Curiosidades, Para imigrantes

A Primeira Casa Nos EUA A Gente Não Esquece

impressoes da primeira casa nos EUA

Há muitas diferenças entre as casas “padrão” no Brasil e nos Estados Unidos (como já vimos nesse post anterior do blog) e certamente você notará várias delas logo ao colocar seus pés na sua primeira casa em solo americano.

E como dizem por aí que a primeira casa ninguém esquece… vou falar sobre as coisas que notei sobre minha primeira casa nos EUA assim que acá cheguei:

Fogo!

O fogão não era a gás. Estava acostumada com fogão a gás no Brasil. Moro na Flórida e por aqui é comum fogão elétrico, mas isso varia de acordo com a região americana (no nordeste americano fogão a gás é algo comum) e ainda assim é possível encontrar casas no meu estado com fogão a gás (essas casas costumam ser mais antigas).

Qual o lado bom do fogão elétrico? Eficiente, rápido e nada de palitos de fósforo. O lado ruim? Quando apagões ocorrem, o que pode acontecer aqui especialmente devido a tempestades tropicais e a furacões, você fica só na bolacha de água e sal, sardinha enlatada, cereal e etc.

Falando em fogo…

É bom se familiarizar bem com o sistema de alarme de incêndio logo de cara para não ter os bombeiros batendo na sua porta por engano.

Popcorn ceiling: O que pipoca tem a ver com o teto?

Minha primeira casa nos EUA tinha popcorn ceiling. Casas mais antigas vão ter esse tipo de teto. Então mas se popcorn é pipoca, o que ela tem a ver com o teto? Isso:

como sao as casas nos EUA por dentro
by marylouskowronski via flickr

Frio congelante na Flórida?

Não estava acostumada com ar condicionado em casa no Brasil, só no trabalho, e quando cheguei aqui tive que me acostumar com isso e obviamente ter ar condicionado aqui é uma benção já que as temperaturas daqui são bem mais quentes (acredite) do que a região na qual morei no Brasil (Sul).

Muitos se esquecem que o Sul da Flórida é localizado em uma área tropical do planeta e o calor é de matar e praticamente o ano todo. Nada de neve e montanhas. Sorry to disappoint you 😛

Tudo bem que em casa você pode controlar seu AC (ar condicionado) – dependendo da disposição do seu parceiro/a americano/a (eles estã acostumados com o AC congelante deles e convencê-los pode demorar um pouco) mas quando você vai a supermercados americanos você passa frio se não tiver uma jaquetinha contigo. O mesmo pode ser dito de alguns restaurantes e é comum ver mulheres entrando neles com casaquinhos a tiracolo.

Banho:

banheiro EUA
By juhansonin  via flickr

Os banheiros padrão daqui costumam ter banheiras e o chuveiro. Nada mal e nada difícil de se acostumar. Muitas casas têm mais que um banheiro, um deles sendo menor, chamado de  half ( só com o lavabo e privada) e o outro principal – full (com a banheira e chuveiro). E ralo só na banheira mesmo Falando em ralo…

Nada de ralos pela casa:

Americanos não jogam água no chão para limpar a casa, há diversos produtos de limpeza que cuidam disso sem precisar de muita água ou de qualquer água sequer. Jogar água só na calçada lá fora mesmo.

O chão:

Carpet é algo comum na Flórida (mesmo com o clima quente e geralmente encontrado mais nos quartos) mas há casas com azulejo, com assoalho de madeira e com uma combinação desses (assoalho de madeira na cozinha e sala e carpet nos quartos ou azulejo na cozinha e sala e carpet nos quartos e etc).

Tudo grande:

Americanos gostam de espaço, seja no tamanho da cama, sofás, móveis, banheiro, closet, o quintal e etc. Nada de diminuir as coisas, o negócio deles é aumentar, segundo eles por causa do quesito comforto e privacidade. Algo que pode complicar um pouco tanto na hora da compra (mais especificamente na hora da entrega de móveis na sua casa) quanto na hora da mudança.

Os materiais em geral:

A arquitetura de cada local varia de acordo com as necessidades da população local. Aqui na Flórida as paredes são bem mais finas do que as paredes de concreto no Brasil. Mais uma vez os furacões tem algo a ver com isso e nada de forro de laje.

Outra coisa que notei foi que os gostos estéticos mudam bastante, enquanto no Brasil paredes texturizadas não costumam ser a norma, por aqui muitos optam ou optaram  por elas. Claro que há excessões e aqueles que preferem paredes lisinhas e pode ser que as preferências tenham mudado com o povão brasileiro (não estou falando de casas da elite).

Às vezes até o teto é texturizado, algo que não agrada muitos americanos atualmente (esses detalhes são coisas de casas mais antigas).

Piscina!

piscina na Flórida
By roger4336 via flickr

No calor escaldante da Flórida é quase uma regra que as casas tenham piscina e se você morar em um condomínio que ele tenha uma piscina para seus moradores.

Bem, esses são alguns dos detalhes das casa que a gente percebe logo que chega aqui. Como já me acostumei com as coisas pode ser que tenha esquecido de outros, se você tiver se deparado com outro ou simplesmente gostaria de falar mais sobre o asusnto, deixe seu comentário abaixo.

Quer saber mais sobre os EUA? Veja  os ebooks da Lu!

Gostou Desse Post? Compartilhe Com Seus Amigos!

13 comentários sobre “A Primeira Casa Nos EUA A Gente Não Esquece

  1. Este site é incrível eu aprendo muitas coisas da cultura dos EUA aqui , até porque não vi um outro site tão completo como esse , muito legal mesmo, deveria ser mais divulgado , eu acredito que pessoas como eu que querem morar nos Estados Unidos , deveriam passar por aqui , pois com certeza vão aprender alguma coisa muito útil.
    Parabéns!

  2. Oi Lu! tudo bem!? Achei muito legal este post, alem do que vc contou acho muito interessante tambem os guarda-roupas que são armarios com portas e nao de madeira ou mdf como é aqui. Pelo menos é o q vemos nos filmes. Outra coisa interessante que vemos, é que quando vc compra uma casa, a geladeira, fogão, micro-ondas fazem parte da casa e não pertencem ao dono. Aqui quando se muda o maximo que temos são os armarios de cozinha. Por favor, comente sobre isso Abç Lucia

  3. Oi Luh Boa Noite ou Good Morning !
    Seria interessante falar sobre a estrutura das casas americanas , bem como:
    A instalação elétrica , se é no modo europeu ou não. Como são construídas , se há um padrão nacional , ou se varia de região americana , como o pessoal do sul , central , norte-nordeste ,pacifico-oeste, e enfim.
    Ah e antes de vc postar , já alguns dias passados , estava em mente como é que funciona essas tal de casas americanas, e vc deu o pontapé pro assunto.

  4. Olá Nicholas,

    Mais uma vez obrigada pelas sugestões maravilhosas! Vou preparar algo sobre o assunto sim 🙂

  5. Olá Lucia,

    Muito obrigada pelo complemento. É verdade, tem tanta coisa diferente e sim, os guarda roupas não são como os do Brasil. Alguns são walk-in closets. Sim, quando você aluga ou compra casas os eletrodomésticos costumam vir com a casa, algumas vezes não há maquina de lavar e de secar em apartamentos (especialmente em alguns condomínios) e os residentes tem que lavar suas roupas na lavanderia do condomínio ou numa coin laundry fora do condomínio.

    Já vi casos de americanos reclamarem justamente da falta de eletrodomésticos ao se mudar para o Brasil, mas isso é comum em outros países também. abç

  6. bom dia a todos vivo em Madrid espanha, mas gostaria de pasar uma temporada em flórida de preferencia em BOCA RATON, o que vcs acham posso conseguir um trabalho ? é um lugar bom de se viver ? obrigado a todos.

  7. Claudinei,

    Se você tiver autorização para trabalhar e dependendo das suas qualificações profissionais e da área na qual você pretende trabalhar, não vejo por que não. Achar um lugar bom ou não de se viver depende de muitos fatores e do que vc considera importante e necessidades básicas. Não sei o que você considera importante.

  8. Oi! O que eu mais sinto falta é de tanque para lavar roupa, panos de limpeza, os potinhos das minjaa cachorrinhas…

  9. bem, se no brasil nao fosse tao escravisado pelos seus governantes, tambem podiamos ter tanto conforto quanto os americanos, saude e cultura tambem , somos um pais rico so que tudo que temos de bom , nossos vovernantes nos tirao , bem que poderiamos ter muito mais que os americanos e uma pena , que no brasil e tudo tao dificil , somos uma naçao ainda escravisada ,e aceitamos isto . Pois o povo brasileiro ainda nao acordou ,eu so posso lamentar por nao ter um pouco mais de conforto e segurança .

  10. Olá Antonia,

    Não poderia concordar mais contigo. Sim, o Brasil tem muito potencial como nação. Só falta o pessoal começar a botar a mão na massa, exigir seus direitos, se ligar nas eleições, escolher os políticos certos, pressionar os errados (eles adoram o fato de que a maioria do povo é obrigada a votar e não está nem aí para eleições, para se educar e etc – para eles isso tudo é lucro). A escolha está nas mãos do povo.

Faça parte da conversa: