Pense Bem Antes De Mudar Para Os EUA

 

Ir morar em outro país é um sonho e antes de chegar aqui criamos mil fantasias a respeito da coisa, o que é bom mas também pode nos cegar para as realidades de anos passados no exterior… Uma parte da realidade é que certamente nossa visão do mundo todo (incluíndo o Brasil) mudará drasticamente.

E que ainda nesse sentido é interessante lembrar que enquanto há brasileiros que dizem que “jamais troco o Brasil por nenhum outro país” há muitos outros que se viverem fora não conseguirão se acostumar de volta na Terra Brasilis.

Tem pessoas que podem até achar que isso é frescura ou que é invenção por parte dos brasileiros que moraram fora mas a verdade é que isso ocorre com mais frenquência do que se espera.

E que muitas vezes esses mesmos brasileiros ficam na sua e não discutem esse tipo de coisa por receio de serem tachados de rudes, metidos ou cheios de frescurite.

Mas para ilustrar o que pode ocorrer se você resolver morar fora do Brasil por muito tempo e num país com qualidade de vida melhor, coloquei o vídeo abaixo, no qual o Rodrigo Souza, que mora aqui, lê as 20 coisas que uma gringa acha do Brasil:

Essa lista foi retirada de um fórum para gringos que moram no Brasil compartilharem suas impressões e experiências no país. Se você quiser ler a discussão toda (mais os 68? itens que a “gringa” adicionou à lista, veja o link no canal do Rodrigo).

Então cuidado com o que você deseja, pois sim, um dia essas reclamações dela podem ser similares, senão as mesmas que você terá ou que pensará ao visitar o Brasil novamente.

E se você está se perguntando se concordo com o que a gringa disse, infelizmente e com tristeza tenho que afirmar que concordo com a maioria dos pontos dela e estou certa de que muitos brasileiros que vivem ou viveram no exterior também concordarm (a não ser o caso daqueles que saíram daqui e tentam voltar e não conseguem – a la sour grapes style – ou que tiveram mil experiências ruins aqui – biased – já encontrei alguns desses).

A propósito, o Rodrigo do vídeo tem um canal no qual ele responde a dúvidas sobre o visto de trabalho (outro canal de mesmo assunto é o do Flyner que respondeu às dúvidas mais comuns sobre esse visto numa entrevista para o blog) já que é com esse visto que ele veio para cá. Então se você estiver interessado nesse tipo de visto dê ma olhada nos canais dos dois.

E você, já viveu no exterior por muito (ou até por pouco) tempo e voltou para (ou simplesmente visitou) o Brasil? Como é que foi sua experiência, suas impressões sobre o país e/ou adaptação na volta? Você pode  nos contar nos comentários abaixo.

Quer saber mais sobre os EUA? Veja as os ebooks da Lu!

Gostou Desse Post? Compartilhe Com Seus Amigos!

More about Lu

Brasileira casada com americano. Moro nos EUA há mais de uma década.

18 thoughts on “Pense Bem Antes De Mudar Para Os EUA

  1. Berenice Aguiar

    Chegando da Califórnia há 7 dias e e a terceira vez que vou aos USA desde 2012 e quanto ao relato do vídeo, não sou NADA contra o que os 2 relatores falaram, muito pelo contrário, concordo plenamente com tudo
    Cada vez que retorno ao Brasil me sinto triste e avisa a retornar aos USA, mais uma vez
    Espero que meu próximo comentário seja o de que já esteja por la morando, definitivamente

  2. Luiz Augusto

    Foi sem dúvida um dos melhores posts. Tudo, absolutamente tudo, que sempre falei e ainda falo desta m**** de Brasil eu ouvi neste video. Fiquei muito feliz com os comentários da “gringa”. Finalmente alguém(tinha que ser estrangeiro) enxergou o que já tinha visto em anos. Todos os anos viajo aos EUA e o retorno ao Brasil e sempre deprimente. Sou aposentado com fluência na lingua inglesa(o português não serve pra porta nenhuma). E gostaria muito de viver e morrer nos EUA. Parabéns mesmo pelo video.

  3. Valdi

    Lu, é verdade. Eu voltei faz 1 ano e não me acostumei com o Brasil.. é muito triste isso mas infelizmente me pego comparando Brasil x EUA em TUDOOOO! A qualidade de vida dos EUA é muito superior que a do Brasil e no começo sofri muito e ainda sofro.. morro de saudades das ruas limpas e segurança que eu tinha nos EUA sem precisar trancar a porta com 3 cadeados =/
    Mas é bem nessas, se falamos algo a respeito somos metidos mas a verdade é que o povo aqui tem a cabeça fechada para coisas a esse respeito porque não querem enxergar a verdade que está debaixo do nariz! Enfim, fico sonhando com o dia de sair daqui de novo…

  4. Marcelo Abinajm

    Então. Morei nos EUA por 3 anos e 3 meses, na região do Westchester, NY. Voltei em fevereiro de 2008 voltei por que não fiquei para ver como a crise americana ficaria. Desde o primeiro dia da volta até hoje, só tenho UM objetivo: VOLTAR para os EUA. Já convenci minha esposa e até meus cunhados. Espero em breve retornar e, então, Brasil, só para visitar minha família.

  5. Jefferson

    Lu, eu queria saber se você conhece algum médico brasileiro que fez medicina no Brasil e depois foi trabalhar nos EUA. Eu quero muito poder trabalhar em Nova York e queria ficar informado sobre isso. Se você puder me ajudar seria ótimo, grato.

  6. Lu

    Ola Jefferson,

    Infelizmente nao conheco nenhum. Ja conheci engenheiros, fisioterapeutas, enfermeiros, advogados, professores e outros profissionais porem esses mesmos trabalham em outras areas aqui nos EUA. Recomendo que voce leia o site do bls.gov (com estatisticas sobre o mercado de trabalho e diversas carreiras e pesquise especialmente os links que eles passam) A partir dai voce vai ter uma ideia do que e preciso para ser licenciado aqui e poder exercer a profissao na mesma area, ou quem sabe ate entrar em contato com alguma board de medicina para saber o passo a passo. Sucesso!

  7. Lu

    Entao Marcelo. Pesquise bastante para ver a melhor maneira de realizar seu objetivo de morar aqui e sucesso pra voce e sua familia! Quem sabe, logo, logo, voces nao estao aqui?

  8. Ka

    Não simpatizo muito com esse rapaz do vídeo, mas concordo com tudo que a moça disse na lista. Quando ela fala sobre infidelidade ele não concorda e diz que ela deve estar falando do marido, sinceramente não sei, mas eu alguns brasileiros tem mesmo esse problema com infidelidade, Valeu o post Lu.

  9. Lu

    Olá Ka,

    De nada. Obrigada pela participação. Sim, eu achei engraçada essa parte para ser sincera mas concordo contigo no ponto que resumi no post sobre homens brasileiros e americanos (um dos posts mais polêmicos do blog por sinal): Brasileiro quando é para ser bom, é super paizão, marido excelente e tal mas quando é para ser ruim e safado, há poucos que batem, viu? E a culpa disso tudo é a cultura machista brasileira e homens que se aproveitam disso como desculpa para aprontar.

  10. Moabe Vasconcelos

    Oi Lu
    Morro de medo de acontecer isso comigo também.
    Passei as férias com minha filha em NYC e voltamos recentemente, no final desse ano eu estarei indo morar com minha futura esposa em Jamestown NY e minha filha vai ficar aqui com a mãe, pretendo vir visitá-la sempre que puder mas acho que minha maior vontade vai ser levar minha filha para morar comigo lá, é como dizem por ai, “a ignorância é uma benção” mesmo, porque quando você não conhece outras realidades você se contenta com a nossa realidade no Brasil, e até pensa que os outros exageram quando tocam no assunto.

  11. karine

    queria muito sair do brasil por inúmeros motivos porém me incomoda algumas coisas que li sobre o machismo familiar nos estados unidos. essa história de ser uma briga por exemplo pra colocar 2 sobrenomes do filho. o filho é meu e quero q tenha meu sobrenome e não quero sobrenome de marido quando casar. tenho a impressão que eles são menos evoluídos nesse quesito pelo que tenho lido de relatos de brasileiras.
    a questão licença maternidade não é um problema também e como funcionam os planos médicos? obrigada

  12. Luciana

    Gente é tão simples, vão morar lá, estão perdendo tempo com fuxico inútil, no que isso melhora a vida de vcs??? Toda vez que vou pra lá só agüento 15 dias, País imundo, com carpetes fétidos, quem é alérgico tem a vida reduzida pela metade.. Ar condicionado sem filtros trocados, pelo alto custo, serviços feitos uma única vez, pra sempre porque ñ se tem grana pra trocá-los , vou por obrigação Pq meu marido insiste, puramente pra agradá-lo ….. Brasileiro só junta dinheiro porque é escravo das sobras americanas…… Justamente por pessoas assim que nosso País jamais será uma grande Nação…….

  13. Lu

    Ola Karine,

    Sinceramente nunca ouvi ninguém reclamar por causa da questão dos nomes, seja da mulher depois de casada ou na hora de registrar os filhos. Seguro de saúde é a mesma coisa que no Brasil, você escolhe o plano de acordo com o que você precisa e com o que você pode pagar. Quanto a licença maternidade, você pode dar lida nesse artigo: Maternity Leave Info

  14. Mrs S.T.

    Não é bem assim, tem muitas coisas nos Eua que nao são boas, a comida por exemplo, é extremamente cancerígena, o pías está em 7 lugar lugar com país com mais cancer. As cidades , a maioria nao sao cidades feitas pra andar.Não tem transporte publico nas cidades comuns, se seu caro quebrar ja era, vai ter que ficar pedindo ajuda para os outros, se vc nao pode dirigir por algum motivo, vc vai ficar preso em casa esperandoa boa vontade de algum que dirige,por isso idosos e adolescentes e pessoas deficintes ficam completamente dependentes, O BRASIL com relção ao sistema de transporte é muito mais eficiente. A saude é extremamente cara. Aquis em dinheiro nao tem saude. Não tem nenhum remediod e graça, nem anticoncepcional. Em geral a vida aqui nao tem muita felicidade.

  15. Andre

    Pô, bota o link. O vídeo ficou péssimo…demorado, você lê mal, pausado demais. Consegui ter paciência de ouvir até o item4…

  16. Lu

    O link para a lista no forum? Não tenho o link, vá no canal do Rodrigo no Youtube , ele que fez o vídeo e ele tem o link do site. O link para o canal dele se encontra no artigo acima.

  17. Thiago Cardoso

    Bom dia, parabéns pelo trabalho, muito útil e bem apresentado…

    Bom, estamos no velho dilema de ficar ou sair do Brasil, mas sabemos que não é simplesmente fazer as malas e alugar um imóvel, tem muitas variáveis. Sou empresário, dupla cidadania (brasileira e portuguesa) casado com 3 filhos pequenos com 4, 3 e 2 (isso mesmo, escadinha, rsrs), mas em nossa opinião está insustentável aqui (insegurança, custo de vida, qualidade, entre outros) e todos os dias pensamos em mudar, mas como mudar, como planejar, tributos, legalidade, etc… São essas variáveis que precisamos esclarecer e nos preparar. Vc indica alguma profissional que possa auxiliar e orientar em todos esses aspectos? Como sugere os primeiro passos?

    Obrigado e um abraço

  18. Mylla

    Sempre me pergunto o que as pessoas que reclamam fazem para melhorar o ambiente. Só visitei os EUA (não fiquei em lugares turísticos, então vivenciei a “realidade”), e, comparando, vi muita coisa boa e algumas que também não gostei.
    Geralmente, as pessoas que reclamam daqui não colaboram para a melhoria nos detalhes mínimos como trânsito, ordem, etc. Lá não querem ser “diferente” dos outros.
    Sempre me pergunto se em situações parecidas aqui e lá o comportamento seria o mesmo. Se a resposta é não, não podemos reclamar. Aliás a minha opinião sempre foi: não gostou vai embora, não pode ir, torne melhor…

Faça parte da conversa: