Dicas de viagem

Minhas Impressões Do Brasil Depois De Visitá-lo

bandeira Brasil
By MAclarke21 via flickr

Estive recentemente no Brasil. Fiquei por pouco tempo e já fazia anos que não ia para lá e muita coisa me surpreendeu (algumas positivamente, outras negativamente).

Parece que as coisas mudaram bastante e resolvi listar o que vi de diferente no Brasil desde os aeroportos até as cidades que visitei e tudo em geral.

O que vi no avião:

As aeromoças entregavam a comidas dentro do avião a maioria dos brasileiros não falavam por favor sequer obrigado.

O avião parecia uma cena de guerra depois que o povo desembarcou:  lixo para todo lado, cobertores e travesseiros jogados no chão. Uma vergonha!

A maioria demorava para atender aos avisos de segurança do piloto no auto-falante, de desligar os aparelhos eletrônicos, sentar-se, até para colocar o cinto!

O atendimento doméstico de todas companhias aéreas em São Paulo é um fiasco: Você chega lá e fica numa fila enorme, os atendentes ficam batendo papo na sua cara ao invés de te atender; completamente te ignoram (acho que isso não faz parte da descrição do emprego deles, faz?) quando eles atendem, mal olham para sua cara. Não são educados e sequer desejam uma boa viagem – o que é o mínimo que eles deveriam dizer.

Já as conexões internacionais funcionam melhor. Agora não sei por que essa diferença tão gritante. Deveria haver um padrão de qualidade.

O aeroporto de Guarulhos é muito mal sinalizado, as conexões domésticas são trocadas no mínimo duas vezes de portão. Você está esperando no portão que eles indicam e de repente, eles avisam que você será embarcada em outro portão e lá sai você correndo que nem uma galinha sem cabeça.

Se você pergunta para os funcionários do aeroporto onde fica tal coisa, eles não sabem! Agora se eles que trabalham lá e não sabem quem diz que, nós, simples viajantes saberemos? Além disso alguns deles ficam todos irritadinhos quando a gente pergunta onde fica tal coisa.

Primeiro isso faz parte do emprego deles, se eles não gostam de ajudar os outros, deveriam procurar trabalhar em outro lugar onde eles não tenham contato com seres humanos, segundo quem sabe se a sinalização do aeroporto fosse decente a gente não precisaria “encher o saco” de nenhum funcionário por lá.

Nos vôos domésticos curtos as companhias cobram tudo que você consumir e é caro.

 

O que vi nas ruas:

No Norte do Paraná a maioria das cidades estão um caos, por que as administrações públicas não cuidam de mais nada.

Em uma cidade (que costumava ser) linda como Londrina, os prédios estão literalmente no meio do mato, os canteiros são só mato e lixo para tudo que é lado.

As ruas não são mais ruas, são uma sucessão de buracos, chegou ao ponto de que o município teve que mudar as rotas de transporte público por que os ônibus não conseguiam passar mais nas ruas. Hmm Deixa eu ver, o que é mais fácil? Mudar a rota de linhas de ônibus ou tapar os buracos da rua? 😀

As escolas estão em um estado deplorável, até mesmo as particulares.

Em bairros de classe alta, a cachorrada fica solta no meio da rua, alguns cachorros são bravos e atacam as pessoas e ninguém faz nada. Aqui tem polícia só para isso. Os donos de cachorros passeiam pelas ruas com os bichinhos e não limpa a sujeira dos mesmos.

A maioria dos motoristas como sempre – vejo que isso não mudou – não tem um pingo de respeito pelos pedestres.

E nem vou mencionar a falta de segurança e a questão da violência, que infelizmente inunda cada vez mais as cidades pequenas, nas quais sequer dá para andar sossegado nas ruas. Coisa que antes se podia fazer.

Vi que há guardas na frente de alguns restaurantes, achei esquisito e perguntei o porquê, me disseram que muitos andam assaltando esses recintos. Então mesmo se você tem um dinheirinho extra para sair para comer de vez em quando, você pode ser assaltado e dentro de restaurantes ainda! Um absurdo.

Também percebi que os brasileiros estão usando muito celulares nas ruas, nos bancos, em tudo que é lugar. E uns não são muito discretos com as conversas deles, parece até que estão gritando de propósito para que todo mundo ouça os assuntos cabeludos deles.  Deu até vontade de dizer para esses indivíduos gritarem ao invés de usar celular, já que sai mais barato gritar.

 O que vi nos Bancos e nas lojas:

Uma coisa que notei e que achei que virou bagunça é que os bancos parecem não ter mais uniformes e fica difícil distinguir quem é funcionário de quem é cliente.

As funcionárias usam calcas de cós baixo, sandálias rasteiras ou de salto alto e jeans com etiquetas que mais pareciam um placa de carro do que uma etiqueta 🙂

É um tal de acompanhar a moda das novelas, de comprar pulseiras da Morena, o cinto da delegada não sei das quantas. Se você chega em uma loja essa é a primeira coisa que te perguntam.

Mas pelo menos as atendentes de lojas estão bem mais educadas e simpáticas. Parece que isso mudou para a melhor.

 O que achei dos preços:

Mas o que me deixou abismada foi o preço dos alimentos e de vestuário. Bem, parece que o preço de tudo subiu.

Era piada de tomate e de Leandro & Leonardo para tudo que é lado. Já que até nossa salada de cada dia fica em risco com o aumento nos preços dos tomates.

O preço do fast food lá também é exorbitante. Já era caro, agora é um absurdo. Inslusive, vi bastante pessoas deixarem as bandejas cheia de resto de comida e lixo em cima das mesmas em food courts de shopping centers. Isso que ainda há uma pessoa que “cuida” do lixo e joga o resto de comida das bandejas na lata.

 O que mudou para a melhor?

Quanto a população, fui muito bem recebida e muito bem atendida nas lojas (coisa que não acontecia antigamente), as pessoas foram super educadas e simpáticas. Estive em um departamento público federal e fui muito bem atendida também.

Mas entre as tantas esquisitices, uma coisa boa é que pelo menos dentro da cidade que visitei, as ligações de orelhão para telefones celulares ou fixos eram grátis. Achei isso muito interessante.

Percebi também (como mostra a imagem no topo desse artigo) que os brasileiros estão mais patriotas, vi bandeiras para tudo que é lado mas ao mesmo tempo esse patriotismo na maioria dos casos é saudável (cada vez mais brazucas estão abrindo os olhos para o que relmente é bom no país e ao mesmo tempo não fechando os olhos e mascarando ou ignorando o que é ruim) e não o ufanismo barato e irracional de alguns.

Resumindo, me senti como uma alienígena. Muita coisa mudou, algumas para a melhor, outras para a pior. Fiquei totalmente perdida nos hábitos tão diferentes dos brasileiros.

Realmente quando moramos fora por muito tempo em um país onde muita coisa funciona de verdade, fica difícil deixar de ver o contraste em tudo.

 

39 comentários sobre “Minhas Impressões Do Brasil Depois De Visitá-lo

  1. Amei seu texto, concordo cm tudo, porem nao tenho a opçao de sair do Brasil. Os assaltantes tomaram conta das ruas e o poder publico simplesmente fecha o olho como se nada estivesse acontecendo um absurdo. Espero que um dia nosso lindo pais caia nas maos de um governante DE VERDADE. Que saiba fazer a coisa funcionar.

  2. Cada vez que leio um post de alguém que mora nos EUA falando das diferenças com o Brasil, fico mais deprimida e com vontade de ir embora…

    adorei o post Lu! Infelizmente nosso país, que tinha tudo para ser maravilhoso, é um lugar horrível e caro para se morar, culpa da população que elege políticos corruptos e não cuida do que é seu.

    bjo

  3. Acho que em questão do patriotismo só é por causa da copa e olimpiadas quando acabar essa fase vai voltar o Brasil de sempre
    Acho tão lindo o patriotismo dos americanos já me considero iuma.

  4. Olá Vanessinha,

    Muito obrigada pelo comentário. Também quero que as coisas melhorem de verdade no Brasil e espero que isso ocorra logo, já passou da hora. abçs

  5. Olá Alessandra,

    Isso que me infuria, o fato de que o país tem de tudo para ir para frente, para resolver seus problemas mas as coisas não mudam. O povo tem que acordar para a realidade do país e se tocar que eles tem o poder, como você mesma disse, de mudar essa situação. bjs

  6. Olá Rebecca,

    Concordo que o patriotismo daqui é algo muito bonito de ser ver (o povo tem orgulho por que muita coisa funciona de verdade e se não funciona, eles fazem suas vozes ouvidas e consertam a situação – quem não vai se orgulhar disso?) e diferente daquela ladainha que sempre ouvimos no Brasil de “nossos rios, nosso samba e futebol e etc” ao invés de o nosso povo trabalhador que merece condições melhores de vida, nossa democracia que funciona de verdade, nossa seriedade em fazer desse país um lugar melhor, entre outras coisas. abçs

  7. Lu, infelizmente está mesmo indo de mal a pior. O governo (leia-se PT) está a um passo de fazer retornar a censura, sim, a censura da imprensa. Eles tentam de tudo – fazer o Supremo se submeter ao Congresso (!!!), censura, é mensaleiro condenado fazendo parte de Comissão de Justiça (!!) e legislando, e isso é só uma partezinha.

  8. Oie…tudo bem? Acho que as suas impressões negativas daqui estão certíssimas, nosso país está cada vez pior, e o povo Brasileiro cada vez mais mal educados, querendo tirar proveito de tudo da pior maneira possível, em todos os lugares, lojas, aeroportos, bancos…enfim em todo lugar vc é atendido com muita má vontade, e desrespeito…sem falar na sujeira…as pessoas jogam lixo no chão descaradamente, um horror! Parabéns pelo Blog, acho bem interessante! A propósito, vc poderia fazer um post de como é o sistema de saúde por aí?!já ouvi dizer que é bem complicado e caro!

  9. Oi…tudo bem?! achei que as suas impressões negativas daqui do Brasil, estão certíssimas! aqui realmente está cada vez pior, uma violência absurda, um povo mal educado, que quer tirar proveito de tudo e da pior maneira possível…e a sujeira então…São Paulo é imundo… as pessoas jogam lixo no chão descaradamente, e o atendimento ruim, não é só nos aeroportos não, lojas, bancos, cartórios, serviços da prefeitura…enfim te tratam com uma má vontade impressionante, dá até desgosto! se eu tivesse uma oportunidade, me mudadria desse país com certeza! Parabéns pelo blog, é muito interessante! a propósito, vc poderia fazer um post de como é o sistema de saúde por aí, já ouvi dizer que é muito complicado e caro, é isso mesmo? bjs…

  10. Olá Ana!

    Obrigada pela participação! Sim, não duvido nada dessa censura que dizes já que ouvi dizer tanta coisa boa nos últimos anos que fiquei contente pensando que as coisas finalmente estavam melhorando. Isso até ver com meus próprios olhos, né? rsrs E essa do mensaleiro é um absurdo. Dá até medo de saber o resto.

  11. Olá Andrea,

    Obrigada pela participação e por acompanhar o blog! Obrigada pela sugestão também, escrevi alguns posts sobre o sistema de saúde. Favor, veja esse post e siga os links dentro dele também para outros posts relacionados ao assunto:

    Mitos e Verdades Sobre o Sistema de Saúde Americano

    Posso dizer que sua sugestão é muito boa já que muita coisa está mudando e vai mudar ainda em relação à saúde no país mas vou esperar um pouquinho para ver o que mais muda, então aguarde 😉 Outro dia mesmo, precisei de um antibiótico e para minha surpresa o médico disse que ele não custaria nada e que mais 4 antibióticos de uso básico não custam mais nada! Claro que vc ainda precisa fazer a consulta médica mas o antibiótico é de graça! Bem melhor 🙂

  12. Infelizmente você não teve sorte com os aeroportos e nem com as companhias desta vez e entendo sua frustração, acredito que aconteça mesmo essas coisas que você citou acima. Mas não são todas as companhias aéreas que são assim. Recentemente viajei para dentro do Brasil mesmo, voo para o nordeste, e fui muito bem atendida. Na empresa que viajei não precisei pagar lanche nem nada, acho que é uma das exceções que não estão cobrando. A questão da cobrança do alimento acho um absurdo, já pagamos um preço nada barato na passagem e ainda temos que pagar por um lanche que nem é lá grandes coisas.
    Fiz conexão em Campinas-SP e lá os funcionários estão dispostos sempre a lhe ajudar, são bem simpáticos e atenciosos. A mesma coisa em Fortaleza-CE também. Não tive nada a reclamar, mas também não deixo de concordar que muita coisa precisa ser melhorada.

  13. oi lu
    gostei muito do post e me agradou muito que você tenha reconhecido algumas melhoras da nossa sociedade e que aos poucos esta acabando nosso sentimento de inferioridade em relação a os norte americanos e estamos reconhecimento nosso potencia como pais e espero que permaneça assim .
    e queria recomenda um post , voce poderia fala sobre cantores norte-americanos e brasileiros que voce mais aprecia . obrigado

  14. oi Lu tudo bem? Ainda que vc foi otimista pq quem está aqui direto nao tem muito orgulho do nosso pais esta feio, pobre super inseguro. O q acontece há 12 anos, vivemos de aparencias (sabe qdo vem um parente q vc sabe q é melhor e q realmente faz acontecer e vc fica cobrindo buracos a qui e ali, dando bronca na familia p se comportar. È isso q acontece só pense q o parente é um país desenvolvido e organizado) Como vc me explica, iremos receber pessoas de outros paises no nosso país? Abc

  15. Oi Lu, tudo bem?

    Eu já tinha feito um “desabafo” aqui no seu blog há uns 2 anos atrás sobre o que me incomodava aqui no Brasil, e agora você pôde ver com os seus próprios olhos…infelizmente!!

    Realmente as pessoas estão cada vez mais sem educação, seja no trânsito, seja ao passear com o seu pet… cheguei ao cúmulo de ouvir de um colega, ao repreendê-lo por ter jogado lixo no chão: “É para dar emprego para os garis!”. Deu vontade de dizer: Então morre para dar emprego para os coveiros… hehehe…

    Em relação aos orelhões, eu não os uso, mas acho que você teve foi sorte… desconheço que eles façam ligações gratuitas…
    e, em relação a sermos mais pratiotas, não concordo não… O Brasileiro gosta é de um oba-oba… tá chegando copa, olimpíada, então gastam o que tem e o que não tem para pintarem suas casas e ruas… mas acho que ser patriota mesmo é respeitar as leis e o próximo, respeitar quem está te servindo, desde a aeromoça até o gari…

    É com tristeza que te digo… tenho sim, vergonha de ser brasileira… de aparecer nos noticiários pela corrupção descabida que acaba em nada, ou porque uma turista foi abusada sexualmente dentro de uma van…

    Triste realidade a nossa!!! Mas a copa do Mundo vem aí… AFF!

  16. Olá! Em primeiro lugar quero parabenizar pelo ótimo conteúdo do site, especialmente pela noção realista sobre a vida nos EUA que você apresenta a nós e a descrição de como é a vida por aí comparada com a daqui.

    Sou apaixonado pela Ciência como um todo e acredito que em razão do progresso, organização, qualidade de vida, preços e impostos menores e disponibilidade de equipamentos, sei que seria muito mais feliz se eu me mudasse para os EUA, mas como é uma decisão que envolve diversos fatores e custos, ainda não me decidi a fazer isso. Mas cada vez que fico chateado com a vida no Brasil, penso seriamente nessa possibilidade.

    Lu, é verdade que o apoio à pesquisa e desenvolvimento acadêmico é bem maior nos EUA do que no Brasil? E no quesito segurança? Ouvi falar que nos EUA também existem cidades violentas, mas chegam ao nível das daqui?
    Obrigado e bjs!

  17. Bom , pelo o que eu entendi é que ao seu ver o que melhorou foi o atendimento nas lojas e o patriotismo.Então não melhorou muito pois isso é na verdade obrigação das pessoas ,ser educado e tratar bem ao próximo , em qualquer lugar , não só em lojas ,mas aqui se torna qualidade porque poucos fazem isso. E quanto ao patriotismo , eu não tenho visto muito disso por aqui , pois através da internet as pessoas vêem comparações do Brasil com paises de primeiro mundo , e acabam ficando revoltadas com as diferenças de um país para o outro , e falam muito mal do Brasil e apenas reclamam , eu não sou hipócrita e adimito que também falo mal e reclamo do Brasil , mas com razão. O Brasil tem tudo pra ser um ótimo país , mas estamos longe disso.

  18. Gostei do depoimento. Fiquei esperando para ver os pontos positivos, mas infelizmente nao compartilho deles. Patriotismo nao existe por aqui, deve ser porque esta chegando a copa do mundo.

    Ligacao de orelhao para celular gratuita ??!?! Sem duvida tem alguma coisa errada, se for verdade essa cidade é unica — o que temos no brasil sao tarifas de fixo para celular que variam entre r$1 e r$1,80 o minuto !!

  19. Olá Igor,

    Obrigada pelo comentário. Sim, infelizmente tem gente que não se toca desses pontos que você disse serem obrigações. Sim, concordo que o Brasil tem de tudo para ir para frente, quer dizer quase tudo… Falta sacudirem as coisas por lá.

    abçs

  20. Olá Ernesto,

    Obrigada pelo comentário. Não é só você não Ernesto, até pessoas que jamais pensariam nisso antes estão começando a cogitar essa idéia. Parece que sim. Não tenho os números nisso mas sei que certas universidades ganham uma nota para aplicar em pesquisas.

    Quanto a segurança: Olha, não dá nem para comparar. Claro que como você mesmo disse há cidades com mais violência, mas isso geralmente ocorre em áreas metropolitanas grandes onde selva de pedra será selva de pedra. Mesmo nesses casos a violência se concentra em certas áreas da cidade e não por toda sua área.

    Mas para você comparar, outro dia uma leitora do blog que visitou NYC e que sabe que lá existe violência também, ficou espantada que não viu nenhum assalto, não foi assaltada, podia andar tranquila na rua e etc. São duas cidades grandes, ambas com violência, mas ainda assim o nível de violência é diferente.

    Espero ter tirado suas dúvidas. Volte sempre!

    abçs

  21. Pois é, essa é a realidade no Brasil. Antes eu achava tudo isso revoltante, mas hoje em dia já estou me acostumado e, diferente dos países desenvovidos, vejo que há um sentimento humano muito maior por aqui; tanto para o bem quanto para o mau.

  22. Infelizmente, o futuro do país é virar uma bolivia, colombia, venezuela, nada mais que isso, mas graças a deus já estou mexendo meus pauzinhos para morar ai na flórida!!!

  23. Oi Lu, adoro o seu blog e meus parabéns pelo post!
    Posso dar uma dica de post? Queria mais informações sobre o passo a passo para mudar para os EUA. Não sobre como morar ou vistos, mas dicas de o que levar e o que deixar no Brasil, dicas de como fazer o transporte das coisas, como deixar procurações no Brasil caso precise de alguém para resolver as coisas para vc…. Essas coisas….rs. Esse passo a passo de como levar a sua vida para outro país. Estou namorando um cidadão americano e pretendemos nos casar em 2 anos. E já estou deixando as coisas arrumadas por aqui, comecei quitando as dividas….rs beijos e mais uma vez parabéns!

  24. Queria saber como está a situação dos E.U.A com a crise, como está o estado de recuperação e se voltaremos a ser aquela hegemonia do pós-guerra.

  25. Olá Leonardo,

    As coisas estão se recuperando aos poucos. Mas aqui não está aquele “horror” todo que alguns dizem no Brasil. Nada para se preocupar demais. Agora se os EUA vai voltar a ser como antes ou melhor que antes vai depender das políticas implantadas e melhoradas por aqui. Vamos ver qual o rumo que o povo quer que o paí siga e se eles vão exigir isso tudo.

  26. Olá Rayza,

    Muito boa sua sugestão. Você faz muito bem. Escreverei algo a respeito em breve. Aguarde 🙂

  27. Olá Cedric,

    Por incrível que pareça ouço de muitas pessoas que conhecem a Colômbia que o país deles está cada vez melhor, até melhor que certas coisas no Brasil. Resta saber se isso é propaganda também ou se eles acordaram para a vida e colocaram um basta na violência antes dos brazucas.

  28. Olá Isis,

    Também acho que isso é bom, a gente tem que para de dar bola para o que achamos que os outros países pensam de nós e tomarmos conta do Brasil e do que achamos do país.

    abçs

  29. Você estava certa, Marion. Li essa história da turista, uma vergonha. Quero ver como vão dar conta de tudo certinho na Copa com tudo isso aí… 🙁

  30. Essa questão do avião tem me incomodado cada vez mais! As pessoas têm um desespero para ligar celular, pegar malar, sair correndo…
    Também amei seu post!

  31. Olá Carina,

    Obrigada pelo comentário. Na minha opinião é muita falta de respeito não seguir regras que estão lá justamente para salvar a vida de todos envolvidos na situação.

    abçs

  32. Oi, seu blog é realmente muito bom!
    Deixa eu fazer um comentário sobre o Brasil:
    sabe, o problema não Brasil não é a falta de segurança, a falta de escolas, a falta de hospitais (tá é um problema), mas o problema maior é que o povo brasileiro é muito mal educado! Crianças vão para escola já destruindo a escola, no transito se o motorista puder ele passa em cima de vc, as pessoas não conseguem ter paciência e não respeitam uns aos outros.
    Eu moro em Curitiba, e sofro bastante com isso. Nasci aqui e sei que temos fama de sermos fechados e tals, mas vou para o resto do pais e fico mais assustada ainda!
    Então o único problema do Brasil é a falta de educação, que não vem de casa! Que está passando de geração em geração.
    As pessoas dizem que até não sou curitibana porque sou diferente, converso com todos na rua se puder, rsrs.
    Mas eu acho que é isso, a falta de educação me desanima aqui.

  33. É realmente não têm “COMPARAÇÃO” , já decidi ir embora do pais daki uns 1 ano a 2, vou só ajustar minha vida por aqui, se vou legal ou ilegal nao sei, só sei que estou INDO !Cansei dessa vergonha de pais, impostos abusurdos, governo corrupto,impunidade comendo solta,nada funciona NADA !Atraves dos estudos posso até conseguir ter uma vida melhor, mas não tenho segurança, nem amparo não adianta !Tudo por aqui está errado, não quero continuar sofrendo, porque BRASILEIRO sofre é muito se e pobre então se fu…. ! Contando os dias pra sair fora desse Li.. ! Infelizmente não acredito nessa NAÇÃO !

  34. Sou brasileira,com muito orgulho,já fui imigrante em Portugal por um ano,estudei nos EUA por 45 dias(na juventude),viajo para o exterior uma vez por ano,mas MINHA TERRA É ESTA AQUI! Vou ficar e lutar por ela, e aconselho aos que são patriotas como eu que façam o mesmo.Acredito que com mais educação poderemos atingir um estágio melhor e minha missão é construir uma aldeia infantil auto sustentada que dê a crianças e jovens carentes a possibilidade de um futuro melhor.Essa é a minha opinião ao invéz de ficarmos esperando soluções colocar a mão na massa e FAZER ACONTECER…

Faça parte da conversa: