Curiosidades

Críticas Aos Brasileiros Que Moram No Exterior

Recebi um comentário de um leitor muito irado com o que falei sobre o Brasil em alguns artigos do blog. Ele (tentanto me convencer que o Brasil é o paraíso – embora saibamos que paraíso na Terra não existe, nem aqui nos EUA ) fez me fez várias perguntas, retóricas claro, mas as quais vou responder de qualquer maneira.

Tudo bem que ele se esqueceu que o objetivo do blog é falar sobre os EUA e compará-lo com o Brasil para que aqueles que queiram vir para cá tenham uma idéia do que vão encontrar e se adaptar melhor aqui. Comparação é inevitável para entender a mensagem do blog.

Mas o ufanismo brasileiro se sentiu ferido e teve que intervir. Vamos responder as perguntas dele (não tenho idéia de onde ele tirou as porcentagens e números que ele cita como base para sua teoria):

“Por que não se orgulhar em dizer que o mercado editorial de livros é maior do que o da Itália, com mais de 50 mil títulos novos a cada ano?”

Por que de nada adianta ter um dos maiores mercados editoriais do planeta (isso segundo seus dados, né?) se o povo sequer tem dinheiro de sobra para comprar esses mesmos livros. Se o povo mal tem vontade (ou preguiça) de ler e que infelizmente isso é algo cultural. Você mesmo, pelo visto, não leu  o disclaimer do blog. Que pena!

“Que o Brasil tem o mais moderno sistema bancário do planeta?”

Não sei onde você leu isso. Quando precisei de uma transferência internacional, os funcionários do “sistema bancário mais moderno do planeta” não sabiam como fazer a bendita transferência.

Precisei do mesmo tipo de transferência novamente e advinha? Eles, embora já tivessem feito o mesmo processo duas outras vezes para mim, não sabiam como fazer a transferência.

Sem dizer que a e a falta de profissionalismo deles é imensa. Quando você faz uma ligação internacional para um banco no Brasil você (está pagando caro por cada minuto e) espera ser atendido prontamente e não ter o telefone desligado na sua cara várias vezes por incompetência ou falta de vontade da atendente do banco. Um funcionário desses pego fazendo isso aqui é demitido no ato.

“Que as agências de publicidade ganham os melhores e maiores prêmios mundiais?”

Que diferença isso faz na vida do povão brasileiro? Melhora a vida deles de alguma forma ou só o bolso das agências de publicidade?

“Por que não se fala que o Brasil é o país mais empreendedor do mundo e que mais de 70% dos brasileiros, pobres e ricos, dedicam considerável parte de seu tempo em trabalhos voluntários?”

Por que todo esse empreendedorismo não ajuda a situação dos habitantes do país? Ou todo esse tabalho voluntário? Com todo esse emprededorismo suponho que fica fácil para uma pessoa de classe média baixa e alta abrir negócios aí, não? Por que abrir negócios aqui é bem mais fácil e algo bastante incentivado.

“Por que não dizer que o Brasil é hoje a terceira maior democracia do mundo?”

Democracia? Quando o povo fala ele é ouvido? Ser obrigado a votar é democracia? Toda vez que comento com meus conhecidos americanos sobre os sistemas empregados no Brasil, a maioria deles me pergunta se o Brasil é um país comunista e sabe por quê? Por essa é a visão que eles tem do que o governo e instituições fazem por lá.

“A terceira maior democracia do mundo” deveria ser medida não pelo número da população mas no pequeno detalhe de que o povo  se interesse por política e por participar ativamente dela, por falar e ter a voz ouvida.

“Que apesar de todas as mazelas, o Congresso está punindo seus próprios membros, o que raramente ocorre em outros países ditos civilizados?”

Você não quer comparar a porcentagem de corrupção dos países ditos civilizados com a corrupção política brasileira, quer? Really? Haha Políticos corruptos em países ditos civilizados tem que pedir demissão depois de escândalos (sejam eles de corrupção e até escândalos pessoais) ou eles são simplesmente demitidos.

“Por que não lembrar que o povo brasileiro é um povo hospitaleiro, que se esforça para falar a língua dos turistas, gesticula e não mede esforços para atendê-los bem?”

Hospitalidade não é monopólio brasileiro. Acho que o povo brasileiro deveria se concentrar em construir uma imagem (quem sabe com a ajuda daquelas agências publicitárias que você citou acima) melhorzinha, usando de outros atributos e não samba, futebol e carnaval e a hospitalidade.

“Por que não se orgulhar de ser um povo que faz piada da própria desgraça e que enfrenta os desgostos sambando?”

Por que fazer piada da própria desgraça e enfrentar os desgostos sambando não muda em nada a vida dessas mesmas pessoas. Essa não é a razão certa para se orgulhar do Brasil. Ache uma ou mais melhores para me convencer.

Quem sabe arregaçar mais as mangas, se interessar mais por estudar e pelo que acontece nas mãos dos políticos e opinar e lutar pelos seus direitos e exigir respeito ajudaria bem mais.

E não acaba por aí, outra pessoa que passou pelo blog não gostou nem um pouco o fato de falarmos sobre o Brasil (embora tenhamos falado coisas positivas do país  e dos brasileiros pelo blog, mas acho que ela quis julgar o todo somente por um artigo né? Preguiça de ler) também e vou responder às perguntas dela:

 “Por que a maioria dos brasileiros criticam seu país?”

Por que a gente pode criticar quem e o que quiser. E se a maioria critica a mesma coisa é por que deve haver algo de errado com essa coisa, não? Ou será que muitos brasileiros sofrem de ilusão coletiva aguda? 😀

“Por quê muitos brasileiros, que vivem fora não questionam e comentam sobre o preconceito que sofrem em outros países?”

Não sei se você mora (acho que não) ou já morou no exterior (provavelmente também não) e não sei a que país estrangeiro você se refere, mas posso te garantir que jamais sofri preconceito aqui e conheço muitos outros brasileiros aqui (pois moro na Flórida) e acho interessante o fato deles jamais terem comentado a questão do preconceito.

Talvez as coisas sejam diferentes para brasileiros em outros países e também devemos levar em consideração que em certos casos (os quais delineei nesse outro post do blog) brasileiros que vivem no exterior passam por situações difíceis.

Já escrevi sobre a questão do preconceito e ainda não entendo por que tem tanta gente (que desconhece ou jamais morou no exterior) que bate nessa mesma tecla.  Mas não se preocupe que escreverei mais sobre esse tópico, com exemplos desse “preconceito terrível que sofremos no exterior“, em breve. E garanto que você e os demais leitores do blog vão se surpreender com o que tenho a dizer sobre o assunto.

“Por quê esquecem de suas raízes e tentam parecer o que na verdade não são?”

Não acho que é possível esquecer das raízes para começo de conversa. O que acontece é que se você mora por muito tempo no exterior você acaba incorporando algo dessa outra cultura na sua vida, seus hábitos e comportamento. Isso é natural e inevitável.

É quase como o mineiro que mora muito tempo no Sul e começa a falar cada vez mais como um gaúcho, a comer as comidas típicas do gaúcho e etc mas quando ele volta Minas, o sotaque mineiro volta aos poucos e ele jamais esquece o pão de queijo de Minas só que ao mesmo tempo ele vai sentir saudades do churrasquinho gaúcho.

Ninguém vai morar no exterior pensando que vai viver do mesmo jeito que no Brasil, e se há alguém que pensa isso, essa pessoa precisa de um chacoalho para acordar para a vida e provavelmente vai se decepcionar bastante vivendo fora do país.

E não sei o que você quer dizer com “parecer o que não é”, mas suspeito que a resposta para isso se encontra nesse outro artigo que escrevi.

“…Devemos de nos orgulhar do que somos e principalmente enaltecer as coisas boas e maravilhosas de nosso país. (…)Faço um convite a todos os brasileiros que residem no exterior a educar em função de valores positivos com respeito ao nosso país. (…)”

Se orgulhar do que somos,  com certeza. Eu me orgulho do que sou 😀  e há muitas coisas as quais me dão orgulho, tanto do Brasil quanto dos brasileiros.

Mas não vou me orgulhar dos mesmos motivos que a maioria clama que temos que nos orgulhar. Pois isso é ignorar que as coisas boas que geralmente são enaltecidas são insignificantes (belezas naturais? Are you kidding me?! A Islândia, Nova Zelândia, Austrália, os Estados Unidos e muitos outros países possuem paisagens lindas de morrer)  e que as coisas que deveriam ser enaltecidas não o são. Deu para entender meu ponto?

Además querida, já morei no Brasil e os brazucas que vivem aqui também. Nós não precisamos nos “educar” sobre o lado bom do Brasil, nós conhecemos o lado bom do Brasil e conhecemos o ruim também (alguns mais o lado ruim que o bom).

E é interessante que toda vez que converso com familiares e amigos no Brasil eles comentam que as coisas estão cada vez pior por lá, mesmo com toda propaganda boa que saiu daí nos últimos anos. E se a maioria dessas pessoas possuem um bom padrão de vida, se elas estão reclamando o que dizer daquelas que sofrem de verdade?

E sinceramente fiquei feliz com essa propaganda boa, pensei que as coisas começariam a mudar para a melhor e desejo que as coisas melhorem por lá.  Torço para que as coisas melhorem por lá mesmo.

Se você prefere fechar os olhos para o lado ruim do país, that’s your problem, honey. E se eu quiser falar bem ou mal do Brasil, tenho liberdade de expressão para falar o quanto quiser  e você para escolher se quer ou não ler mais o blog.  Mas não vou mais responder ao quê os hispânicos chamam por aqui “tonterías” que nem as suas perguntas e a do outro indivíduo acima.

Os incomodados que se mudem, eu me mudei 😛  e a porta é serventia da casa.

 

Gostou do Post? Compartilhe!

45 comentários sobre “Críticas Aos Brasileiros Que Moram No Exterior

  1. Concordo com você que o Brasil tem que melhora. Quando a situação do Rio de Janeiro ta Precária, O que está correndo com os turista que acaba refletindo para todo país, pois O Rio é a porta de Entrada, isso se dever porque só querem saber de funk e menos de educação, a televisão ainda instigar isso colocando menina para dança quadradinho de 8 etc, tudo bem é cultura mas tudo tem limite dança de cabeça para baixo e demais, tem jovem la fazendo muito mas pelo brasil e nem são lembrado(Lembrando que estou falando da população mas carente, que infelizmente tem maioria, no só la mas em todo brasil, que não sabem o poder que tem nas mãos, pois quando querem elegem políticos ridiculos por piada eles são os mais bem votados e só tomando com ponto de partida o Rio pq ele é referencia ai fora qndo se fala de Brasil, que receber mais turista e não aprendeu ainda com trata-los) . Mas Lu isso vem de 513 anos de historia o tipo de colonização que foi de diferente dos dois paises, dizer o q passado reflete, é si engar, se não refleti-se as coreias estaria em paz. Mas isso ta mudando tem muito jovem já querendo mudar o país, tem uma menina que fez um blog para falar o q estava acontecendo na sua escola (estrutura, ensino ..) foi ate para o congresso, mas a mídia ainda não dar muita importância só foi lembrada no programa que passa de madugra, se a tv nacional não dar, não espere isso da tv brasileira ai, então não sei qnto tempo esta fora mas alguns coisa mudaram para melhor outras para pior, então não se mudar 513 anos da noite para dia, mas a gente ta aprendendo não só com EUA, mas com outros país, pois os intercambio estão mas acessível e mídias afim, não se precisar mas sair de casa para conhecer outras culturas, Você mas isso muito bem só tem que ver as dificuldade existem no brasil e lembra que nem tudo que existe ai dar para trazer para o Brasil e nem ser comparado, pois como já disse são culturas diferente, por tanto realidades diferentes. Gostei muito do seu Blog, então esse comentários só mostra que estamos mudando, os brasileiros estão perdendo a cultura de que tudo que é de fora é melhor, estamos damos mais valor para coisa daqui, que é ótimo, esse patriotismo deve ser influencia dos EUA, não sei !!?, veja pelo lado bom rsrsrs. Então vou deixar os meus parabéns para os dois lados. (P.S: Em relação ao preconceito existe sim, as pessoas ai não se misturar ricos e pobres os próprios brasileiros fazem isso, ate mais que muitos americanos, mas se ele para pensar isso ocorre aqui também, então…)

  2. Depois disso tudo será que ainda vão questionar mais? Parabéns pelas respostas. Espero um dia poder vivenciar tudo isto.

  3. Oi Lu, tudo bem? Não liga para o que essas pessoas falam não. É por isso que o Brasil está o desastre que está. As pessoas não querem ver o atraso que ele está. Não tem escola, os professores ganham pouco, mas os estádios para copa são de primeiro mundo. A criminalidade nunca foi tão alta, mas o legislativo não tem nada, porque eles tem carros blindados e fora do país só quem tem carro blindado é governo ou afins. Nosso sistema de votação é tão “moderno” que outros países vem conhecer mas nao aderem, porque sera né? Além do mais procure visitar nossos patrimonios historicos e naturais, são mal conservados, fedidos, super explorados e caros. E por aí vai, eu sinceramente gosto do nosso país, mas acredito que ele não tenha mais salvação porque o brasileiro se tornou egoista e extremamente cego dos nossos problemas. Sinceramnte qdo vi q um brasileiro pode ganhar um premio de melhor prof dos Eua, vi o qto faz a diferença um país q se importa com os seus filhos. Desculpe pelo desabafo, mas sou professora e dói ver um país com crianças sem futuro! Abç, adoro seu blog

  4. Arrazou com as respostas, inteligentes e ironicamente sutil.

    O Brasil só é bom para quem nao tem conhecimento do que se passa realmente no pais, as pessoas mais a par das coisas que acontecem, sim essas tem muitos motivos para se decepcionar do pais.

    A ignorancia dessa tal pessoa foi tão grande que todas essas perguntas foram apenas copias de algum lugar nao sei aonde, por que um brasileiro nunca iria escrever tanta pergunta sem nexo exaltanto tanto esse pais.

  5. Completamente correta Lu! Não entendo como alguem pode inventar tantos números e dados assim! Acho que se alguem quer se nivelar para um debate ela pelo menos deveria estar preparada e pesquisar mais sobre esses dados absurdos! Não ligo pra isso que ele disse, cada um tem o direito de pensar o que quer, mas defender a Democracia e o Governo brasileiro é demais! Bjos!!
    PEDIDO: Lu! Fala um pouco sobre a California! please, estou começando os preparativos para morar em Los Angeles e tá muito difícil achar sites que falam sobre lá!

  6. Primeiramente,Parabéns pelo site, sempre que posso eu dou uma entrada,perguntas cretinas!!!!
    Voce simplismente destruiu o cidadão, estive semana passada nos estados unidos, eu sempre digo existe um mundo e existe os estados unidos, ja morei na europa também, e nada se compara a isso aí, pretendo em breve me mudar para aí, por isso sempre acompanho o site, parabéns de novo, e se deus quiser até 2014 vou poder viver em um país que me respeita como cidadão, obrigado pelo site e grande abraço!!!

  7. Acho que ninguém é obrigado a se orgulhar do país de origem,ou mesmo defende-lo,muitos me criticam por eu não gostar do Brasil,dizem que sou traidor,mas eu digo a verdade,se falasse que gosto do Brasil eu estaria mentindo,eu não gosto da cultura brasileira,e não absorvi praticamente nada dela,não estou dizendo que a cultura brasileira é ruim,só digo que não gosto,ai as pessoas já me atiram pedras,ficam dizendo que eu deveria perder a nacionalidade brasileira,sinceramente eu não me importaria se perdesse.
    E te apoio,e sempre apoiarei qualquer a expressar os sinceros sentimentos.

  8. Pessoas assim são o murtírio da ignorância perplexa, parece que o comunismo( porque pra mim é ditadura ex: china & russia , aonde só os bacanas e o governo tem privilégios, e o trabalhador,nada !) nao saiu da sociedade brasileira , a diferença é que tem maior conformismo , e de que tudo é ”maravilhosooo” para elas. E a corrupção rola solta ,
    brazil , corre que é cilada , bino !

  9. Nao sei de onde as pessoas tiram isso!!! Preconceito existe em qualquer lugar, Americanos em geral sao muito educados e respeitosos, claro q existem exceções. Muitas pessoas teriam q viver aqui para entender isso!

  10. Lu, concordo com absolutely everything e assino embaixo! Ontem, fiz um comentário criticando meu estado, Santa Catarina, por algumas questões que no meu ponto de vista, poderiam melhorar e muito. Em troca, recebi um comentário gigantesco de uma pessoa que eu nunca vi na vida, me dizendo o quão ingrata eu sou, me ofendendo com palavras de muito baixo calão e dizendo que eu não posso falar mal do estado dela. Portanto entendo como você se sente. E sabe Lu, esse é um dos maiores problemas do Brasil, a partir do momento que você resolve lutar pelos seus direitos e reclamar, exigir, aparecem milhares de pessoas te ofendendo sem nem pensar em dialogar, e te dizendo que você não pode falar do seu país, dos problemas dele, ou do seu estado/cidade. Quem faz isso por aqui, acontece o que aconteceu comigo e contigo – recebe avalanches de críticas. Não posso me orgulhar do meu país 100%, e atualmente creio que o meu nível de orgulho está em 10, 9, 8%. Não posso negar que HÁ SIM problemas no Brasil. E muitos! E infelizmente, não posso negar o que está escancarado na minha frente e o que eu vi em viagens para o exterior: O Brasil é bom? Sinceramente hoje não sei mais. Os Estados Unidos são melhores para se viver? Dependendo das circunstâncias que você vai, sim, é bem melhor. Falo isso porque não me orgulho de quem eu sou? Não, mas estou falando de fatos, e falando o que vi, a não ser que eu sofra de ilusão coletiva hehehe. É claro que em todos os lugares há problemas, mas eu por exemplo, não poderia morar em um Haiti da vida e dizer ”Ah, mas no Brasil também tem problemas, aqui é bem melhor, o povo é hospitaleiro!” – Entendeu meu ponto? É a isso que me refiro. A qualidade de vida nos EUA é superior, é inegável, e quem conhece cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e a violência e insegurança que as acerca, não pode negar isso.

  11. Concordo plenamente. O brasil é sim um lugar ótimo, mas não devemos fechar os olhos para os problemas. Vivemos os problemas quase todos os dias, e o lado bom curtimos no fim de semana( as vezes, raramente).Enquanto a ”evolução” do país estiver voltada para estádios de futebol(não apenas isso, é um dos exemplos) e estiver sendo retirado o direito da população á saúde e educação (o que é o básico dos básicos), esse país só andará maquiando para que outros países achem que estamos evoluindo. Onde está o progresso? Não estou falando aqui de dinheiro, mas sim do investimento na população e na valorização cultural do povo brasileiro. Infelizmente, poucos pensam nisso. Amo o Brasil, agradeço todos os dias por ter nascido aqui. Mas não é o lugar que espero viver o resto da vida, espero que até me formar, o país evolua de verdade, porque até agora, sonho em morar nos EUA e por enquanto minha opinião não muda.Aproveito aqui para parabenizar pelo blog maravilhoso, praticamente estudo seu blog, como disse, tenho planos de me mudar para os EUA, e as informações que você passa aqui, são muito interessantes, parabéns! Não se deixe levar pela opinião de alguns brasileiros que já fecharam os olhos para a realidade.

  12. Esses brasileiros vivem em alguma Narnia, nunca vi uma populacao tao ignorante em relacao ao proprio Pais, e aos outros ! Pelo amor, se fosse tao bom quanto dizem nao teriamos quase nenhum expatriado ! Lu, vc é mto justa e realista ! Adoro o Blog !!! Bjos

  13. Oi Lu! Eu gostei bastante do que está sendo tratado nesse blog, sou brasileira(hehe) moro em Sergipe, o menor estado do Brasil, sinto muito orgulho de ser daqui, mas concordo com você no que foi tratado aqui, tenho 15 anos, gosto de estudar e ler, mas entendo o que você disse sobre algumas pessoas não gostarem de ler, pois é verdade, são poucos os amigos que tenho que leem livros, poucos mesmo, mas acredito que também seja a falta de incentivo que não temos muito, não somos incentivados a muitas coisas, pelo menos é o que acho. E o seu blog é muito esclarecedor, parabéns! =)

  14. Olá Ramyfly,

    Obrigada pelo comentário. Sim, há falta de incentivo mas ela é proposital, quem está no controle não quer um povo que saiba das coisas. Chegou a hora de se auto motivar, começar a se informar e dar os passos necessários para mudar a situação para a melhor.

  15. Olá Levi,

    Você me matou de rir com o que você disse sobre a Nárnia XD Felizmente aos poucos o povo está abrindo os olhos. Obrigada pelo comentário. Volte sempre!

  16. Olá Julya,

    Muito obrigada por partilhar seus pensamentos sobre o assunto conosco. Volte sempre!

  17. Olá Camila,

    Muito obrigada pelo seu comentário. Espero que as coisas mudem para a melhor.

  18. Na boa,tem gente aqui que deve viver em outro mundo,não ouvir falar da China,Brasil,e os outros brics,o Eua foi uma maravilha nos anos 80,agora esta em crise,alias basta pesquisar as noticias de como esta caindo cada dia mais de brasileiros indo viver lá,por causa da crise que é forte,e alguem acha que entre um brasileiro e um americano eles vão empregar quem?Alias,não é a toa,que tem vindo vários estrangeiros trabalhar no Brasil,até pq.nosso desemprego é bem mais baixo que o americano atual,não é a toa,que o eua esta até querendo acabar com o visto p/brasileiro,nunca fariam isso,se estivesse tanto brasileiro querendo morar lá,como no passado.
    Saude no Eua,é pessima,publica não existe,consegue ser pior,que a brasileira.alias p/quem acha que o pobre no eua,vive melhor que a classe media no Brasil,recomendo o documentário do Michael Moore,SOS Saúde.
    O Eua,só é melhor do que o Brasil,na questão da segurança,isso se vc não morar em nenhum bairro pobre ou perto de gueto,alias veja a história de vida da maioria dos rappers americanos p/vc ver,como não é mesma historia de pobreza e violencia dos jogadores de futebol brasileiros.
    Agora cada um acredita no que quiser,eu só iria p/o eua,nesse momento de crise,que ainda continua e desemprego tb,se estivesse na miséria no Brasil,ainda mais nesse bom momento economico que o Brasil vive,diferente do Brasil dos anos 80 e dos Eua dos anos 80.E outra,p/quem acha que não existe tanta miseria no eua,pesquisa a vida dos cantores de rappers,não tiveram educação,saude,alguns foram assassinador por problemas com trafico de drogas,identico a vida dos jogadores de futebol,vindo de favelas.Alguns podem morar no eua e se dar bem,agora outros podem não ver nada do sonho americano,como vários que conheço e estão voltando e que achavam que iam encontrar um país melhor do que o Brasil e a vida deles foi pior lá,nada diferente da vida dos rappers,na questão da pobreza

  19. Não sei onde este sujeito ufanista brazuca mora, mas não é aqui no Brasil. Deve ser na ilha da fantasia.
    Mas uma coisa ele tem razao, os marketeiros brazucas são os melhores do mundo, e todos trabalham para o Governo. Só assim para explicar as coisas por aqui, inclusive gente tão iludida.

  20. Olá Golan,

    Obrigada por partilhar seus pensamentos conosco. O que você disse sobre os marketeiros faz todo sentido! rsrs Volte Sempre!

  21. Nicholas,

    Toda vez que descrevo certas coisas que ocorrem no Brasil para americanos eles me perguntam se o Brasil é comunista… Certamente faz a gente pensar.

  22. Olá Rafael,

    Muito obrigada pelo comentário e por partilhar sua experiência conosco. Acredite, isso que acontece contigo, acontece comigo, com conhecidos meus e quaisquer outros brazucas que “ousem” abrir a boca para falar um tico que seja de ruim do Brasil rsrs Mas é aquilo que digo, a gente só pode consertar algo que aceitamos que está quebrado. Até que 99% dos brasileiros acordem para a realidade, as coisas ficam na mesma pasmaceira de sempre.

  23. Olá Cedric,

    Muito obrigada por acompanhar o blog e por dar seu pitaco e é interessante que você citou a Europa, já que outro dia encontrei um artigo de uma brasileira que mora na Espanha e que diz que cada vez menos tem vontade de voltar para o Brasil… Parece que não é só daqui que se tem essa visão, não. Coloquei ele na página do blog no Facebook e advinha o que aconteceu? Claro que sempre tem um ou dois gatos pingados para reclamar que todo mundo mete a boca 😀 Bem, Espero que você curta aqui tanto quanto eu! Sucesso!

  24. Olá Giordan,

    Obrigada pelo comentário e por acompanhar o blog. É, concordo. Achei os dados dele muito interessantes. Certamente, e isso de respeitar as opiniões dos outros é algo corriqueiro aqui, algo que não parece ser verdadeiro por parte de alguns brasileiros, infelizmente. Quem sabe um dia as coisas mudam.

    Escrevi algumas coisas sobre a Califórnia por esses posts do blog: Todos posts que citam Califórnia Dá uma olhada neles. Se você tiver uma dúvida mais específica, favor me contatar novamente.

    bjs

  25. Olá Lurielle,

    Obrigada pela participação. Espero que você realize seu sonho de viver aqui e que curta esse lugar tanto quanto eu. Abçs e Sucesso!

  26. Olá Lucia,

    Muito obrigada por acompanhar o blog e sempre deixar comentários interessantes! Infelizmente é assim mesmo. Eles tem que tirar a venda dos próprios olhos. Eu também acho que o Brasil tem futuro, mas só depois que o povo acordar. abçs

  27. Olá Carla,

    Estive recentemente no Brasil e também notei mais patriotismo do tipo saudável e considero esse tipo de patriotismo bom. Acho animador saber também que há pessoas que querem mudar a situação para melhor.

  28. Essa pessoa simplesmente pegou um texto que circulou na internet a mile anos – de uma jornalista holandesa, se não me engano – e transformou em perguntas. Adorei suas respostas! Leio o site sempre e nunca comento. Parabéns por tudo!

  29. Olá Bruna,

    Úia! Nem sabia, mas muito interessante você me dizer isso rsrs Ele sequer foi original. Muito obrigada pelo comentário e por acompanhar o blog! abçs

  30. Lu,
    Concordo com tudo que você falou e simplesmente não entendo o patriotismo exagerado dessas pessoas. Parece despeito!
    Para termos mais ordem e progresso (tudo o que não temos por aqui), precisamos antes de mais nada de uma opinião mais realista das coisas boas e ruins que existem no Brasil.
    Bjs!

  31. Adorei seu blog Lu e concordo com tudo que disse. Vc esta sabendo da mudança na venda de igressos para Cristo Redentor?
    Muitos turistas nao comseguiram visitar por que a compra agora é só pela internet e nao foi avisado. Pegos de surpresa muitos ainda tentaram na internet que nao funcionou a contento. Suspresa seria se tudo fosse feito como devia e tivesse sucesso. bjs.

  32. Olá Selma,

    Obrigada pelo comentário. Não estava sabendo não. Acho que isso é mais um exemplo da tecla na qual vivo batendo: a da falta organização. Muitos dos problemas presentes derivam disso e na teoria, pelo menos, seriam fáceis de consertar.

    abçs

  33. Olá Ernesto,

    Primeiramente obrigada pela participação. Isso que você disse ou simplesmente mudar o slogan da bandeira, que nem o exemplo que dei das ruas emburacadas e ao invés de consertá-las o município que usei de exemplo preferiu mudar as rotas de ônibus. É cada uma.

    abçs

  34. Menina, adorei seu blog! encontrei-o por acaso e gostei bastante. Eu tinha uma idéia bem turva sobre os EUA até fazer minha primeira viagem para NYC.
    Havia conhecido a Europa, Africa e Asia mas realmente é uma terra diferente. A diversidade é enorme e está enraizada na formação da nação. Em relação a este pode, realmente só pode sre um ignorante preconceituoso que escreveu. Este aí usou argumentos do tempo da guerra fria para descrever as maravilhas de se viver no Brasil. Tenha dó.

  35. Olá Le,

    Também estive na Europa e concordo que é outro mundo, muito diferente daqui também. É, quando eles me falarem de motivos bons de verdade, nada de samba, futebol e mulher pelada, para me orgulhar do Brasil, daí sim darei ouvidos ao que eles tem a dizer 😉 Obrigada pela participação!

  36. Essas perguntas são de um e-mail desconexo que circula há algum tempo. As pessoas creem no que leem mas não se interessam por pesquisar para verificar a veracidade

  37. Não li todos os comentários mas esses dados ele tirou de um email tipo corrente que há bastante tempo rola por aqui e na época da copa voltou com força total. A autoria desse texto é atribuída a uma jornalista holandesa que já se pronunciou dizendo que nunca escreveu o tal texto (ele é absurdo, cheio de devaneios) do tipo que logo de cara percebe-se ser um hoax, nada mais do que isso.

  38. Olá! Tenho lido seu blog recentemente pois ultimamente tenho desejado cada vez mais pular fora do barco Brasil. Sinceramente, não sei se por influência de todos os filmes, seriados e desenhos que já vi na vida mas eu me identifico muito mais com a cultura americana do que com a cultura brasileira, seja o Rock ‘n’ Roll (que convenhamos, não há Rock ‘n’ Roll bom no Brasil, a maioria é só cópia barata do que se é feito fora, salve raras exceções, o Heavy Metal brazuca é muito bom), Wrestling e tudo mais… Acho que culturalmente falando eu estou mais próximo aos E.U.A. que ao Brasil, sinceramente. Tem também o fato de que o único “sonho de consumo” que eu possuo é uma Harley Davidson, coisa que no Brasil, o modelo mais barato, se comprado novo, não sai por menos de 31 pila e uns quebrados, ou seja, inviável para o trabalhador médio (estou me formando em história pra ser professor).
    Não tenho expectativa de o que fazer pra cair fora daqui, não tenho dinheiro, não tenho renome, não tenho merda nenhuma a oferecer a algum outro país, ao que me parece, e isso me chateia bastante. Como imigrante ilegal eu não gostaria de entrar nos E.U.A.
    Tem também o fato de eu ser muito conservador, principalmente politicamente falando e os governos progressistas (só no nome) e comunistas tem tomado conta do Brasil, a miséria bate a porta a cada dia. Tá muito difícil aqui até pra comer carne. Um dos meus maiores prazeres é andar de moto coisa que eu tenho evitado primeiro porque o calçamento (sim, moro numa cidade que ainda é de calçamento!) é todo acabado o que tá destruindo minha coluna e minha moto, o asfalto é todo remendado e segundo porque a gasolina tá tão cara que não vale a pena… São os políticos que pregam a socialização de bens andando de avião e a gente andando a pé!
    Enfim, se Deus me ajudar, se for a vontade dEle quero muito cair fora daqui depois de terminar meu curso, mas nem sei o que fazer. Obrigado pelo blog e pela ajuda, porque sinceramente, eu não me orgulho de ser brasileiro, me orgulho de muitos brasileiros como os pracinhas, as forças expedicionárias durante a segunda guerra, mas é difícil achar outra coisa de que se orgulhar aqui enquanto nos E.U.A. parece haver uma penca de razões… Enfim, vamos rezar a Deus e ir tentando, né?

  39. Ola Lucas. Obrigada por acompanhar o blog. Bem, a situação no Brasil nunca foi e não é fácil atualmente. Digo isso com tristeza. Mas sei que todos tem algo a oferecer, tanto dentro quanto fora do país, pode levar um tempinho para conseguir os requisitos para vir para cá ou para se mudar para outro país mas se esse é seu sonho, só tenho a te dizer para correr atrás e fazer as coisas do jeito certo, que nem você disse. Que daí vale a pena. Claro que haverá muitos (alguns deles te surpreenderão com a falta de apoio e outros te dando apoio inesperado) que tentarão fazer você mudar de idéia mas sinceramente quase todos brasileiros (há sempre exceções e por motivos diferentes) que conheci que moram ou já moraram fora querem ou continuar no exterior ou fazem de tudo para retornar para fora. Isso não é algo exclusivo de morar nos EUA, infelizmente.

  40. Vc já mora no lugar certo, no seu berço. Agora só falta esquecer o Brasil. E viva bem aí!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *