E.: Como você descreveria sua a vida em Wilmore?

Thiala: Diferente de tudo que imaginei um dia. E igualzinha a muitos filmes da sessão da tarde!
Hahahaha, o lado bom da calmaria das ruas é poder passear de bicicleta apreciando tudo ao redor.

 

V.N.E.: Que lugares você recomendaria para quem quer visitar o Kentucky o que você jamais recomendaria?

Thiala: Eu recomendaria o Pub que escrevi acima e que fica em Lexington. Além do mais que tem cinema, restaurante mexicano, italiano, tudo ao lado. É muito bom! Minha primeira escolha é ir lá quando penso em fazer algo aqui. O que eu não recomendaria são os famosos KFC (Kentucky Fried Chicken), tudo muito artificial. Eu considero perder tempo e dinheiro lá.

V.N.E.: Há um perfil “típico” de pessoas que vivem em Wilmore? Seja em personalidade, idade, nível educacional, aspirações ou qualquer outra coisa que você possa ter notado ao morar aí?

Thiala: Existe um perfil típico sim! Aqui eles são muito conservadores. Talvez pela enorme quantidade de idosos e por ser um lugar pacato. Pessoas que vem da Califórnia pra aqui, podem se sentir um peixe fora d’água. Também existe um sotaque diferente e a depender da cidade, entender o idioma pode ser mais difícil.

V.N.E.: Como você compararia o custo de vida na sua cidade e na cidade brasileira na qual você vivia?

Thiala: O custo de vida aqui é baixíssimo!!! Dá pra morar em um excelente lugar aqui, pagando muito pouco. O lado ruim é que por ter um custo de vida baixo aqui, a remuneração das horas de trabalho também são inferiores a maioria dos outros estados americanos.

 

V.N.E.: Como você descreveria o mercado de trabalho e imobiliário na sua região?

Thiala:Casa boa e barata realmente existe aqui!! Tanto pra vender como pra alugar.O mercado de trabalho especificamente onde moro é muito restrito, mas em cidades maiores como Lexington é possível encontrar emprego em comércios.Como existem muitas famílias com crianças pequenas, é muito fácil conseguir ser nanny aqui.

V.N.E.: Você trocaria sua vida no Kentucky por se mudar outra região ou cidade dos EUA ?

Thiala:: Eu gostaria muito de morar em Kansas City, Missouri, onde meu marido morava. Mas ele não pretende retornar pra lá.

V.N.E.: Quantas cidades e estados americanos você já visitou? Quais deles você gostou e quais não gostou?

Thiala:Visitei algumas cidades em Missouri, o Sul (bem no finalzinho) de Illinois e Kentucky. Não tem um estado que eu não gostei ainda.

Eu pretendo visitar em breve Chicago e São Francisco para visitar primas que moram por lá. Também espero ir em NYC num inverno desses!

V.N.E.: Você em algum momento já pensou em voltar para o Brasil?

Thiala: Não penso em voltar para o Brasil.

 

V.N.E.: Quais conselhos primordiais você daria para aqueles que desejam /sonham morar na sua cidade, no Kentucky e nos EUA em geral?

Thiala: O conselho que acho mais importante é: Aprendam inglês. Por mais que você ache que fala alguma, aqui é um pouco diferente e você não vai poder viver se virando com mímicas.

Também venham dispostos a começar do zero aqui e encarar isso de uma forma positiva. Não é fácil, mas vale muito a pena!

Acaba aqui a entrevista com a Thiala. Agradeço a ela pela participação e pela cortesia das imagens. Você também já viveu ou vive no Kentucky? Conte para nós sua experiência nos comentários abaixo.

Quer dicas sobre os EUA? Veja os ebooks da Lu!
Gostou da entrevista? Compartilhe com seus amigos!

7 comentários sobre “Como É A Vida No Kentucky?

  1. Oii, Lu! Muito obrigada pela oportunidade! É muito legal compartilhar aqui sobre essa experiência que estou vivendo. Esse blog já me ajudou diversas vezes com várias dúvidas que eu tinha.
    Muito mais sucesso pra você! Beijos

  2. Adorei! Super bacana essa ideia de fazer entrevistas com as pessoas que moram nos mais diversos lugares dos EUA, principalmente em lugares como esse, um estado pacato, diferente e fora da rota que nós brasileiros estamos acostumados, o que é super interessante pois nos permite conhecer outras áreas da América. Adorei!

  3. Olá Thiala. Fico feliz em saber que o blog foi útil e eu que agradeço pela participação! Muito enriquecedora para os que, assim como nós um dia sonhamos, sonham em morar nos EUA. Muito obrigada e desejo o mesmo para você, seu blog e sua família! Beijos.

  4. Olá Lucas. Andavas sumido, não? rsrs Sim, essa idéia foi uma sugestão de vários leitores do blog, infelizmente não lembro os nomes de todos que sugeriram e demorou um pouco para eu começar a fazer as entrevistas (na verdade anos rsrs) mas está tudo certo e as dicas e vivências de todos eles são incríveis e mostram o cotidiano de brasileiros se adaptando nos EUA. É bastante informativo e bacana da parte deles compartilharem suas experiências conosco.

  5. Olá Lu,há alguns anos atras eu conheci o meu marido pela Internet,namoramos 6 meses a distancia,depois nos vemos e etc.Atualmente nós moramos juntos no Arizona.Porem me lembro que na epoca que começamos a namorar algumas pessoas nao gostaram porque era via Internet,eu acho particularmente isso besteira e voce?
    Alias eu adoro o seu blog,sempre me ajuda

  6. Lu eu moro em Reno/Nevada há pouco mais de 6 meses ,se um dia voce quiser que eu faça uma entrevista…
    Eu amo o seu blog,gosto de saber sobre essa curiosidades sobre meu novo lar rsrs

Faça parte da conversa: