Dicas de viagem, Para imigrantes

Como É Morar Na Virginia?

como é morar em Arlington Virginia
por Ron Cogswell via flickr

Dando continuação a nossa série de entrevistas sobre a vida pelos 50 estados americanos, vou falar com a Joana, que vive na Virginia. Vamos ver o que ela tem a nos dizer sobre a vida nesse estado a seguir:

 

Viver Nos EUA: Em que cidade e estado americano você mora? Há quanto tempo você vive nos Estados Unidos e em que parte do Brasil você morava antes de vir para cá?

Joana: Olá Lu e leitores do Blog Viver nos EUA, eu moro em Arlington há um ano, a cidade fica localizada no estado da Virginia (ou como chamam por aqui “DC metro area”), mas cheguei nos EUA em 2011. Antes de me mudar para cá, eu morei 1 ano em McLean também no estado da Virginia, e morei 2 anos em Upstate NY.

Ainda no Brasil, eu meu marido moramos por 2 anos em São Paulo, mas somos originalmente de Salvador, Bahia. Nossa vinda para os EUA foi do jeito mais comum, meu marido passou em um Mestrado e por isso moramos no estado de NY, e depois do curso ele recebeu uma proposta de emprego em uma empresa que a sede fica na Virginia.

 

V.N.E.: Como foi sua adaptação, tendo em mente as diferenças entre a cidade brasileira que você morava e sua vida aqui? 

Joana: Já morei em outros países antes de vir para os EUA, então já sabia o que esperar quando me mudei, com os anos e alguns erros aprendi a observar mais, absorver os costumes locais e tentar me engajar e entender as diferentes culturas. Isso me ajudou a não sofrer tanto com as mudanças que iria enfrentar, mas, para ser sincera, depois de 4 invernos, eu ainda não consigo gostar nem me acostumar com o frio e a neve.

 

V.N.E.: O que você mais curte na sua área?

Joana: Como já morei em outros locais nos EUA e até fiz uma tentativa em uma cidade próxima daqui, eu posso afirmar que me apaixonei por Arlington.

Onde eu moro tem diversos restaurantes, lojas, supermercados, academias de ginásticas, dança e pilates, parques, cinemas, tem um aeroporto que fica a 10 minutos de onde moro e mais 2 aeroportos internacionais na região, mas o que eu mais adoro aqui é que temos 2 linhas de metrô que nos levam para Washington DC e outras cidades da Virginia em poucos minutos (para ser mais exata em alguns passos chegamos na estação e em 3 ou 4 estações estamos em DC).

 

como é morar na Virginia
por Ron Cogswell via flickr

V.N.E.: O que você menos gosta dessa área?

Joana: A única coisa que me incomoda – e já vi outros americanos comentando – é a frieza das pessoas da cidade. Isso é bem característico da parte da cidade onde eu moro, não vi isso em outros lugares que morei. No meu prédio mesmo ninguém se cumprimenta nos elevadores ou corredores.

Não dizem nem um “Bom Dia!” (E olha que tentei, mas depois de ser ignorada algumas vezes, acabei “aceitando” o jeito deles. C’est la vie!)  As únicas pessoas simpáticas são os prestadores de serviço e uma ou outra pessoa aqui ou acolá. Aqui é muito difícil fazer amigos.

Recentemente um jornalista do Wall Street Journal escreveu um tweet bem polêmico sobre a cidade: Is Arlington, Va. the most soulless place in the Washington area or the most soulless place in the United States? Discuss.”  Ainda teve mais repercussão quando uma Senadora também escreveu sobre isso em 2014.

 

V.N.E.: O que mais te surpreendeu na Virginia e em Arlington assim que você chegou aí?

Joana: O que me fez mudar para cá foi a facilidade de poder fazer tudo a pé, e o que me surpreendeu é que o povo aqui não usa carro, juro! Uma das poucas cidades nos EUA onde você vê as pessoas na rua indo para cima e para baixo à pé.

Aqui você pode pegar metrô, ônibus e taxi facilmente, mas o mais supreendente é que você vê as pessoas na rua o tempo todo, seja correndo, seja passeando, andando de bicicleta, indo para os restaurantes, supermercado e academia! Nem em Salvador eu via isso com tanta frequência.

Aqui é super normal ver as pessoas andando de roupas de ginastica e tênis para ir a um café ou para fazer compras. E podemos voltar para casa depois das 11 da noite, andando e dando risada sem medo algum. As calçadas são largas, bem iluminadas e tudo é muito perto.

Recentemente Arlington foi eleita a 3ª melhor cidade (entre as pequenas e médias) para se viver nos EUA e é a 6ª cidade mais saudável dos EUA:

V.N.E.: Como você descreveria sua a vida nessa cidade?

Joana: Eu adoro! Quando nos mudamos de McLean para cá foi uma mudança maravilhosa. Como todo mundo se exercita, faz esportes nos parques, anda com seus cachorros, vai a restaurante e bares quase todos os dias da semana (isso é outra coisa que me supreendeu), eu adotei esse estilo de vida também e agradeço bastante por estar morando em Arlington. Foi uma mudança bastante positiva na minha vida!

 

V.N.E.: Quais atrações turísticas da sua área você já visitou e quais delas você ainda não visitou e por que?

Joana: A atração turística mais famosa de Arlington é o  Arlington National Cemetery, que eu já fiz uma parada obrigatória, ao lado dele fica o US Marine Corps War Memorial que já fui algumas vezes para fazer exercício ou andar de bicicleta, também tem um parque maravilhoso chamado Gravelly Point Park que fica na cabeceira da pista do aeroporto Ronald Regan e que eu adoro.

Em Arlington eu já visitei tudo, mas como moramos na região metropolitana de DC, eu posso dizer que não consegui ainda visitar todos os museus da cidade, o que é uma tarefa bastante complicada diga-se de passagem.

Só um adento: quem vier para DC visite o Thomas Jefferson Memorial que vale muito a pena! Eu fui lá nas 4 estações do ano e não me canso de admirar a beleza do local!

 

como é morar em Arlington Virginia
por Ron Cogswell via flickr

 V.N.E.: Quando seus amigos e familiares brasileiros te visitam onde você os levam (algo imperdível para se fazer aí) e onde você jamais os levaria (algo que é uma perda de tempo ou uma tourist trap)?

Joana: Para mim é uma verdadeira furada ir para Outlet ou ao Shopping Center em dias de liquidações, eu tenho vontade de chorar quando chega essa época do ano, ou quando as pessoas vem me visitar e querem passar o dia comprando no Outlet!

Sei que o preço atrai bastante, mas eu não sou consumista e detesto passar o dia batendo perna, carregando sacola e disputando lugar ombro à ombro com as pessoas. Mas mesmo assim sou obrigada a levar meus amigos e familiares para fazer compras, além dos Outlets, temos 2 grandes shopping centers na região. Quando o tempo está bom, gosto de levar os visitantes para Georgetown, onde tem boas lojas e restaurantes.

Vi muitas pessoas considerando o “Georgetown Cupcake” um “tourist trap”, eu também não recomendo, mas tem gente que gosta de enfrentar uma fila gigantesca por causa de um cupcake bem mais ou menos.

Outra atração que não curto muito é o Cherry Blossom Festival, eu posso dizer que árvores ficam lindas e a paisagem rosada é encantadora, mas o festival é uma grande perda de tempo.

Agora olhando as atrações turísticas pelo lado positivo, eu procuro variar, levo as pessoas que me visitam para parques e museus que eles não visitaram e às vezes tento levar em algum museu que eu ainda não conheco rs.

O que é obrigatório também é passear pelo National Mall, acho que já dei algumas centenas de voltas por lá, o que não é ruim, na verdade é um excelente exercício!

 

V.N.E.: O que você faz nos fins de semana para relaxar e como é o lazer na  sua cidade?

Joana: Posso ser repetitiva? Sair, passear de bicicleta, ir aos parques, andar por Georgetown ou Clarendon Blvd, comer fora, jogar tênis (exceto no inverno), visitar alguma feirinha ou participar de algum evento que esteja ocorrendo na região, assistir jogos do Wizards no Verizon Center ou algum show de música.

 

V.N.E.: Há um perfil “típico” de pessoas que vivem onde você mora? Seja em personalidade, idade, nível educacional, aspirações ou qualquer outra coisa que você possa ter notado ao morar aí?

Joana: Sim, isso é bem característico e vou dizer como explico para as pessoas que me fazem a mesma pergunta – são casais, entre 25 e 35 anos, com ou sem filhos, a maioria com cachorros ou bebês pequenos.

Acredito que possuem bons empregos e são formados ou possuem uma pós ou mestrado.  E, claro, tem muitos funcionários do governo americano morando por aqui devido a proximidade com DC e com o Pentágono, que se localiza em uma área da cidade.

brasileira que mora em Arlington Virginia
por johnsonderman via flickr

V.N.E.: Você trocaria sua vida onde mora ou já pensou em se mudar para outra região/cidade dos EUA ? Por que sim? Por que não?

Joana: Não trocaria não, mesmo com pontos que me incomodam um pouco, como: o custo de vida ser muito alto, o inverno não ser agradável e não ter praia. Quando quero aproveitar o sol e a praia posso viajar, né? Gosto muito da Califórnia e da Flórida, mas não sei se moraria nesses estados.

V.N.E.: Você já morou em outra cidade americana? Como você compararia ela a Arlington?

Joana: Sim. Já morei em McLean e não gostei, e por isso me mudei para Arlington. Não gosto de cidades americanas onde tudo depende de carro, onde você não vê as pessoas nas ruas e a melhor atividade é fazer compras.

Antes de morar na Virginia, nós moramos em Upstate NY, na região do Finger Lakes, e eu precisaria de uma entrevista nova para falar apenas desse lugar. Se adoro Arlington hoje, eu não posso dizer que adoro menos essa região. Meu marido veio para os EUA para fazer um mestrado, e posso garantir que foi uma das melhores experiências que já tive na vida.

Durante o Internship/Estágio dele também passamos uma temporada de 3 meses em NYC, bem e New York é aquilo, uma loucura, uma cidade que você ama e odeia, e que tem de tudo, mas que exige muito fisicamente e emocionalmente. Eu gostei da experiência de um verão em Manhattan, mas não moraria na cidade novamente.

 

V.N.E.: Com o que você se acostumou mais rápido?

Joana: Por mais incrível que pareça… foi com o estilo de vida saudável.

 

V.N.E.: Com o que você não se acostumou nos EUA até hoje?

Joana: Acho que a vida para internacional vai ser sempre mais complicada do que é para um cidadão americano. Então o inglês, a cultura, a burocracia, os gostos, tudo leva um tempo para se acostumar, e apesar de estarmos aqui tem 4 anos, sempre enfrentamos novos desafios que não estávamos esperando. Tem coisas que nos tiram do sério e outras que precisamos respirar fundo para encarar.

 

V.N.E.: Você já pensou em voltar para o Brasil?

Joana: Bem, a resposta é não. Quando terminou o mestrado de 2 anos nosso projeto era conseguir um emprego em uma boa empresa. Podia ser na Europa ou Ásia, ou podia ser na América, seja Canadá, EUA ou Brasil.

Graças a Deus surgiu uma excelente proposta de emprego e nosso plano é permanecer na empresa, ou seja, como ela é uma multinacional, pode ser que nos próximos 6 anos ou mais a gente passe aqui, como pode ser que nos mandem para escritórios em outras partes do mundo.

Gosto muito de morar na Virginia e quero aproveitar bastante o tempo por aqui, sem me encucar com as palavras “tempo” ou “futuro”, nem muito menos com “voltar ao Brasil”.

Sobre o Brasil: amo meu país, mas desde adolescente eu sempre tive um enorme desejo de morar fora, meu pai é Europeu e a familia de minha mãe também, então minha vontade de voltar a morar ou não no Brasil nunca esteve relacionada com questões políticas ou econômicas.

 

como é morar na Virginia
por reidkasprowicz via flickr

 

V.N.E.: Você tem algum conselho que gostaria de dar para aqueles que desejam morar nos EUA?

Joana: Venham! Só aconselho a vir legalmente, nem sonhe em tentar vir de outra forma. Se a vida do imigrante legal já é dificil, imagina para quem vive ilegalmente aqui?

Aconselho também a quem estiver interessado em morar aqui que venha estudar nos EUA, seja fazendo um curso de curta duração, seja para fazer uma graduação/mestrado/doutorado.

O ensino nas faculdades é maravilhoso, viver com estudantes de outras culturas é enriquecedor e ter que enfrentar a vida em uma cultura diferente é uma experiência que todo mundo deveria passar. Eu recomendo isso sem titubear. Agora atenção: Pesquise o curso com cuidado e veja a reputação da faculdade.

Quem quiser trabalhar por aqui é bem bem bem mais complicado. Primeiro você terá que encontrar uma empresa que esteja disposta a pagar pelo seu visto, e depois vocês vão passar por um processo burocratizado e sem garantia de sucesso para conseguir o H1B.

No mais, não tenha medo, se arrisque, pois acredito que viver em outras culturas abre a nossa mente, nos faz enxergar que nossos problemas e reclamações são tão pequenos perante ao tamanho do nosso (pequeno) planeta azul.

Se você tiver condições  financeiras, tempo e coragem, vá conhecer o mundo, viajar mais e viver novas experiências, seja nos EUA ou em qualquer outro lugar. Vale muito a pena!

Termina aqui a entrevista com a Joana. Agradeço muito a ele pela participação e pelas imagens.

Você já morou na Virginia, NY Upstate? Gostaria de falar sobre o assunto? Deixe seu comentário abaixo.

 

Quer saber mais sobre os EUA? Veja os ebooks da Lu!

21 comentários sobre “Como É Morar Na Virginia?

  1. Olá Tatiane,

    Obrigada pelo comentário. O bom é que as dicas são bem para a cidade na qual você vai viver 😉

  2. Adorei a entrevista! Pensei em estudar na George Mason em Fairfax. O que você dessa cidade?

  3. Gostei da entrevista com a Joana. Gostaria de saber mais. Como faço para entrar em contato com ela? Eu já sou formada e gostaria de saber sobre validação de diploma, pois vi que seu esposo foi como estudante de mestrado e posteriormente uma proposta de emprego. Agradeço Lu se puderes me ajuda. Bjs e parabéns pelo site.

  4. Qual a faixa de preço de aluguel em Arlington? Estou em processo de clearance para um trabalho com o governo e estou a procura de boa elementar school para minha filha e aluguel que não seja mais de 1200 dólares. Sugestões? Obrigada

  5. Estou indo agora em fevereiro para um doutorado em medicina no NIH (Bethesda) e Washington Medical Center. Tenho duas filhas de 10 e 11 anos. Adorei a entrevista sobre Arlington. Então pergunto: Seria um bom local para morarmos levando em consideração, também, colégios para as meninas ??
    Obrigado

  6. OLA ALGUEM QUE MORA NA VIRGINIA, TO MUITO AFIM DE SAIR DO BRASIL !! PRA SEMPRE!! 43 ANOS TENHO AGORA E GOSTARIA DE MORAR NA VIRGINIA, ALGUEM PODE ME DAR UMA LUZ !!

  7. Realmente tudo aqui e maravilhoso, mas a frieza das pessoas eh terrível! Marcos / São Paulo / BRZ

  8. lindo depoimento. Estive na Virginia duas vezes. Sentí como se fosse o lugar mais tranquilo e de bom gosto do mundo. Era inverno, estação que mais amo. Estou pensando em morar lá para passar o que me resta para viver. Não penso em ficar mais no Brasil embora tenha raízes fortes aqui. Meu filho se formou em universidade americana onde vive por sete anos, minha filha quer fazer intercambio.Não vejo como não realizar esse sonho.

  9. Gostaria de saber como é morar em Falls Church, VA, mas não conheço ninguém que já tenha morado lá…

  10. Oi, tudo bem?

    Sei que é se passaram alguns anos desde seu post, mas preciso de um auxílio. Na verdade, é mais para seu marido.
    Tenho pesquisado sobre os programas de mestrado nos EUA, mas são todos BEM caros. As bolsas não são tão acessíveis, segundo informações de outros sites.
    Ele tem alguma recomendação/sugestão sobre o programa de mestrado em Law/Political Science na universidade que fez? Você tem?
    Pretendo me mudar para lá ano que vem, mas está bem mais complicado do que a simples ideia que tinha de “me mudar”.
    Aguardo ansiosamente sua resposta.

    Grande abraço.

Faça parte da conversa: