Como É Vida Na Área De Dallas?

como é  morar na região de Dallas

Como prometido na entrevista sobre a vida em Chicago (Downtown) vou dar continuação às entrevistas sobre o cotidiano, atrações turísticas e tourist traps em diversas cidades americanas.

Grapevine noTexas em vermelho

 

A entrevistada de hoje, a Natalia Azevedo, mora no Texas, numa cidade chamada de Grapevine, a qual fica na região de Dallas-Fort Worth Metroplex e ela vai dar insights sobre a vida nesse lugar.

como é a vida em Grapevine suburbio Dallas

 

Viver Nos EUA:    Há quanto tempo você vive nos Estados Unidos e em que parte do Brasil você morava antes de vir para cá?

Natalia Azevedo: Olá meu nome é Natalia Azevedo e estou vivendo nos Estados Unidos há dois anos. Moro no Texas, na região de DFW (Dallas – Fort Worth area).

Antes de vir prá cá eu morava na cidade de São Paulo. Meu marido trabalhava para uma empresa Americana e conseguiu uma vaga para ser transferido pra cá. Com esta oferta, a empresa fez a transferência dele com o visto L, o qual me dá direito a trabalhar.

V.N.E.:    Como foi ou está sendo sua adaptação, tendo em mente as diferenças entre a cidade brasileira que você morava e sua vida aqui?

N.A.: Mudança é sempre algo que requer muita paciência, especialmente mudança para um novo país. Nós tivemos que aprender praticamente tudo do zero.

Onde comprar as coisas que gostamos (móveis, carro, alugar casa, comida, roupas). Também tivemos que nos adaptar com coisas simples como medidas diferentes – por aqui não tem km/h e sim milhas por hora, temperaturas em fahrenheit, peso em pounds, altura em inches, feet.

E não pára por aí: No ambiente de trabalho também tivemos que aprender muitas coisas que no Brasil não precisavamos nos preocupar.

As férias são diferentes, sick days, planos de saúde do tipo HSA, PPO, deductible. Todas essas palavras não faziam o mínimo sentido pra gente. Hoje as coisas começam a fazer mais sentido.

Falando sobre trabalho, como comentei, vim com o visto que me permitiu trabalhar. Eu sou uma professional da área de TI com bastante experiência e não senti dificuldade para arrumar emprego.

Esta área tem bastante demanda e não precisei fazer nenhum tipo de validação do meu diploma. Sei que para muitas áreas como saúde e educação são exigidos alguns ajustes para poder exercer a profissão.

vida em grapevine dallas

 

V.N.E.:    O que você mais curte em Grapevine/Dallas?

N.A.: Eu gosto muito da tranquilidade das cidades. As ruas são limpas, silenciosas, temos acesso fácil e rápido em parques, quadras poli esportivas, restaurantes do mundo todo. Internet 4G (essa é uma das coisas que AMO), tecnologia de ponta em tudo o que você for comprar.

V.N.E.: O que você menos gosta nessa área?

N.A.: Definitivamente umas das coisas que me incomoda é o clima. é 8 ou 80. No calor as temperaturas passam de 100 graus. No frio as vezes chega a nevar. A minha estação preferida é a primavera onde a temperatura é mais amena. A cidade tem infra estrutura adequada para utilização de ar condicionado e aquecedores. Mesmo assim foi dificil para eu me acostumar com eles.

 

V.N.E.:O que mais te surpreendeu nessa cidade assim que você chegou aí?

N.A.: Eu me surpreendi bastante com a infra estrutura da cidade, com os carros novos, as caminhonetes rodando pela cidade. Quando fiquei sabendo que viria pro Texas já pensei no estereótipo dos filmes de cowboys. Cheguei e não vi cowboys! Rs

Outra coisa que me surpreendeu foi a simpatia dos Texanos. Também vim pra cá pensando que os Americanos não seriam uma simpatia em pessoa. Foi uma grata surpresa!

V.N.E.: Como você descreveria sua a vida nessa cidade?

N.A.: Eu descreveria a minha vida com uma qualidade de vida que eu não tinha em São Paulo. Aqui em consigo trabalhar no meu horário certinho.

Consigo me exercitar mais, consigo aproveitar mais a criação da minha filha e a jornada dela na escola. Também tenho a oportunidade de conhecer novos lugares. É Bastante interessante.

como é a vida no Texas
Grapevine Lake

 

V.N.E.: Quais atrações turísticas de Dallas você já visitou e quais delas você ainda não visitou e por que?

N.A.: Eu já visitei algumas atrações como o Museu do sexto andar – o local onde o president Keneddy foi assassinado. Já fui ao museu Perot, ja conheci a cidade de Stockyards em Forth Worth, Dallas Arboretum, zoologicos. Já fiz bastante passeios de turista.

Também já fui em alguns jogos de futebol Americano (Cowboys Stadium), basquete (American Arilines) e Baseball. Não fui ainda em lugares como Reunion Tower, LegoLand e aquários. Algumas pessoas dizem que são passeios caros e não são lá essas coisas. Mas um dia ainda vou visitar. Uma outra atração interessante é o Six Flags, que é um parque de montanhas russas. Para quem gosta é uma ótima pedida.

V.N.E.: Quando seus amigos e familiares brasileiros te visitam onde você os levaria (algo imperdível para se fazer aí) e onde você jamais os levaria (algo que é uma perda de tempo ou uma tourist trap)?

N.A.: Já tive visita de alguns amigos e parentes. Eles gostam de fazer compras. Existem diversos shoppings de outlet. Nós fomos ver algumas coisas aqui em Dallas mas acabamos indo para San Antonio (lá tem o Sea World, River walk) e também para Houston.

Já com meus pais viajei para a Flórida, que é bem longe daqui mas queriamos conhecer os parques da Disney. Também é bem fácil ir para o Mexico – São apenas 3 horas de avião para chegar em Cancun e pensamos em ir esquiar também.

V.N.E.: O que você faz nos fins de semana para relaxar?

N.A.: Sempre que pinta um feriado a gente planeja uma viagem para outra cidade. As estradas são ótimas. Por aqui gostamos muito de aproveitar para fazer atividade ao ar livre, andar de bicicleta, patins, piscina.Também moro perto de um lago. Gostamos de ir lá de vez em quando aproveitar a vista e fazer um churrasquinho.

V.N.E.:  Há um perfil “típico” de pessoas que vivem na sua região? Seja em personalidade, idade, nível educacional, aspirações ou qualquer outra coisa que você possa ter notado ao morar aí?

N.A.: Morando por aqui eu já me deparei com pessoas de tudo quanto é tipo, idade, nacionalidade. Notei que (pelo menos na minha vizinhança) as pessoas seguem muito à risca suas rotinas.

É completamente diferente da vida agitada que eu tinha em São Paulo. As pessoas com filhos estão sempre atentas quanto a educação das crianças – distritos escolares, testes e falam bastante sobre College.

Por aqui é praticamente inexistente o adolescente não considerar fazer faculdade. Todo mundo é bem engajado com a escola e com esportes.

como é viver em Dallas

V.N.E.: Como é a vida cultural e a questão do lazer na sua área?

N.A.: Como disse existem muitas coisas pra se fazer. Basta programar direitinho que você consegue bons preços e oprtunidades de conhecer lugares incríveis.

V.N.E.: Você trocaria sua vida onde mora ou já pensou em se mudar para outra região/cidade dos EUA?

N.A.: Não penso em me mudar. Gosto bastante daqui. Quero conhecer várias cidades mas sei que o custo de vida do Texas é bastante interessante quando comparado com o dos outros lugares.

V.N.E.: Você já morou em outra parte/cidade dos EUA?

N.A.: Só morei em uma cidade.

V.N.E.: Você tem algum conselho que gostaria de dar para aqueles que desejam morar na sua área?

N.A.: Várias pessoas sempre me perguntam qual o jeito de vir morar aqui. Infelizmente não tem jeito fácil. Se a pessoa quiser vir legalmente, com visto de trabalho, precisa estar bem colocada no mercado de trabalho, precise falar inglês fluente e precisa estar disposta a começar a vida praticamente do zero.

Meu conselho se resumiria a estudo, estudo, estudo por que uma coisa é estudar inglês no Brasil, outra coisa bem diferente é saber falar inglês para todas as situações da vida (fazer amigos, trabalhar, escola, consultas médicas, situacões financeiras). Seu vocabulário vai precisar ser muito mais amplo do que o que é aprendido nas aulinhas de Inglês).

Muito obrigada Natalia Azevedo pela entrevista e pela cortesia das imagens 😉 Fiquem atentos ao blog pois entrevistarei mais brasileiros em outras cidades americanas.

Você já morou ou gostaria de morar na mesma área que a Natalia vive? Talvez já tenha visitado a região? Deixe seu comentário abaixo.

Quer saber mais sobre os EUA e aprender inglês? Veja os ebooks da Lu.

Gostou do post? Compartilhe com seus amigos!

More about Lu

Seja bem vindo à perspectiva de uma brasileira sobre a vida e cultura dos Estados Unidos. A Brazilian take on the American Way of Life.

Comments

  1. Muito bacana Lu!

    Estas entrevistas enriquecem bastante seu site e contribuem por demais para tirar duvidas e acrescentar conhecimento ^^

    Parabéns pelo trabalho!

  2. Vc como sempre nos trazendo pautas interesantissimas. Parabéns!!!
    Adoraria ler uma entrevista com alguém de Houston. Meu marido está tendo a oportunidade de ser transferido para os EUA e, de todos as cidades que a empresa sugeriu, Houston – Texas tem até agora nos parecido a melhor opção!!
    Obrigada!

  3. Olá Viviane,

    Muito obrigada pelo comentário e por acompanhar o blog. Vamos ver se alguém que mora em Houston topa fazer uma entrevista, ainda estou em busca de preencher essa cidade. Mas haverá outras duas cidades do Texas que aparecerão com certeza em breve, fique ligada.

  4. Obrigada Renan Patrese. Volte sempre!

  5. Mto bom o post! Vou morar esse ano em Dallas, durante dois meses. Ficarei na casa de uma amiga e farei um curso intensivo, p/ melhorar o meu inglês. Alguém pode me indicar um bom seguro viagem? Obrigada e bjs.

  6. Lu, vou sugerir a Monica do blog Discovering Houston ou a Daisy do Alo Houston!!!
    Abs!!!

  7. O Texas é um estado americano mto legal. Gostei mto de Dallas. Mas fui somente a passeio! Mirela, seguro eu fecho c/ a http://www.touristcard.com.br Na última vez ganhei até um desconto, na apresentação de um cupom (tourist15). Veja se ainda está valendo. Abç

  8. Gostei muito .. Super interessante ..estou para fazer um intercâmbio para dallas e estou morrendo de medo , pois e a segunda vez que vou sair de meu pais , Brasil que amo demais …

  9. Você já veio para os EUA antes, Tina, ou foi para outro país?

  10. Ola, estou a tempo pesquisando uma cidade para morar e trabalhar, Dallas achei bem interessante, financeiramente sou bem resolvido, porem não tenho emprego em vista ai, saberia me dizer como são as oportunidades para área de contabilidade/financeira ai nessa cidade? e consigo tirar um visto para morar e trabalhar no EUA sem ter emprego definido ai?

  11. Olá Ivan. Para poder trabalhar e morar os vistos disponíveis são os de investidor, de família direta ou de trabalho. Você tem que conseguir tirar eles antes de vir para cá, ou seja, no caso do de trabalho você precisa arrumar o emprego aqui primeiro para depois vir. Você pode ler mais sobre esse visto e as perguntas frequentes sobre ele nessa entrevista do blog: Dúvidas mais comuns sobre visto de trabalho

  12. Olá Natalia,
    A empresa que trabalho tem uma filial que fica a 20 minutos de Grapevine, final de janeiro irei trabalhar nesta filial por volta de 3 meses ou mais, durante este periodo minha esposa irá me visitar por uns 30 dias e provavelmente ela não poderá ficar comigo no dormitório da empresa, procurei hotel para me hospedar com ela, mas achei muito caro, voce conhece algum tipo de imovel que costumam alugar por periodo curto?
    obrigado.

  13. Olá Ivanir, já tentou o site AirB&B? Eles se especializam justamente nisso, pessoas da cidade que alugam um quarto ou parte da casa temporariamente.

  14. Estou adorando as conversas!! Como consigo conversar mais com a Natalia? Estou em dúvida sobre algumas cidades no temas e sobre escolas

  15. Te respondi por email. Dê uma olhada na sua caixa de entrada.

Leave a Reply

Faça parte da conversa: