Cultura Americana, Curiosidades

O Que É Tailgating?

o que é tailgating

Um dos nossos leitores, (valeu Rodrigo) que suponho seja um amante de futebol brasileiro, pediu um post sobre o tailgating e por essa razão esse é o tópico de hoje.

Americanos são naturalmente competitivos e por isso eles amam esportes e dá para ver que essa cultura está impregnada em praticamente todos aspectos da vida nos EUA. Desde as competições em tudo que você poassa imaginar, à filosofia de vida de que ‘o que vale não é competir mas sair em primeiro lugar’ e até em muitas das palavras, gírias e expressões idiomáticas usadas no inglês daqui.

Mas o que seria do SuperBowl e dos esportes tradicionais americanos sem o tailgating? Bem, uma maneira simples de entender o que é tailgating é comparar esse “evento” ao churrasquinho e cerveja brasileira antes, durante e depois do jogo de futebol.

Só que no caso do tailgating, a comemoração sempre ocorre fora dos estádios, inciando-se horas antes do jogo (tem gente que sequer entra no estádio para assistir à partida, preferindo comer lá fora mesmo rsrs).

Resumindo, tailgating é basicamente uma confraternização antes do jogo, com seus comes e bebes, jogos que universitários adoram (você vai ver quais abaixo) e muita rivalidade (dependendo dos times que estão jogando – mas um ponto importante a lembrar é que raramente essas rivalidades causam violência de qualquer tipo fora dos estádios).

Veja as preferências de comida, entretenimento e mais dados sobre o tailgating no gráfico abaixo:

The Art of Tailgating

By Foodydirect – Via Visually.

 

E se você quiser dar uma olhada num tailgating, encontrei esse vídeo que mostra a atmosfera dessa celebração esportiva que é uma tradição americana:

[Crédito Vídeo E Imagem]

Quer Dicas Sobre Os EUA? Veja as 101 Dicas Da Lu.

Curtiu? Compartilhe Com Seus Amigos!

2 comentários sobre “O Que É Tailgating?

  1. Nao estou certa mas “tailgating” pode tambem ser usada quando um mal motorista , pelos parametros Americanos porque no Brasil e norma, dirige colado no carro da frente. Certo?

Faça parte da conversa: