Para Estudantes, Para imigrantes

Por Que Aprender Inglês No Brasil É Melhor?

 

Uma das coisas que mais me assombra durante todo o tempo que tenho escrito para o blog é o número de brasileiros que não falam inglês que querem morar por aqui.

E quando digo que eles não falam nada, estou falando nadica de nada mesmo, nunca sequer fizeram um curso se inglês (e sorry mas inglês do currículo escolar não conta). Não estou me referindo aos que tem um entendimento básico bom ou intermediário do idioma.

E o que me surpreende ainda mais é que eles simplesmente acham que ao colocar seus pés em solo americano, num passe de mágica aprenderão a língua e a partir daí tudo será uma maravilha.

Você vai querer morar na Grécia sem falar nada de grego ou pelo menos de outra língua que quebre um galho por lá? Que tal na Alemanha? Nesse último caso você pode até pensar que pelo menos você saberá que letras aparecem numa placa mas isso quer dizer que você saberá interpretá-las? Ou que só de olhar para as palavras alemãs você vai estar preparado para encarar o cotidiano por lá?

Tem gente que também confunde visitas rápidas com morar no exterior. As experiências são diferentes. Uma coisa é visitar um país estrangeiro, fazer suas compras, se divertir e etc.

Já outra é conviver diariamente com um monte de pessoas que não falam seu idioma, não te entende e não está muito interessado em te ajudar a superar esse problema ou não tem paciência contigo justamente pela sua falta de conhecimento da língua deles.

Listo a seguir razões pelas quais acho que você está perdendo tempo em não se preparar aprendendo inglês desde já e sim, ainda morando no Brasil:

 Você economizará:

Tudo bem que para aprender inglês de verdade você terá que investir dinheiro mas isso não se compara com a quantidade de dinheiro que você gastará caso queira aprender inglês no exterior.

Se você acha que cursos aqui serão baratinhos, se engana. Até certos cursos de ESOL são caríssimos aqui. E lembre-se que para conseguir o visto de estudante para fazer cursos você tem que comprovar que tem dinheiro suficiente para se bancar sem trabalhar enquanto estiver estudando aqui e pagando seu curso adiantado – e que cursos para alunos internacionais costumam ser o dobro do que para alunos americanos ou estrangeiros residentes aqui.

Forçar o aprendizado não dá certo:

Além do mais, cursos no exterior não garantem que você aprenderá de verdade, especialmente se você não sabe nada da língua. Pegar uma pessoa e “jogá-la” em um país estranho sem que ela tenha nenhuma habilidade para falar o idioma nativo do local pode parecer uma boa idéia para “forçá-la” a aprender inglês mas na verdade é uma péssima idéia e perda de dinheiro.

Recomendo esse tipo de viagem para quem deseja aperfeiçoar a língua (como no caso da Brenda) mas não para quem quer começar do zero.

ebook aprender ingles

101 Dicas Para Aprender Inglês
Price: $15.00 USD

Morar no exterior não garante que você aprenderá inglês:

Há muitos brasileiros que moram há anos em países de língua inglesa e mesmo assim não falam inglês fluente. Isso nos mostra que ir para os EUA somente para “aprender inglês desde o zero” nem sempre é uma boa ideia.

Há professores e escolas excelentes no Brasil:

Achar que não há escolas e/ou professores bons o suficiente não é desculpa para não iniciar seus estudos de inglês no Brasil. Inclusive há muitos professores nativos que deixam a desejar no quesito ensino. Só por que ele é estrangeiro não quer dizer que ele ensina bem.

Não é preciso estudar com um professor nativo para ficar fluente:

Há essa ideia no Brasil de que para aprender inglês você precisa estudar com um professor nativo e embora haja vantagens de fazê-lo, somente um instrutor brasileiro saberá quais as maiores dificuldades de seus alunos brasileiros e como melhor corrigí-las, além da habilidade de explicar muito mais sobre as diferenças entre a cultura americana e a brasileira.

Aprender com professores brasileiros tem suas vantagens:

Professores brasileiros sabem exatamente quais seus pontos fortes e fracos na hora do aprendizado, o que é importante. Ademais eles saberão como explicar , exemplificar e responder suas dúvidas com mais facilidade já que eles entendem como a cultural e “mente”brasileira funciona. Um professor estrangeiro não entenderá os dois detalhes anteriores com a mesma facilidade.

Ainda tem dúvidas? Simplesmente imagine a cena: Você sem saber quase nada de inglês sendo ensinado por um professor americano que não fala nada de português nem de espanhol (até com o que fala espanhol você teria dificuldades de aprender se não souber o básico da língua). Difícil, não?

Saber inglês para morar nos EUA é essencial:

E por último, já dei muitas razões pelas quais saber inglês antes de morar aqui é essencial mas posso resumir dizendo que quando você finalmente vier para os Estados Unidos você saberá se virar sem problemas e não dependerá dos outros para fazer o que você bem entender.

Gostou do Post? Compartilhe!

16 comentários sobre “Por Que Aprender Inglês No Brasil É Melhor?

  1. Bom dia! Gosto muito de seu blog sempre estou dando uma olhada. Estou fazendo um curso On-Line da EF. O que você acha? Achei o método pratico e estudo quando tenho tempo. obg. Abraços

  2. Concordo inteiramente! Sou professora de Inglês e moro nos EUA, e me assusta a quantidade de pessoas que acha que é só vir morar aqui e se matricular num curso que “puf”, vão aprender Inglês magicamente. Não é bem assim: há a ansiedade de aprender logo, a frustração por não conseguir dialogar nem nas situações mais simples do cotidiano e a falta de respaldo dos professores americanos às dificuldades específicas dos alunos falantes de Português. Isso tudo pesa, e muito. A pessoa vem com expectativas altíssimas e sai com a autoestima lá embaixo. Como professora particular me resta “catar os cacos” e tentar reconstruir a vontade de aprender daquele aluno.

  3. Bom,eu nao entendo porque estando aqui nos EUA,temos que pagar tanto para estudar,eu vivo no Novo Mexico,a maioria dos brasileiros que vivem aqui,falam ingles fluente e nunca estudaram ingles no Brasl e estudaram ingles pra ticamente de graca na universidade,ja que so paga uma taxa de dez dolares,de 50 agora para um ingles avancado,ou seja,nunca,em lugar nenhum do Brasil isso seria possvel,apesar de nunca,repito nunca ter sonhado sequer um dia viver aqui,eu sempre tive desejo de fazer ingles,porque fiz o basico na escola,e queria aprender mais,infelizmente isso nao me foi possivel,e sejamos realistas,no Brasil so pessoas de nivel elevado fiinanceiramente tem acesso a escolas otimas de ingles,porque e carissimo,eu faco ingles ha anos na universidade aqui,nao pago nada,mas eu concordo interamente com a Lu,e muito duro pra todos,foi pra mim,chegar aqui e nao falar nada,ou quase nada,eu chorava,tive um estresse muito grande,cai ate em depressao,falava alguma coisa,mas falar alguma coisa,nao vale,hoje gracas a Deus,tiro de letra,sinto um pouco de tristeza tambem sobre algo que ela escreveu,tem muitas pessoas,mas muitas mesmo,que nao fala nada de ingles,mesmo vivendo anos aqui,exemplo uma amiga minha,mora aqui 30 anos,e mexicana,e pasmesm,nao fala quase nada,tambem trabalhei num restaurante aqui no comeco quando cheguei,na cozinha,gente sem mentira,tinha aproximadamente umas 10 pessoas do Mexico,colombia,que moram aqui pelo menos dez anos,so falam espanhol,uma garota mexicana muito esforcada que trabalha muito anos por la,me disse que a razao dela nao falar ingles e que ela trrabalha em dois empregos,fica super cansada e nunca teve tempo de ir na escola aqui,ja que sustenta a familia no Mexico,este e um caso muito ttriste,mas como ela tem muitos,mas acho que temos que achar um tempo pra usar aquilo que as instituicoes oferecem pra nos imigrantes,porque e muito facil,e mportante,como viver num Pais por anos e nao falar a lingua nativa?muito dificil viver

  4. Oi Lu, achei muito interessante este post. Eu fiz inglês por imersão aqui nos EUA. Ganhei uma bolsa de estudos e a universidade pagou para eu estudar inglês por 1 ano antes de eu ingressar na universidade. Eu estudei um pouco no Brasil em escola e com professor particular. Alem de estudar muito por minha conta, escutar muita musica em inglês e assistir filmes e seriados em inglês pra me acostumar com o idioma.
    Quando entrei no ESOL, entrei no nível 3 de 5. Mesmo estando no nível 3 tive dificuldades, mas aprendi muito em 1 ano de curso aqui. Agora, já estou indo pro 3 ano de universidade e ainda tenho problemas com a língua.
    Quando você decide aprender uma língua nova, ainda mais se voce vai morar no pais, voce provavelmente passara varios anos aprendendo. Eh so voce comparar ao portugues, o idioma eh tao vasto, que voce sempre lida com palavras desconhecidas, nao eh diferente no ingles. Ainda mais se voce pretende estudar numa universidade americana.
    Eu tenho amigos que vieram do Panama, para o mesmo programa que eu vim. Eles nao falavam nada de ingles, eles passaram 1 ano e meio estudando ingles no ESOL antes de ingressar na universidade.

    Aprender ingles no Brasil antes de vir aos EUA eh primordial.

  5. Olá Fernanda,

    É verdade, especialmente se a pessoa quer ingressar no ramo acadêmico e trabalhar aqui. Jargão em inglês então? rsrs nem se fala. A gente fica perdida no começo. É preciso aprerfeiçoar sempre. Obrigada pela participação.

  6. Olá Patricia,

    Obrigada pela participação! Força de vontade e disciplina é muito importante. Muita gente começa mas desiste ou não tem disciplina com os estudos. Isso é muito comum em turmas de ESOL aqui, onde as salas já não são grandes mas os alunos (de tudo que é nacionalidade mas que tem algo em comum: pouco ou nada de inglês) sempre faltam, chegam atrasados, querem fazer festas todo o santo dia (às vezes é o professor americano que “instiga” as benditas festinhas!), vão de “férias” para o país deles e ficam dois meses lá bem no meio do curso, perdem metade do conteúdo e ficam frustrados quando voltam e não falam direito e ainda por cima estão atrasados, obviamente 🙂

  7. Olá Edson,

    Muito obrigada por acompanhar o blog. Olha, se você está progredindo com o curso deles, continue nessa. Muita coisa depende do estilo de aprendizado do aluno e pelo que você me disse, parece que esse curso se encaixa com suas necessidades. Pode ser que para outras pessoas ele não seja a melhor opção por diversos motivos mesmo por que nao há um só curso que é melhor para todo mundo. Pessoas tem estilos e necessidades de aprendizado diferentes, além de bolsos diferentes 😉

  8. Oi Lu, moro aqui em Ohio a 5 meses e já considero meu inglês avançado mais tive muita sorte que arrumei uma namorada com uma semana de EUA e realmente ela abraçou a causa do meu inglês . Trocamos mensagens durante todo dia e a noite conversamos bastante, como ela é filha de mexicanos e fala espanhol ajuda na hora de tirar dúvidas ! Então a dica que deixo para quem quer aprender rapido aqui é interagir com os americanos , pratique, que voce vai aprender com naturalidade!

  9. oi, poderia me dizer o nome de algum desses professores brasileiros que realmente falam inglês?
    até porque na minha cidade não tem nenhum que cobre menos de R$600,00 por mês. com aulas de 1 hora aos sábados.
    eu estudei em várias escolas. nunca vi um professor que soubesse FALAR em inglês. sério mesmo, aliás, alguns mal sabiam escrever sem copiar de livros.
    tive aula por 3 anos seguidos com a mesma professora em uma escola municipal, ela ensinou algumas partes do verb to be, e ela mal sabia pronunciar as palavras.
    acho um absurdo ser obrigatório aprender inglês no brasil para conseguir o visto.
    até porque só quem é de classe média alta é capaz de pagar, tanto um curso ou uma faculdade.
    eu quero e pretendo sair do brasil, estou aprendendo inglês em um “curso” no youtube. e assistindo séries, quase nem preciso de legenda. apenas algumas palavras que me surpreendem.
    sem contar a velha piada brasileira. quando você vai procurar o primeiro emprego, logo após a escola. “É necessário ter experiencia de no minimo 2 anos na área.”

    e ainda existem pessoas que criticam as pessoas que querem sair do pais.

  10. Jessica,

    Sinto muito que não haja nenhum professor decente na sua cidade que cobre razoalvemente pelas aulas ou escolas de inglês com bons professores . Mas como você mesma disse, você está aprendendo através de vídeos, isso é ótimo. Não são todas pessoas que conseguem estudar outro idioma sem ajuda de professores. Professores de escolas públicas não contam, a maioria deles não sabem falar nada mesmo e nem deveriam estar dando aulas do idioma. Nem aulas do currículo de escolas particulares vão oferecer tudo que o aluno precisa para sair falando inglês por que esse não é o objetivo de aulas nessas escolas e sim gramática.

    Ninguém disse que é obrigatório aprender inglês no Brasil para conseguir visto (de turismo ne, outros obviamente implicam que a pessoa precisa saber falar fluente) e sim que é senso comum. Não sei onde você viu isso. Pro Canadá sim, se a pessoa quer imigrar ela tem que provar que fala inglês ou francês. Fique contente que isso não acontece nos EUA 😛 Mas isso são outros quinhentos. O que sempre digo é que aprender inglês no Brasil ajuda e muito e faz com que a pessoa alcance os objetivos dela aqui muito mais rápido. Mas cada um sabe o que faz.

    Ah, esse negócio de “É necessário ter experiencia de no minimo 2 anos na área.” é pratica comum aqui também. Sucesso!

  11. Olá Thiago,

    Muito bom, você achou uma forma alternativa para aprender! Muito obrigada pelas dicas. Sucesso!

  12. Olá Rita,

    Concordo que nem todos tem acesso a boas escolas de idiomas no Brasil mas hoje em dia é bem mais fácil ter acesso a aplicativos, computadores, celulares de última geração e americanos! É só a gente ler os outros comentários de quem está aprendendo agora que vemos as diferenças e alternativas possíveis. Bem diferente de quando dependíamos de professores para tudo. Cursos de universidades tem seus lados positivos e negativos, talvez aí no seu estado eles sejam melhores, mas aqui conheço muita gente que estudou até nos de universidades e não fala quase nada, ou não entende, ou entende mas não fala e não escreve, resumindo, não são fluentes. No entanto concordo que se a pessoa veio sem falar nada, esses cursos são melhores do que nada e ajudam se a pessoa se esforçar e não são tão caros mas temos que ver se a pessoa é residente, estrangeiros vão pagar mais e se o visto depender dessas aulas o custo será ainda maior.É possível ficar fluente nos EUA? Sim. Mas aprender no Brasil antes de vir para cá tem seus benefícios? Certamente. E acima de tudo é possível ficar fluente no Brasil? Sim.

  13. Excelente material e artigos! O Brasil esta sofrendo muito com o aprendizado do ingles de modo geral. Infelizmente a maioria dos alunos estao aprendendo muito pouco, levando muito tempo e estao aprendendo muita coisa errada desde o inicio. Muitos professores ja falam errado, com ingles aprendido dos livros e sem entonacao do ingles. Isto e sem querer falar mau de nehuma escola ou professor em particular– mas de um modo geral isso acontece. Resumindo; o melhor professor e aquele que realmente fala e ententende a lingua inglesa, idealmente SEM SOTAQUE estranjeiro ou com muito leve sotaque. Alem disso, ele obviamente tem que saber ensinar. Novamente, excelente materia! 🙂

  14. Obrigada, Daniel. Realmente, a situação é complicada. Recentemente li uma pesquisa na qual listavam os estrangeiros que melhor falavam a língua inglesa e a América Latina ficou em último lugar, até atrás dos asiáticos! Um dos motivos dados pelo artigo para justificar essa colocação foi a falta do ensino de qualidade e na idade certa e o outro a falta de interesse por parte dos latino-americanos já que se eles sabem espanhol (e há brasileiros que acham que só o portunhol já basta rsrs), não precisam tanto do inglês.

  15. Lu vc indica alguma escola de idioma aqui no Brasil que ajude nesse processo. ?Escuto muito falar na Cultura Inglesa ou Englishtown

  16. Olá Anderson. Academia Washington. Eles não são uma das redes mais conhecidas mas o método deles é excelente. A Cultura Inglesa não se concentra no inglês americano, o que mais confunde do que mais nada. Se você quer aprender o americano, tem que se concentrar em escolas que ensinem o americano. Engishtown te coloca em níveis inferiores no teste deles só para ganhar mais dinheiro. Eu não recomendo. Nem sempre as escolas mais famosas são as melhores, somente tem um time de marketing melhor. Espero ter ajudado. Sucesso no seu aprendizado e volte sempre.

Faça parte da conversa: