Cultura Americana, Curiosidades, Para imigrantes

Os Aspectos Difíceis Do Casamento Com Americanos

o que é dificil em ser casada com americano
por thomashawk via flickr

Aviso: Antes de continuarmos o artigo, devo lembrar que nos referimos a homens americanos que não são americanos de primeira geração ou pertencentes à famílias latinas ou de outros países.

Há menos diferenças entre cidadãos americanos que cresceram em meio a um ambiente influenciado pela cultura latina, já que  ela é similar a cultura brasileira, o que elimina muito dos sub-tópicos descritos abaixo.

Devemos lembrar também que qualquer casamento possui seus altos e baixos e antes mesmo do casamento ocorrer os noivos devem levar em consideração questões de compatibilidade básicas, quando eles são de países de culturas muito diferentes há ainda mais itens a considerar. Veja a seguir:

1. A questão cultural em geral:

Se você não é uma pessoa muito flexível e que ama de paixão a cultura brasileira, conviver com um cônjuge americano pode ser uma tarefa difícil.

Ele pode ou não pode adorar a cultura brasileira, ele pode até no início do relacionamento mostrar interesse nela e depois do casamento não ligar muito para  a mesma.

Então se isso te incomoda, se casar com um americano que não dê a mínima para a cultura brasileira pode ser algo irritante.

2. As línguas: Você está falando grego?

Muitas famílias nos Estados Unidos possuem pessoas que falam outra língua, além da inglesa e a questão de passar a cultura e o português para as crianças pode ser algo necessário a ser discutido.

Não são todos americanos que gostam da idéia de ter seu cônjuge conversando com as crianças em um idioma que eles mesmos não falam e/ou não entedem ou ao menos querem aprender. A não ser que o americano em questão tenha curiosidade de aprender a língua portuguesa e incentive seus filhos a fazerem o mesmo.Essas há duas possibilidades nesse sentido.

3. O senso de humor:

Americanos possuem um senso de humor completamente diferente do brasileiro (e acredite, leva algum tempo para nos acostumarmos com esse humor típico deles rsrs) portanto é possível que volta e meia vocês dois se estranhem no quesito “não gostei da sua piada”ou “não entendi sua piada”. Para alguns isso pode ser outra coisa frustrante. Agora se você curte o humor do Tio Sam ou já se acostumou com o mesmo, isso pode ser de menos importância na lista.

4. A Liberdade e independência dentro do relacionamento:

Homens americanos são criados por mães independentes e em muitos casos por mães solteiras, por essa razão está na cultura deles esperar que suas futuras esposas trabalhem fora de casa, tenham seu próprio círculo social e atividades fora do casamento (muitas vezes voluntariadas e na comunidade) e fora do trabalho delas.

Já ouvi de muitas brasileiras que essa é a parte que mais incomoda em relacionamentos com americanos… Como não estamos acostumadas com toda essa liberdade em namoros com brasileiros, quando nos deparamos que americanos não ligam tanto se saírmos com nossas amigas e vez em quando e que eles querem sair com amigos deles também ficamos confusas.

Mas quer dicas de como as americanas lidam com isso? Elas fazem o girls night out com amigas delas regularmente e quando casadas impõem que seus maridos saiam somente com outros homens casados, nada de solteiros no grupo… Pelo menos não se a marmanjada sair a noite. De dia pode 😉 Segundo elas.

5. Os hábitos alimentares:

Para muitas brasileiras se casar com americanos que só comem fast food é um pesadelo, já que estamos acostumadas a uma alimentação mais saudável.

E introduzir comidas típicas brasileiras no cardápio de casa pode ser complicado, ou não, mais uma vez vai depender da flexibilidade e hábitos  alimentares do maridão (devemos lembrar que não são todos americanos que se entopem de fast food) para provar e aprovar as comidas.

A parte mais difícil costuma ser fazê-los provar certos pratos, depois disso o resto é moleza.

Enfim, podemos ver que praticamente todos os itens acima incluem o quesito flexibilidade tanto da parte da esposa quanto do esposo americano e também comunicação.

É importante discutir os assuntos que influenciam o relacionamento de qualquer casal,ainda mais quando eles têm nacionalidades diferentes.

E vamos celebrar nossas diferenças!

É casada, namora ou está noiva de americano? Gostaria de compartilhar sua experiência nesse assunto conosco? Deixe seu comentário abaixo.

 

Quer saber mais? Leia as dicas da Lu!

Gostou do Post? Compartilhe!

73 comentários sobre “Os Aspectos Difíceis Do Casamento Com Americanos

  1. Bacana, muito bacana esses posts.

    E as americanas? elas sao abertas a pessoas de outro pais? hoje em dia estao casando mais cedo ou mais tarde?

    grande abraço

  2. Oi, parabéns pelo blog, o melhor no assunto.
    Queria saber se tem como fazer um post desse, destinado aos homens que querem casar com americanas, sabe? Todas as diferencas culturais sobre o casamento, pedido, anel e esses detalhes que para quem é de outro lugar não entende.
    Anyway, parabéns pelo blog,

  3. Olha, o Lucas e o Leo tiraram as palavras da minha boca, também queria saber como ficaria a situação vista pela visão das mulheres americanas !

    Valeu Lu…
    Nem preciso falar que adoro vc e seu blog neh 🙂

  4. Lucas, Leo & Rodrigo,

    Posso escrever mais profundamente sobre o lado das mulheres sim, embora já tenha escrito sobre esse assunto nesse post ( se vocês tiverem alguma outra dúvida específica sobre o assunto me digam):

    Mulheres americanas e casamentos

    Recomendo que vocês leiam esses artigos já que eles tiram algumas de outras possíveis dúvidas:

    Pedidos de casamentos nos EUA
    Por quanto sai um casamento nos EUA?
    Como é a família americana atual?

    E vale lembrar que as mesmas dicas do artigo acima valem para mulheres americanas, só que alguns deles com pequenas diferenças devido ao sexo do cônjuge.

  5. li todos os seus posts, maravilha.

    mas bateu uma duvida. no brasil e em outros paises tambem se casa quando o casal tem um filho, ou quando ainda estao na fase dos estudos, ou seja, nao tem uma hora, tipo só depois que os dois tiverem ja formados, ganhando bem. ai como funciona? tem isso de nao ter hora pra casar, ou seja se casa tanto com 20 anos como com 30, 40, ou se da preferencia pra se casar depois que os dois ja estao formados, com seus trabalhos e etc

  6. Olá Lucas,

    A preferência atualmente é se casar depois que tudo estiver certo na vida do casal, então ambos costumam se casar mais tarde e essa é a maioria dos casos. No entanto, é claro que ainda há casais que se casam cedo… Hoje em dia, filho não segura marido não e americanas que usam essa “tática” se vêem sozinhas e com filho para criar.

    E alguns americanos realmente excluem mães solteiras da lista de mulheres desejáveis para eles, especialmente se eles não tem filhos e querem ter crianças deles mesmo… Mas também há exceções à regra.

  7. Olá! Encontrei esse blog por acaso e AMEI! Já curti a página no Facebook e daqui a pouco vou pro Twitter tb!rs
    Sou brasileira e casada com um americano. Meu marido adora o Brasil. Moramos no Rio por 6 anos e no final do ano passado ele ficou com saudades da terra dele (Texas) e decidiu voltar. Estou amando!

    Anyway… Parabéns pelo Blog! =D

  8. Lu, tenho uma duvida.

    Tenho plano de ir com visto de turista pro EUA e casar com uma americana, as mulheres ai são muito fechadas e elas gostam de brasileiros?.

    Ah outra duvida, se estiver casado com uma anericana e ja estiver com green card, provavelmente estaria trabalhando em subempregos, como que faz para fazer faculdade aí? e quanto sairia o preço more or less?

    Thanks.

  9. Oi! Gostei muito do teu post, eu namoro a quase 1 ano com um marine corp de san francisco e iremos nos casar em janeiro de 2014. O doug veio me conhecer em agosto, foram 8 meses ate nos conhecermos pessoalmente. Estou indo passar valentines day com ele, porem ainda nao vou para ficar. Vc mencionou em um post anterior algo bem interessante em relacao a aceitacao da lingua portuguesa na aceitacao dos filhos. Nos discutimos a respeito disso e ele quer q nossos filhos aprendam portugues por conta dos meus pais ( q nao falam nada de ingles ) da mesma forma que eu qro q meus futuros filhos aprendam a falar chines ( o doug eh de origem chinesa, porem nascido e criado nos EUA, portanto cidadao americano)! Meu choque cultural eh em dobro, mas meu amor por ele vale a pena, vamos manter contato, teu blog eh muito bom!

  10. Olá Adriana,

    Obrigada pela participação. Que bom que você vem para visitá-lo, é importante ver como as coisas são por aqui antes de se amarrar de vez rsrs É muito bom também o fato de que ele quer que seus filhos aprendam as duas línguas além do inglês, uma excelente decisão 🙂

  11. Olá Cristiane,

    Obrigada pelo comentário e por seguir o blog no twitter e facebook! 🙂

  12. Olá Johnny,

    Se elas gostam ou não gostam não sei. O que sei é que o número de americanas casadas com brasileiros é bem menor do que brasileiras casadas com americanos. E a razão disso é a grande diferença cultural, a qual é sentida bem mais quando invertemos a situação para mulheres americanas + homens brazucas.

    Primeiramente você tem que falar inglês fluente, fazer os testes que a universidade exige, conseguir admissão. Se não tiver dinheiro suficiente para pagar pela faculdade tem que conseguir empréstimos e/ou bolsas de estudo.

    Já escrevi um post mostrando os preços médios anuais em diferentes tipos de instituições de ensino superior americanas, faça uma pesquisa no blog que você encontrará esse artigo.

    Boa sorte!

  13. isso é verdade. eu diria que sabendo viver na filosofia de vida do americano, nao importa se voce eh brasileiro, noruegues, argentino, italiano, voce vai conseguir viver bem, estudar bem, namorar/casar e etc. quem vai com a mentalidade de “seu jogo, minhas regras” tem grandes chances de quebrar a cara

    e mostrar que tem vontade de crescer, de que quer ajudar o pais e as pessoas, conquista nao so mulheres, mas amigos

  14. Lu, ai tem isso de primeiro casar no civil, e depois de um tempo casar na igreja, ou é sempre uma coisa seguida da outra?

    confesso que tenho um certo trauma de casamentos em igreja e festas de casamento por alguns motivos. se voce me dissesse que ai nao eh anormal so casar no civil e ter uma festa pequena (e olha la..), seria mais um ponto positivo, dos varios, de morar ai..

  15. depois de ler mais algumas coisas aqui, e em outros sites, eu cheguei a conclusao de pq nao ter tanto brasileiro casado com americana, quanto tem brasileira casada com americano: o machismo. ainda é dificil para o homem brasileiro se acostumar com a mulher ganhando mais, trabalhando fora, nao fazendo os serviços de casa.

    eu mesmo fui acostumado diferente. resumindo, minha mae saiu cedo de casa pra estudar, enquanto as irmas dela todas preferiram casar e virar donas de casa. depois ela me criou sozinha, trabalhando. eu admiro isso, e acho saudavel a mulher que corre atras das coisas, vai trabalhar, que ganha o seu salario. todos saem ganhando, especialmente os filhos, se esses casal tiver.

    claro que tem outras coisas que podem afundar um casamento, nao é so isso que eu citei, mas isso parece ser o principal. a lu pode confirmar

    e so pra deixar claro, nao sao todos os brasileiros que sao assim, nem é demerito nenhum ser dona de casa, longe disso, mas ninguem deve ser impedido de buscar seus sonhos, de se tornar independente, de conhecer o mundo, coisas novas.

  16. Lu!
    Obrigada pelo post. Sou brasileira e meu namorado, americano.
    Vamos nos casar no ano que vem. Ele vira para o Brasil.
    Desafios e mais desafios numa relacao Internacional.

    Queria conhecer a sua historia.

    Bj

  17. lu, lendo bastante os blogs de brasileiros nos eua, vejo que o casamento entre um americano e uma brasileira acontece muitas vezes de forma rapida, com sei la, 6, 8 meses de namoro. normalmente por ele ter medo de perder ela, ja que o visto acaba em alguns meses. o americano nao acha estranho isso de casar rapido.

    mas a minha duvida é a seguinte: e se for ao contrario. o brasileiro esta la com visto de estudante digamos, e esta pra se encerrar, e ele nao quer acabar o namoro, e pede a americana em casamento. ela acharia estranho, ou nao teria problema, ja que ela tem o mesmo pensamento do homem americano quanto a isso?

    otimo dia!!

  18. Olá Samuel,

    Funciona assim, homens americanos quando mais novos se divertem bastante e geralmente não querem muito compromisso (é claro que há exceções). Quando eles estão um pouco mais maduros, muitos deles querem se casar e se preparam para isso comprando uma casa maior ou a primeira casa dele, ele já tem uma carreira profissional traquila, ele compra um carro de “família” e etc. Então quando eles decidem se casar, geralmente só falta uma coisa: a mulher e eles se mexem para achá-las e quando as acham eles as amarram rápido mesmo! rsrsrs

    No caso das americanas vai depender da cultura da casa na qual ela foi criada, se a mãe dela e/ou ela foi criada para ser mais independente, ela vai demorar mais para se casar preferindo se preparar mais ou menos como o que disse sobre os americanos e ela vai preferir homens preparados da forma que citei acima. As novinhas vão querer se divertir primeiro assim como os homens. Quando ela estiver um pouco mais madura ela vai querer se casar e se ela estiver “pronta” para se casar e gostar mesmo do homem, acho que ela se casa indpendentemente da nacionalidade dele e do tempo de namoro.

    Boa sorte!

  19. Adorei o post!
    Lu, tem como explicar mais sobre esta questão do humor americano?
    Com exemplos?

  20. Oi Lu , gostaria de saber , seu eu me caso com alguém aqui do Brasil e queira morar nos E.U.A. , tipo , ainda posso ficar casado com minha mulher nos E.U.A. ? dá pra morar lá com minha mulher legalmente ?

  21. Lu, é muito raro encontrar homens que desejam se casar porém não querem ter filhos aí nos EUA? É comum existirem casais casados há anos e sem filhos(por escolha de ambos, não devido à algum problema de fertilidade ou coisa do tipo)

  22. Aline,

    A maioria dos homens americanos querem ter filhos mais cedo ou mais tarde (conheço o caso de um senhor de 70 anos que agora quer ter filhos!) e alguns deles querem até ter 3 ou 4 crianças! Então encontrar casais sem filhos por escolha própria não é tão comum (mesmo pq muitos casais inférteis adotam), mas certamente há casos assim.

  23. Lu, tive uma experiência anterior horrível, não com um americano, mas com um anglo-italiano. No final ele só queria dinheiro. Conheci outro pela internet, não procurei, ele me encontrou pelo Skype. Me assustei pq, tal como o outro, em uma semana disse que me amava. apesar desse ser mais sério, dizer q virá ao Brasil e tal, vejo algumas semelhanças até mesmo no modo de escrever e-mails. Mas é normal os americanos falarem tão rápido que amam? De fazerem planos para o futuro? O David disse que virá ao }Brasil no próximo mês, assim que voltar do Afeganistão, já que ele é Tenente servindo naquele país. Isso tb me deixou em dúvidas, se naquele país é comum os soldados usarem internet para contato exterior. Bem, estou receosa como vc viu, estou curtindo esse namoro on line q já dura 2 meses, mas indo com mt cuidado. Obrigada, Mirian.

  24. Lu, estou casada com um Americano “red-neck”, do sul – moramos no Tennessee – e nao poderia ter escolhido melhor!
    Namoramos por dois anos e meio, ate que ele me pediu em casamento, e nos casamos no ultimo dia oito de fevereiro, numa simples cerimonia, sem pompas e cirucunstancias, pois farei algo quando meu pai e minha madrasta vierem.
    Bom, retornando ao assunto ser casada com Americano eh muito diferente, apesar de o meu primeiro marido (brasileiro) tambem ter sido cooperador nos servicos de casa, o meu atual marido nao me deixa nada a falar!
    Varre a casa todos os sabados, mantem o jardim ok, retira as folhas (e vc sabe que aqui no inverno eh casca grossa), alem de manter os carros sempre limpos.
    Eu me encarrego da comida, das roupas e da arrumacao da nossa casa, enquanto ele mantem tudo limpo.
    Ta achando que eh soh porque estamos no inicio? Nada, amada, o filho dele eh igual e ja esta casado ha cinco anos!
    No serio, acho que foi uma big sorte encontrar alguem assim, e alem de tudo, eh um tipico namorado Americano, do tipo que abre a porta do carro, me ajuda a entrar, me ajuda a sair, pega a cervejinha para mim, e ate mesmo, acredite, ele faz meu prato e, se bobear, ainda me da na boca! Abafa!!!
    Estou amando!!!
    Abracos, Maria Paula

  25. Moro nos EUA a 28 anos e meu marido e’ americano, estamos casados a 24 anos e somos muito felizes. O comentario feito aqui sobre eles quererem que a mulher tenha seu proprio circulo de amigas e’ muito certo, foi um pouco dificil me adaptar com isso no comeco. Eu gosto do fato que nao e’ “requerido” ter um jantar pronto quando ele chegue do trabalho, ou que a casa tem que estar sempre limpinha como e’ costume latino, ele se vira muito bem na cozinha e ajuda muito com o trabalho de casa. Mas o que eu mais gosto de ser casada com um americano e’ que ele valoriza minha opiniao, mesmo que ele nao concorde com minha ideia; tudo o que e’ decidido tem que ser bom para nos dois, a democracia e’ seguida ate em casa 🙂

  26. É verdade Helen, essa é uma das diferenças mais marcantes entre relacionamentos entre um casal brasileiro e um casal de uma brasileira e um americano. Essa de considerar tudo, especialmente as questões financeiras juntos é incrível 🙂 Muito obrigada pela participação e por contar sua experiência pra gente.

  27. Olá Maria Paula,

    Fico muito feliz por ti! Parabéns. Curta muito e obrigada pelo comentário 🙂

  28. Olá Mirian,

    Não é normal não, especialmente se ele não te conheceu cara a cara ainda. Vocês tem que se conhecer primeiro e ver se vocês são compatíveis mesmo antes de darem quaisquer passos adiante. Mas de fazer planos é comum, mas mesmo assim depois de vcs terem se encontrado e passado algum tempo juntos. É comum sim, há muitos sites de namoro especializados em homens de uniforme rsrs. O detalhe a sempre lembrar é que ele tem que fazer o que ele diz que vai fazer e as escolhas dele devem ter você como prioridade. Ele te visitou no Brasil? Vocês se conheceram finalmente?

  29. Olá Virnna,

    Obrigada pela participação. Se você se lembrar de alguma situação específica envolvendo a questão da piada, fique a vontade para compartilhar sua experiência conosco. Eu acho essa parte difícil de explicar rsrs

  30. Olá Lu, boa noite!!
    Amei seus posts, li todos com carinho e eatenção!!
    Eu estava precisando muito de saber sobre isso… eu conheci um americano pela internet ha algum tempo e estamos nos relacionando muito bem.. estamos apaixonados!! Ele ficou de vir esse ano aqui.. ele é engenheiro e trabalha muito.. é divorciado e tem um filho. Eu o amo e sei que ele me ama.. mas me responda uma coisa, os americanossão fiéis com suas palavras? Ele me prometeu casament, eu posso acreditar? Ele mora em NY, o que eu devo esperar da cidade? Como é morar lá? O que posso fazer pra que essa nossa paixão realmente acabe em casamento? Eu o amo e quero ficar com ele.. eu tenho 2 filhos menores que iriam comigo.. o que pode acontecer conosco lá?? Sei que ele é uma pessoa idônea, sincera, honesta e trabalhador.. mas como eu posso ir para lá??
    Por favor, me responda o quanto antes.. abraços
    Obrigada

  31. Olá Gisele,

    Muito obrigada por acompanhar o blog e pela participação.Se vcs não conheceram pessoalmente, essa é a primeira chance de ver se ele é um homem de palavra. Se ele te diz que irá te ver e aparece, as coisas são promissoras. Embora você tem que ir com calma. Cada coisa de uma vez. Primeiro vocês tem que ver se vocês são compatíveis de verdade (se vcs não se conheceram pessoalmente nào tem com saber) e depois vem o noivado e o casamento. Mas como disse antes, se ele honra a palavra dele isso é um bom sinal.

    O que você pode fazer? Sinceramente casamento é que nem uma dança e como eles dizem aqui you need two to tango (o que um não quer dois não fazem), então vá com calma, conheça ele primeiro, veja se vcs são compatíveis, se ele realmente quer algo sério e se casar. Algo muito importante no seu caso tbm e que vocês tem que deixar claro logo de cara: se ele vai querer trazer seus filhos para cá contigo- há homens que não se importam com isso mas outros se importam. Você tem que estar certa que ele vai se dar bem com seus filhos e querer que eles morem com vcs aqui. Se ele não gostar da idéia nem perca seu tempo com ele. Como eles dizem por aqui há muitos outros peixes no oceano.

    Como você pode vir para cá? Dando tudo certo, ele te pede em noivado você vem para cá com visto de noiva, vc tem por lei um limite de meses para se casar aqui e começar o processo de ajustamento de status seu e de seus filhos. Há casais que optam por se casar no Brasil, mas como esse não foi meu caso não sei dos detalhes e as leis imigratórias mudam constantemente.

    O processo de visto de noiva está muito mais rápido hoje de quando eu o fiz. Se vc quer saber os pormenores e diferenças do visto de noiva e de casada vá ao site do consulado/embaixada americana no Brasil que eles explicam tudinho. Ah, se ele quer casar contigo ele tem que estar por dentro disso também, afinal de contas ele será o responsável por vc e seus filhos aqui.

    Muito sucesso para você!

  32. Oi Lu.. obrigada por suas dicas e conselhos…
    Bem, no meu caso houve uma reviravolta. Provavelmente ele virá para o Brasil, pois ele quer abrir uma filial da empresa deles aqui.. aí pelo visto, passaremos férias aí.. ele disse que a mãe dele está torcendo por nós!! Ele está vendo casa aqui pra gente e pediu para eu escolher a que eu gostar mais.. ele diz me amar sim.. eu indaguei sobre caso eu não seja o que ele espera.. ele foi bem convincente ao me dizer que eu sou tudo o que ele quer e procurava.. apenas pediu-me pra eu não machucar o coração dele!! Acho que faremos um lindo casal sim e a gente vai se dar muito bem.. continuo lendo suas dicas para ser uma boa esposa para um marido americano.. rsrsrsrsr… boa dica pra você escrever hein? Você já falou sobre isso, mas ficou meio vago.. dá pra aprofundar mais?
    Eu estou bem mais confiante agora que quando te escrevi o primeiro e-mail!!
    Ele é um sonho!!
    Hoje ele disse-me que nosso encontro será, em breve.. e sobre o casamento, ele me disse isso:(That is why i want come so that we can really take time and plan what we want ok… Though i will like us to have a church blessing and court weeding) palavras dele.. não sei bem o que significa “court weeding”, pode me explicar?
    Espero ansiosa suas novas avaliações!!
    Abraços carinhosos da fiel amiga e leitora assídua
    Gisele

  33. Olá Gisele,

    O que ele disse é que quer casar com você no civil (court wedding) e no religioso – aqui nos EUA é o court wedding que tem peso e que te dá a chance de obter o Green Card- o que é bom. Se vcs são de religiões diferentes e ele decidir casar na sua igreja ou fazer uma cerimônia religiosa mista, melhor ainda, já que mostra que ele considera suas tradições uma prioridade e a respeita. Posso escrever algo sobre isso sim, obrigada pela sugestão, vou escrever mais sobre noivados, noivas e etc, aguarde 😉 E se tiver mais dúvidas pode perguntar à vontade. abçs e sucesso para vcs dois!

  34. Com meu marido foi muito facil sobre a comida brasileira, ele e` o maior comilao, adoraaaaaaaaa. Sobre o humor e piadas sao muito diferntes, nem tente afzer as piadas do brasil aqui, alem de nao funcionar, pode ser levado a mal. Conselho meu: nem tente.

  35. Gostei muito, estava com muitas dúvidas. Mantenho um relacionamento virtual com um militar americano, ele vem passar as ferias comigo e desde o inicio se propôs a vir aqui para me conhecer pessoalmente, confesso que achei tudo muito estranho, não acreditava que era pra valer, mas no dia que ele me disse que traria a sua filha para conhecer a futura mãe dela eu estremeci. Dentre os sinais que você descreveu se um americano que algo sério ou só curtição, ele se encaixa nos que querem algo sério. Agora é só esperar e ver o que acontece quando estivermos frente a frente. Obrigada

  36. Olá Giovana,

    É importante vocês se conhecerem pessoalmente e se ele se propôs a fazer isso, é um bom sinal. Deixe rolar e veja no que dá 😉 Sucesso!

  37. Oi Lu,

    Vi no Yahoo Respostas, uma pergunta sobre namoro com estrangeiro e comentários sobre essa pergunta (de 5 anos atrás), vou mostrar para você e gostaria de saber que se concorda ou discorda. Sempre tem aquelas frases “Toda a experiência é válida”, “Quem não arrisca, não petisca!”.
    1)Você já namorou um estrangeiro? Sera que diferentes culturas podem sobreviver o dia-a-dia ?
    Namorar um estrangeiro e casar, sera que isso da certo? Culturas diferentes e possivelmente “filhos ” diferentes que talvez nem venham a falar o Portugues se criados no exterior.

    2)Sou casada com um estrangeiro e muito feliz, gracas a Deus. Existe uma grande diferença do estrangeiro em relação ao homem brasileiro, que eh valorizar mais a mulher que ele ama.
    Realmente, existe o choque cultural do inicio, mas com o tempo voce vai ver que se ve o parceiro simplesmente como alguém que se ama e a gente ateh esquece que eh gringo.

    O relacionamento dah certo sim, se ambos se dispuserem a tal e compreenderem um ao outro, respeitando muito as diferencas culturais e ajudando o parceiro ou parceira a se adaptar a nova vida no exterior.

    Quanto aos filhos, geneticamente eh lucro pra eles, jah que cruzamentos de interraciais tende a produzir filhos lindos… fora que vai ser mole pra eles aprender tanto a outra lingua quanto o português.

    3)Oi! Sim , já namorei e foi o namoro que mais gostei. Culturas diferentes sempre acrescetam num relacionamento, é claro que de inicio vem um choque , mas se tiver coração e mente abertos, acredito que sobreviva sim. Conheço de perto relacionamentos entre brazucas e estrageiros que dão super certo, inclusive os filhos saem lucrando , pois no minimo falam duas linguas: a dos pais , ou até mesmo três linguas, quando os pais de outras nacionalidades moram num país que não é o deles. Bem, com amor tudo vale, boa sorte! bons rumos..

  38. Parabéns pelo blog! sou apaixonada pelos Estados Unidos e aqui encontrei muita coisa legal e verídica,eu serei au pair neste ano de 2014 então ando estudando bastante.Quanto à esse post sobre relacionamento,eu digo que é bem complicado,pois eu namoro com um americano e no início era um amor louco,desesperador…..Parece agora que depois ele que já sabe tudo sobre mim e minha vida,ele esfriou,ou seja,eles são muito romântico até um certo ponto e são meio bipolar.

  39. Namoro um Americano hà 8 Meses,nos conhecemos em Carolina do Norte, tenho 19 anos e ele 26. Ele è uma òtima Pessoa, Muito bem humorado e iremos nos casar em Janeiro de 2015.

  40. I date once with an american , and it’s a fact , They’re cold and very calm ! They like to watch soccer on tv , play video-games , they find fun and very stranges things and they aren’t so “honest” like , they can live months without say a thing VERY important !

  41. Olá estou com uma grande dúvida..resolvi me relacionar com um americano na faixa de idade de 45 á 50 anos…conheci milhares em sites de relacionamento…percebi que são muito carentes e mimados…porém o que mais me deixou intrigada é que na primeira semana de conversa ja fui pedida em casamento….eu gostei…mas na segundo semana queriam dinheiro…queria saber se isso é comum na cultura americana..pois todos que conheci me pediram dinheiro e estou confusa com isso….estou me relacionando com m ja tem alguns meses e se chateia com facilidade quando o assunto é dinheiro…quer porque quer dinheiro e fica muito magoado quando digo não…gostaria de saber sobre isso!!!
    Obrigada!!!

  42. Olá Silvana,

    Dinheiro para quê? Isso parece golpe. Inclusive contei três histórias assim nesse outro post: Golpes de namoro comuns na internet Dê uma lida lá. Se eles mal te conhecem e pedem para se casar contigo logo de cara e pedem dinheiro é fria. Caia fora e sucesso da próxima vez.

  43. Oi Lu fiz uma pergunta no yahoo respostas e uma brasileira que mora a 20 anos em Nova Iorque respondeu,gostari que vc desse sua opinião também:

    Pergunta: Casar com uma americana?

    Gente é muito dificil casar com uma americana eu sendo brasileiro e sem dinheiro? Elas são muito interesseiras? Acho elas lindas e queria casar com uma e morar aí!

    resposta da moradora de Nova Iorque:

    Oi tudo bem ?
    Aqui é Angela de New York.
    O que eu vejo aqui são americanos casando com brasileiras e mesmo assim não é uma coisa fácil, mas o homem americano as vezes se encanta com brasileiras e acabam se casando, agora acontecer o contrário, de uma americana casar com um brasileiro, só se for daquelas bem desprezadas pelos homens americanos, tipo ninguem quis.
    Aquelas americanas lindas jamais se casam com estrangeiro que for se ele não tiver muitaa grana, uma situação muito definnida.
    Eu em 22 anos vivendo aqui, NUNCA vi um brasileiro pobre, sem condições conseguir se casar com uma americana pelo menos “ajeitadinha”. E não é uma questão de ser interesseira, elas tem homens aos montes e americanos em boa situação financeira. aqui não é igual no Brasil por exemplo que se ve meninas super lindas com garotos pobres por amor. Americanas nao pensam assim não, elas querem segurança, querem pelo menos um homem que possa dar um futuro tranquilo para elas e para os filhos.
    Dizer o que?
    Estão erradas?? Acho que não!

    Abraços

  44. Olá Oliver,

    Realmente (ao menos parece) que há bem mais brasileiras casadas com americanos por aqui do que brasileiros com americanas. Tanto que demorou um tempo para eu encontrar pessoas para essas duas entrevistas sobre relacionamentos com americanas que coloquei aqui no blog 😀

    Entrevista com uma americana casada com brasileiro
    Entrevista com um brasileiro casado com americana

    E acho que o que mais pesa não é a questão financeira mas sim as diferenças culturais, em muitos casos do idioma e das preferências dos brasileiros ( tem muito homem brasileiro aqui que só namora brasileira – muitas brasileiras também só querem namorar conterrâneos ou hipânos!).

    Porém afimar que somente mulheres “desprezadas” pelos homens americanos se casam com brasileiros é um exagero ou seria equivalente a dizer que somente americanos “desprezados”por aqui querem se casar com brasileiras, o que não é a verdade, amor não vê nacionalidade, cor, beleza e etc. Há exceções, claro tanto por parte dos americanos quanto dos brasileiros de ambos sexos mas daí a questão não é mais amor e sim outros motivos que impulsionam o casamento.

    Inclusive a Tania que nos concedeu uma das entrevistas e é americana jovem, é muito bonita e independente. Quanto a se preocupar com o futuro das suas famílias, claro que elas se preocupam e estão certas em fazer isso e estabilidade financeira é importante mas ninguém disse que o futuro esposo tem que ser milionário 😀 O que ele não pode ser é preguiçoso e ter falta de vontade de subir na vida. E nem sempre elas colocam dinheiro na frente do amor, conheço um caso inclusive de uma americana jovem, bonita e com muito dinheiro que quis se casar com um brasileiro com bem menos grana que ela, mas ele não quis. Então há casos e casos.

    Abraços

  45. Oi Lu, tudo bem? Tenho 26 anos, já conclui o Ensino Superior, trabalho e tenho minha vida. Moro no Rio de Janeiro e recentemente conheci um americano por aqui, devido a Copa. Na noite em que nos conhecemos, foi muito bom. Conversamos por horas, ele super respeitador! Nem beijo rolou. Desde então, temos nos falado todos os dias, quase que durante o dia todo. Tem sido muito bom. Ele demonstra estar interessado, pois me faz várias perguntas sobre minha vida, meu trabalho, minha família. É atencioso e gentil, me faz muitos elogios. Faz várias piadas e é criativo. Mas ele tem 45 anos e é solteiro, não tem filhos. Você acha que tem chances de ele estar realmente interessado em mim? Você acha que pra ele essa diferença de idade é perturbadora? Se ele quiser mesmo, ele vai voltar aqui pra me visitar?? Beijos aguardo ansiosamente a resposta!

  46. Olá Deborah,

    Me diz uma coisa, ele nunca se casou? 😯 Quanto a diferença de idade, para os padrões americanos ela é grande ( a média é 3 anos de diferença, no máximo 5) e dificilmente um homem na idade dele descolaria uma moça de 26 (claro que há raras exceções), ele deve estar feliz da vida rsrsrs Agora a pergunta que você tem que responder é: Essa diferença de idade te incomoda ou não? Você tem que ver se você acha que dá certo mesmo assim. Afinal de contas você é maior de idade. Se isso não é um problema para você, deixe rolar para ver no que dá. Ainda está muito cedo para saber quais as verdadeiras intenções dele 😉

  47. Bem, ele nunca se casou (oficialmente)! Mas já viveu com duas namoradas. Temos nos falado todos os dias desde que nos conhecemos! Vai fazer um mês. De vez em quando tocamos no assunto “próximo encontro”. Como ele esteve aqui no mês passado, é pouco provável que ele volte a curto prazo (até porque ele tem uma vida bem ocupada lá por causa do trabalho), ele deixou claro isso, ao mesmo tempo que diz que quer me ver de novo. Já quanto a mim, se eu me planejar desde já, consigo fazer uma viagem aos EUA ainda esse ano (mas ele não insiste que eu tenha que ir lá, que é a única forma de nos vermos. Ele é bem na dele, imparcial). O que você acha? Fica “feio” (pro padrão norte-americano) eu ir até lá visitá-lo ou espero ele voltar?
    Obrigada
    Beijão

  48. Olá Deborah,

    Seria melhor ele ir no Brasil te visitar, com tempo. Mesmo por que conheço a correria do cotidiano americano e se ele estiver atolado de trabalho mal terá tempo para você. Além disso, você ficaria mais tranquila já que conhece sua cidade, estaria rodeada de amigos e etc e mais importante, não pareceria “desesperada” aos olhos dele rsrs. Enquanto isso vocês continuam conversando, se conhecendo melhor e deixando rolar. Sucesso para vocês!

    Bjos

  49. A minha esposa está querendo conhecer se casar com um americano, ela gostaria de saber onde poderia conhecer um.

  50. Oi Lu,

    Estou casada com um americano há 7 meses no civil, a festa será no Brasil em menos de um mês!!!! Nós conversamos bastante sobre a questão cultural antes de ficarmos noivos e ele sempre foi aberto à cultura brasileira… ele também está aprendendo português agora (pelo site Babel, não sei se vc conhece, mas é ótimo).
    Eu realmente notei que o tipo de humor deles é muito diferente e também a forma como interpretamos certos comentários. Se não tivermos isso em mente pode dar confusão, rsrs. Mas com conversa e respeito tudo fica claro depois.

    Outra coisa que facilita muito mesmo é o fato dos pais dele também serem imigrantes. Eles vieram da Grécia, então ele teve muita influência de outra cultura. Eu fiquei impressionada de ver o quanto a cultura grega se parece com a brasileira!!!

    Fiquei curiosa de saber em qual estado você mora?

    Um abraço,
    Dani.

  51. Olá Dani,

    Primeiramente gostaria de te dar os parabéns pelo casamento. Já ouvi falar desse site. Você já deu uma lida nos posts sobre websites e aplicativos para aprender inglês? Seu marido talvez goste dos aplicativos, os quais também podem ser usados para aprender português ou que sabe para você aprender grego e puxar um saco dos sogros? 😉 Moro na Flórida.

    abçs

  52. Oi Lu, lembra de mim? Vim aqui compartilhar que após quase 4 meses mantendo contato diariamente com meu “amigo” que conheci durante a Copa, estive nos EUA mês passado. Fui conhecer a cidade dele, fiquei lá alguns dias, fui inclusive apresentada aos irmãos dele. E enfim estamos namorando. Estou muito feliz!!! Ele é maravilhoso, cavalheiro e MUITO respeitador. Estamos marcando o próximo encontro. Talvez não seja no Brasil, nem nos EUA… Hahaha! Beijos

  53. Olá Deborah,

    Muito obrigada por aparecer de novo por aqui contando sua experiência! Que bom que está tudo certo, conhecer a família dele é importante e o fato dele ter te apresentado a eles é algo muito positivo. Muito sucesso para vocês dois!

  54. Oi Lu tudo bem? Sou nova nesse assunto estou namorando um americano do Texas. Tá meio estranho principalmente pq ele não fala português e eu arranho no inglês, mais é incrível que a química que existe entre nós vai além das barreiras do idioma.

  55. Olá Nana,

    Obrigada por participar. Sim, atração e amor ultrapassam barreiras. Volte sempre!

  56. olá. Conheci um americano na minha cidade e quando estamos juntos nos damos muito bem, mas por mensagens ele é muito seco.Eu gostaria de dicas para conquistar esse homem e como saber se nosso relacionamento pode ficar mais sério, pois ele vai embora em abril. Detalhe eu não falo ingles e temos que nos comunicar com ajuda de um aplicativo, embora eu esteja me esforçando muito para aprender ingles o mais rápido possível. Se alguem puder me ajudar eu passo meu whats app. Por favor.

  57. olá, maravilhoso este post, entrei aqui para saber mais como são os homens americanos porque estou me relacionando com um de nova York, ele tem 50 anos e um filho de 15, nos conhecemos em um site de relacionamento e nos falamos todos os dias, tenho muitas duvidas por que não falo nada em inglês, mais ele disse que já falou de mim pra seu filho e ele ficou muito feliz pelo pai, porque ele sempre pede ao pai pra dar uma nova mãe pra ele, eu queria saber se é dificio se relacionar com um jovem adolescente americano, eu tenho 44 anos e me dou muito bem com jovens e crianças, mais tenho muitos medos quanto a cultura dos americanos, mais eu estou muito apaixonada por ele e gostaria de fazer com dê certo essa relação, vc tem alguma dica pra mim? aguardo resposta, beijo!

  58. Tem muitas burocracia se meu namorado da Inglaterra vir Brasil se casar comigo vou ter mas facilmente o visto

  59. Olá Elisa,

    Sinceramente não sei como o processo de imigração para e da Inglaterra é nesse sentido. Se for mais fácil para ele conseguir entrar no Brasil do que você na Inglaterra, daí recomendaria que vocês se casassem no Brasil e depois imigrassem com tudo certo e de acordo com os ditames do governo britânico para lá.

  60. Gostaria de saber algum site nos EUA para eu me cadastrar e conhecer um americano para me casar. Alguém sabe de algum para me informar?

Faça parte da conversa: