Curiosidades

7 Perguntas Que Você Ouve Constantemente Ao Morar Nos EUA

futebol nos EUA

Há certas coisas que você nunca ouviu no Brasil mas que passa a ouvir quando mora nos Estados Unidos. Veja sete delas abaixo:

  1. Você prefere que eu fale em inglês ou em espanhol contigo? A primeira pergunta que ouvi ao desembarcar nos EUA foi essa.
  2. Mas você não fala espanhol? Geralmente depois de ter falado um monte de blablabla em espanhol e ter esperado uma reação ou resposta sua e nada. Americanos também perguntam isso de vez em quando, mas na sua maioria são os hispânos mesmo, que assumem que você sabe falar espanhol ou mesmo que você fale que vai preferir falar em espanhol ao invés de inglês ou português.
  3. Futebol não é um esporte, é? Geralmente zoando do esporte.
  4. Mas não há coisas melhores a se fazer do que assistir a um jogo que dura horas e o placar final pode ser zero a zero? (Sobre futebol)
  5. Mas como você não sabe fazer tostadas ou tacos ou qualquer comida/bebida tipicamente hispâna (mas geralmente mexicana)? É, brasileiros comem tacos no café da manhã, almoço e jantar. Adoramos pimenta da bravas também.
  6. Como assim você não sabe sambar? Como eles dizem por aqui: Newsflash! Nem todos brasileiros curtem sabar ou sequer samba.
  7. Você é do Rio? Como se só existisse Rio de Janeiro no Brasil 😛
  8. EXTRA: Seu marido/ namorado / noivo é latino? (se você for mulher). Eles assumem que por ser brasileira você não pode ter um marido americano ou europeu ou asiático e etc.

E você que perguntas que você nunca ouviu no Brasil e agora ouve nos Estados Unidos? Deixe seu comentário abaixo.

 
 Imagem:
 no soccer By feverblue via flickr

Quer morar e se adaptar nos EUA? Veja as Muitas Dicas da Lu

Gostou Desse Post? Compartilhe Com Seus Amigos!

15 comentários sobre “7 Perguntas Que Você Ouve Constantemente Ao Morar Nos EUA

  1. Oque deve irritar é uns engraçadinhos perguntar se vc sabe sambar só porque é do Brasil, ou achar que o Rio é o único lugar que existe no Brasil

  2. Ah eu concordo plenamente com o 4).Bom os Americanos precisam estudar melhor geografia. E os brasileiros pararem de exportar essa cultura de festa. Nao é legal

  3. Exportamos para o mundo a visão de que somos um pacífico, alegre e ordeiro (sic) e de que vivemos numa eterna orgia tropical, e depois ainda queremos que eles nos respeitem. Como, se não respeitamos a nós mesmos?

  4. sério, Elon? rsrs na mesma semana ouvi de dois americanos que eles nao sabiam que existia produtos orgânicos no Brasil. Tive que rir

  5. Speak French? Kkkk!!! To “phyna”, virei francesa!!! Isso foi uma americana falando. Agora a melhor foi uma latina q trabalha no restaurante mexicano: “Ah, fala BRASILEIRO né?” Pqp!!!!!
    E tem jente q reclama da educação do Brasil! Eu hein?!

  6. Já tive uma americana me perguntando que idioma eu estava falando no telefone pois segundo ela parecia uma mistura de espanhol e francês mas ela não tinha certeza rsrs O falar “Brazilian” é clássico, depois do falar espanhol. Obrigada pela participação.

  7. Nao é so nos USA isto nao … Na Alemanha me perguntam sempre se eu falo brasileiro … e eu tenho realmente odio disso … fico atacada … depois tenho que explicar isso … eles acham que so em Portugal falam Portugues .. Entao digo Portugues de Portugal e Portugues do Brasil .. isso se tenho paciencia e juro que ja saiu da minha boca .. Sim meu senhor eu falo Brasileiro …kkkkk

  8. Olá Goanndi,

    Obrigada pela participação. Pensava que os europeus sabiam mais das coisas 😀 Outro dia lendo sobre hispânos e latinos aqui, americanos usam o termo latino para descrever raça e não localidade de nascimento, o que acho errado pois consideram todos que nasceram na América Latina hispânos (é que nem dizer que Finandeses são escandinavos, bem o país se encontra na escandinávia mas etnicamente finlandeses são diferentes dos escandinavos étnicos- dinamarqueses,suecos e noruegueses), o que para nós brasileiros não é a realidade (a não ser que seu sobrenome seja Sanches ou outro espanhol rsrs). Mas enfim, uma pessoa comentou nesse artigo, dizendo que havia diversos dialetos de espanhol e um deles era o “Brazilian Spanish”. Morri de dar risada. É rir para não chorar haha

  9. Em relação ao número oito, eu tenho a impressão que os americanos acham que para os hispânicos e latinos os laços familiares são mais fortes e muitas vezes de submissao. então eles acham que as latinas são oprimidas e as famílias não deixam namorar americanos, estou errada? me explique esse número oito por favor.

Faça parte da conversa: