Cultura Americana, Curiosidades

Brasileiros e os EUA: Um Caso De Amor E Ódio

amor e odio aos EUA

** AVISO ** Se você é daqueles que se ofende facilmente, leia nosso disclaimer e não diga que não avisei**

Uma das coisas mais interessantes que vemos no blog é pessoas que expressam opniões extremamente negativas em relação aos Estados Unidos (e aos brasileiros que vivem nos EUA), mas que ao mesmo tempo não conseguem desgrudar das nossas páginas e artigos.

Estamos cientes de que existe certo anti-americanismo por parte de alguns brasileiros (e que alguns não lêem nosso disclaimer ou nossa política de comentários antes de comentar no blog), o que não entendemos é o por que dessas mesmas pessoas se interessarem tanto por esse país se eles dizem que o odeiam tanto.

E será que eles evitam tudo que é americano em seu dia-a-dia? Será que eles evitam marcas americanas? Será que eles recusam a aprender inglês?

Será que eles têm tanta inveja dos brazucas que moram aqui que eles dizem que esses “traidores da pátria” deveriam ser todos deportados de volta para o Brasil? hahaha. Desculpa mas tive que rir ao pensar nisso.

Será que eles condenam a falta de democracia na China e querem aplicar os  mesmos princípios na vida dos brasileiros que aqui vivem?

Outro fato curioso é que ao mesmo tempo que o anti-americanismo é visível, ainda vemos o completo oposto disso: Certa adoração pelo ideal, estilo de vida e cultura americana.

Essa é certamente uma relação de amor e ódio pelos EUA e a mesma pessoa pode possuir os dois dentro de si (só não a coragem, ou seja lá o que for, para admitir tal ambivalência).

Por que, cá entre nós, será que uma pessoa que não tem nenhum pingo de curiosidade ou vontade de saber mais sobre os Estados Unidos se daria a “perda de tempo” de ler nossos artigos e deixar um comentário chulo no mesmo? Duvido.

Dê sua opinião nos comentários abaixo.

crédito imagem: By ahjia1987 via flickr  

[jetpack_subscription_form title=” Fique por dentro dos posts do blog!” subscribe_text=” Cadastre seu email abaixo” subscribe_button=” Confirme Sua Assinatura!”]

Quer saber mais sobre os #EUA? Veja os ebooks da Lu!

Gostou do Post? Compartilhe !

36 comentários sobre “Brasileiros e os EUA: Um Caso De Amor E Ódio

  1. Eu faço parte dos que amam USA, mas nem por isso deixei de gostar do meu país, mas certamente não moraria no Brasil. Sei que as coisas não são perfeitas nos EUA mas também sei que as coisas no Brasil estão muito longe de serem menos imperfeitas do que na America. Quando penso que o salário miníno é R$622 para uma pessoa que mora em Santa Cruz sai de casa as 5 da manhã para estar no Centro as 8, quando penso que o auxilio reclusão e de R$912 ouvi dizer que esse era o valor atual, quando penso no abandono dos hospitais, escolas, no transporte, e na aposentadoria que cá entre nós com frequencia há reajustes e também mudanças na idade miníma para requerer a tão sonhada aposentadoria que nos dá um mísero salário, quando penso no jeitinho brasileiro, yes i love USA! Como disse antes sei que lá tem coisas a serem mudadas, não vivo na ilusão de um lugar perfeito onde não existem problemas, de qualquer forma prefiro lá do que aqui….

  2. Olá querida, bom dia! Não se importe com essa minoria pois eu tenho plena certeza que grande parte gosta muito do seu blog assim como eu, meu namorado é americano, quando o conheci fiquei um pouco surpresa com algumas atitudes, que as considero boas, em serem decididos no que querem, como por exemplo em me pedir em namoro o quanto antes, diferente de grande parte dos homens brasileiros, não estou falando mau de brasileiros, mas não podemos negar que grande parte dos homens brasileiros demoram muito para decidir se quer ou não namorar com você, por mais que ele já tem uma vida de namorado com você, outro exemplo é ir atrás de quem ama sem pensar em distância, como se não existisse distância, li isso em seu blog também, quando querem vão atrás mesmo, e tudo o que você escreveu me ajudou muito, claro que cada pessoa é um indivíduo, mas a base de tudo é muito parecido com o que você diz, acho muito legal o seu blog e continue escrevendo!! Beijos

  3. Esse realmente é um tema extremamente curioso e controverso.
    Eu acho que no fundo os brazucas nutrem uma certa inveja, uma certa “dor de cotovelo” dos Americanos e principalmente dos conterrâneos que conseguiram se dar bem poa aí.A razão disso a meu ver, é que os brazucas são muito ufanistas, até mais que os Americanos, e quando eles percebem que o Brasil não é o país mais rico do mundo, como eles foram levados a acreditar, e que na verdade está séculos atrás dos Estados Unidos, aparece esse sentimento ‘antiamericano’ !
    Me lembro bem do dia 11/09/2001 e jamais ouvi tantos “bem-feito”e “achei foi pouco” como ouvi naquele fatídico dia e nos posteriores.
    O curioso é que adoram e consomem tudo que vem dos EUA desde música, cinema, modismos até fast food, coca cola e nomes próprios…

    Nem Freud explica…

  4. Concordo totalmente com a Sheila… Lendo o post me lembrei da Fábula da Raposa e da Uva: Era uma parreira tão linda…e a Raposa estava morrendo de fome! Mas a parreira estava muito alta e ela não conseguia alcançar. Então se pôs a falar mal da parreira, das uvas, de seu sabor… Ou seja, quem desdenha quer comprar!!
    Acho que cada um tem o direito de gostar ou não de qualquer coisa ou de qualquer País (afinal, o que seria do azul se todos gostassem do amarelo). Mas pessoas como essa que você descreveu, Lu, me fazem sentir ainda mais vergonha de ser Brasileira, porque NÃO RESPEITAM A OPINIÃO ALHEIA… guardadas as devidas proporções, não é o mesmo caso das gangues que se enfrentam, machucam e até matam torcedores de outros times na saída dos nossos estádios…
    Eu queria entender o porquê é tão difícil respeitar o próximo!!!

    Que bom que essas pessoas detestam os USA… só assim nunca terei o desprazer de cruzar com elas quando eu me mudar…hahaha

  5. Até para os que não quisessem ter contato com a cultura americana, essa seria uma tarefa difícil, já que em muitos aspectos ela “desce goela abaixo”! Todos nós sabemos bem que os EUA é um país de 1º mundo e que está “zilhões” de anos à frente do Brasil e de outros mais. Isto é fato. Mas é muito interessante Lu, você falar dessa relação de amor e ódio, pois ela realmente existe. Sou brasileira, orgulhosa de o ser, e tenho grande admiração e certo fascínio pelo modo de vida dos americanos. Sou bastante curiosa, leio sempre seu blog e procuro estar em contato com notícias a respeito deste país e de suas pessoas. Porém, indo de contrário com alguns comentários que li aqui, acho que nem sempre é justo dizer que quando um brasileiro critica os EUA, ele está sendo propriamente invejoso ou antiamericanista. Afinal, apesar de todos os prós, este não é um país perfeito. E assim como o lado positivo é elogiado o negativo é passível de crítica. Sinceramente, eu não consigo conceber com naturalidade, por exemplo, a idéia de um soldado do exército americano, surtar e matar 16 pessoas inocentes fora de seu país… Sem ao menos ter sido “convidado” a estar naquelas terras… Este e outros fatos me mostram que viver nos EUA pode ser bom, porém nem tudo por aí são flores…
    É importante respeitar a opinião dos outros, mesma que ela não coincida com a nossa.

  6. Sheila, eu tbm moro em santa cruz, campo grande rio de janeiro.
    e a situação aqui é assim mesmo, é fora do normal.
    nao conheço muita gente daqui que foi pros estados unidos.
    gostaria mto de conhecer
    abraços

  7. Helio então moramos próximos!! Conheço bem a realidade de pegar uma das latas de sardinhas (trem, metrô, ônibus) que o governo gentilmente nos oferece. Conheço uma amiga que morava em Santa Cruz e agora está feliz a casada com um americano morando em USA e ela nem pensa em voltar, assim como conheço outros brasileiros que ficaram um temporada por lá e se pudessem voltariam para a Terra do Tio Sam…

  8. Acompanho o seu blog a algum tempo e adoro , amo os EUA e sou apaixonada por sua cultura desde criança ,tenho muita vontade de mudar de vida e morar ai . Tenho aquela seguinte opinião…. Gostar do seu país é legal mas mascarar seus problemas é outro, o Brasil é bonito tem sua vantagens mas esta longe de ser uma país “BOM” na minha opinião. Como a colega acima disse não existe uma país q não tenha seus problemas mas o EUA em muitos aspectos supera o Brasil .

    Acho que quem critica muito é porque nunca terá capacidade suficiente para chegar a um nível de poder conhecer outras culturas .
    Adoro seu blog .

    bjs

  9. Eu sou outra pessoa que queria entender o ódio por outros países seja EUA, ou qualquer outro. Se não gosta por que comenta, por que opina, eu tenho uma visão sobre religião e politica muito forte, até algumas vezes pesada, evito e não comento sobre isso para não ser xingado, e também por que tem coisas que não preciso expor. Acho absurdo ver as pessoas denegrindo outros cidadãos, países sem ao menos conhecer, ter visão de que não é por que a politica em curso em determinado país ou assunto é espelho do que o povo quer… mas não me alongando adorei o post, Parabéns.

  10. sabe que gosto dos EUA da cultura deles do pratiotismo deles, axo que nenhum pais chega no lugar que eles estão hoje a atoa, eles trabalharam investiram e conquistaram, isso que o Brasil esta fazendo agora , um pouco tarde mas esta…. Eu gosto de Eua por causa da organização , respeito as regras , e o melhor se não cumprir vc vai se FERRAR…
    Gosto deles quero morar la …. mas nao odeio meu pais muito pelo contrario o Brasil sera a proxima potencia mundial “em breve”

  11. É sheila, sei como é a realidade aqui, eu moro aqui perto de cosmos.
    Sou estudante do estado e sou tratado como cachorro, os motoristas não param pra mim, chego atrasado no colegio por conta deles, onibus sem um pingo de Higiene, em campo grande 90% das paredes estao todas mijadas sujas, e os onibus mal tem espaço para circular, ruas mal asfaltadas. Em fim, terrivel.

  12. Moro no Brasil, Rio de Janeiro, mas eu amo o EUA, passei alguns dias passeando em vários estados americanos, entre eles Nevada, Califórnia e Florida. Na minha opinião quem fala mal da América é porque morre de inveja, sou engenheiro e aqui no meu trabalho tem algumas pessoas que morrem de inveja da América, a ponto de acreditarem na fática propaganda do governo brasileiro em que o “Brasil é um país de todos”, só esqueceram de dizer que é de todos os corruptos. Ontem mesmo um amigo meu do trabalho veio me dizer, com muita felicidade, diga-se de passagem, que a educação na América vai de mal a pior, e que os Americanos estão invadindo o Brasil a procura de trabalho, pois na América não existem mais trabalhos para os americanos. Só o que eu pude fazer é rir.
    Infelizmente eu tenho que conviver com a violência urbana na cidade maravilhosa, só quem vive no RJ sabe do que eu estou falando, coisas que quando estive na América não vi, eu não vi nenhum caveirão, nenhum helicóptero blindado e nenhuma troca de tiros, coisas que acontecem com muita freqüência pela minha cidade.
    “Viva a ignorância dos patriotas”.
    I LOVE USA.

  13. Debora,

    Primeiramente obrigada pela participação. Concordo contigo, não há lugar perfeito mas sempre podemos melhorar o que temos e infelizmente há pessoas que não tem essa capacidade mesmo e é aí que a intolerância nasce.

    bjs

  14. Bruna,

    Obrigada pela participação. Concordo contigo no fator de que não existe país perfeito.

  15. Marion,

    Obrigada pela participação. É cada um tem sua opinião, mas vejo que tem gente que realmente não tem tolerância alguma em relação a opinião dos outros. Tem muitos brasileiros que se encaixam nesse perfil da fábula também, é a velha dor de cotovelo e eles ainda “passam” essa dor de cotovelo para os brazucas que aqui moram. “ái, eles são metidos pq moram nos EUA, se acham”. As coisas não são bem assim não rsrsrs

    Ah, engraçado que aqui também há uma rivalidade imensa entre times diferentes (seja de futebol americano, baseball e etc) e no entanto, famílias podem e vão assistir a jogos e não há essa de gangues e violência em estádios.

  16. Olá Richard,

    Entre tapas e beijos… Não admitem, não admitem e ainda metem a boca rsrs Además, pessoas que desejam um mal tão grande para desconhecidos é desprovido de qualquer sentimento humano… Devemos lembrar que não somente americanos morerram naquele dia, brasileiros também e gente de todos as partes do mundo.

    Tem certas coisas que não devemos desejar a ninguém, nem ao nosso pior inimigo. Fazer esses tipos de afirmações fala muito sobre o caráter um indivíduo.

  17. Maria Clara,

    Obrigada pela participação. É a cultura é diferente nesse sentido e é aí que as coisas mudam. Ainda bem, né? 🙂
    bjs

  18. Sheila,

    É isso que muitos deixam de entender, de que podemos sim, gostar da cultura de outro país sem odiar a nossa cultura. Que podemos respeitar e ser tolerantes em relação a outros povos sem comprometer nossa cultura. Há muitas coisas boas na cultura brasileira e muitas coisas ruins e o mesmo pode ser dito dos EUA. Não há país perfeito.

    Agora se nossa preferência é os EUA, ninguém tem nada a ver com isso rsrsrs

  19. Na minha família há um caso muito curioso. O sujeito “odeia” tanto os americanos que quando expõe opinião a respeito as veias da testa e do pescoço saltam. Tudo de ruim do mundo vem de lá. Nada do que eles dizem é verdade. Tudo que conquistaram ou inventaram foi roubado de outrem. Mas o mais espantoso é que anualmente ele vai à Flórida com mulher e filhos!!! E volta carregado de compras e outras coisas de lá. Confesso que ele dá um nó na cabeça de muita gente…

  20. Concordo com a Sheila. Gosto tanto da América porem sei que lá não é perfeito mais aqui é bem mais imperfeito que lá. Mais para mim o país n pode ser perfeito mais lá eu vou finalmente me livrar do jeitinho brasileiro das baixarias da Globo com suas novelas e BBB. I love the America! but I don’t like the Brazil very much. this is my culture, my way! I can not change.

    Meu pai é um dos que odeia os America ele fala tanta coisa mal dos Estados Unidos que si lá não sei oq ele ver de tão ruim nos americanos.

  21. (foi mal pelo ultimo comentario estava com pressa).

    Como você sabe eu amo a América desde criança(uns 5 anos) crescia vendo e aprendendo a cultura americana e meu sonho é que um dia eu seja bem sucedido nos EUA e quero tanbém me Americanizar 100% e um dia ser chamado e tratado igualmente como “Cidadão Americano”.

    Ultimamente entrei em contato com minha tia que mora nos Estados Unidos ela me falou muita coisa legal de e o melhor ela é cidadã americana tem familia nos EUA(já é vóvó) e ela disse que nunca ficou ilegalmente nos EUA, e o melhor! Ela disse que vai fazer o maximo possivel para me ajudar no meu sonho.

    Mais o caso curioso é meu pai. Ele odeia os EUA ele fala tanta coisa ruim da America e eu sempre contrario ele. Mais diz ele que vai para NY(onde minha tia mora) e em Miami. O Bom nisso é que eu vou junto XD.

    Agora tou tentando me sobre sair no inglês para pegar a High School(daqui a um ano talvez).

    E quero agradecer muito a seu blog Lu que me informou muito e manteu meu sonho vivo por todo esse tempo. Thanks so much!(só não escrevo muito em ingles pq tenho vergonha de errar.)

  22. O meu pai e Brasileiro e veio para ca nos anos 70 (legalmente). Meu tio e tia tambem vieram para a America do Norte (mas para o Canada primeiro).

    Tudo que o meu pai conseguiu na vida foi ganhado aqui. Comprou muitos imoveis no Brasil e vive de renda. Ele odeia o meu pais (USA) Nao entenho o por que. Se ele tivesse ficado no Brasil, nunca teria tido as oportunidades que teve aqui – ele so estudou ate a Quinta Serie.

    Eu amo os meu USA mas e claro que nao gosto das guerras e coisas do tipo. Eu estava no Exercito aqui por uns anos mas sai por que nao concordava com certas coisas.

    Infelizmente o Americano tem uma “fama” muito ruim pelo mundo. Acham que nos somos arrogantes e “frios”. E o contrario. As pessoas sao mais amigaveis e sao carinhosas e ajudam um ao outro.

  23. Ola
    Li os comentarios acima e concordo plenamente com as opinioes citadas.
    Atualmente moro em jacksonville, Fl e estou aqui a trabalho, intercambio, e quando vejo que o lixo das ruas sao folhas das arvores, a policia e honesta, nao tem ladrao, nao existe jeitinho e que as pessoas sao extremamente educadas, isso me deixa profundamente triste com a vida no Brasil, com os politicos e com nos brasileiros nao fazemos nada para mudar.
    Muda Brasil!!!

  24. Todos os países têm seus lados negativos e positivos. Os brasileiros têm o costume de apenas comentarem sobre o lado negativo do Brasil, e só vêem o lado positivo dos países desenvolvidos.

    Tirando Cuba, todos os países da America Latinas são colônias culturais dos EUA, quase sempre os EUA impuseram seus interesses na região através da força militar, ou por meios de embargos econômicos.

    Nenhum país é 100% dependente, nos consumimos os produtos estadunidenses, da mesma maneira que os estadunidenses consomem os produtos de outros países:
    1. Os EUA são o país mais dependente do petróleo estrangeiro, os carrões estadunidenses só andam porque dentro dos tanques de combustível tem um derivado de petróleo que muito provavelmente veio de um país árabe. Aqueles tanques de guerras, jatos supersônicos, helicópteros militares, e portas aviões usados para invadir o Afeganistão e o Iraque dependem do petróleo desses mesmos países que os EUA estão invadindo.
    2. A internet desenvolvida pelos EUA, só existe por causa da matemática desenvolvida no Egito, na Mesopotâmia ( região do onde ficam o Irã, e Iraque), e na Grécia.
    3. O EUA só tem o maior poder militar hoje porque a China inventou a pólvora antes.
    4. Os EUA foram o primeiro país a possuir bombas atômicas por causa dos cientistas europeus que ajudaram a desenvolver, o cientista mais conhecido era o alemão Albert Einstein.
    5. Os carros usados pelos estadunidenses foram inventados na Europa.
    6. A política, o teatro surgiram na Grécia.
    7. A medicina surgiu no Egito.
    8. A primeira estação de rádio só foi inaugurada nos EUA porque o rádio foi inventado por um padre italiano que morava no Brasil.
    9. China, Índia, Egito, Grécia, Mesopotâmia, Pérsia foram as nações que mais contribuíram com o desenvolvimento do planeta, os EUA seriam nada se não fossem por essas nações.
    10. A maioria das letras do alfabeto estadunidense teve origem grega, fenícia, e árabe.
    11. O Império Mongol, o Império Romano, A Inglaterra, a Alemanha, a União Soviética, e a França já foram as nações mais desenvolvidas e influentes do mundo, hoje a nação mais influente são os EUA, um dia surgirá outra nação mais influente, as coisa funcionam assim.

    O principal motivo que faz com que os brasileiros sintam simpatia pelos EUA, é o fato de sermos influenciados pelos filmes, jogos eletrônicos, músicas, e produtos estadunidenses.
    Os EUA não estão entre os 20 melhores países para se morar no mundo, considerando vários fatores essenciais para a maioria das pessoas (segurança, empregos, saúde, transporte…), mas mesmo assim, a falta de conhecimento das pessoas faz com que prefiram visitar os EUA, ou morar nos EUA, mesmo existindo países muito melhores, e com uma cultura infinitamente mais rica que a dos EUA. A maioria dos países da Ex União Soviética tem melhor qualidade de vida que os EUA, e a cultura desses países é infinitamente superior ao dos estadunidenses. Chile é um país em desenvolvimento, e é considerado um país mais pacífico para se morar. Tenho que admitir que os EUA fazem muito bem a propaganda deles, não é atoa que o marketing surgiu nos EUA, errado somos nós que não temos cultura, informação e nos submetamos as vontades estrangeiras muito facilmente.

    A seguir, o lado que poucas pessoas sabem sobre os EUA e outros países desenvolvidos:

    Islândia – melhor sistema de saúde do mundo. (Os EUA não estão entre os 10 primeiros)

    Liechtenstein- Menor índice de homicídios (Os EUA não estão entre os 10 com menores índices)

    Mônaco – Menor taxa de desemprego (Os EUA não estão entre os 10 com menores índices)

    Catar – Maior taxa de crescimento industrial (Os EUA não estão entre os 10 primeiros)

    China- maior desenvolvimento econômico anual

    EUA – país que mais importa (Uma prova da dependência dos EUA em relação às outras nações, nenhum país é 100% independente)

    China – País que mais exporta

    EUA – maior dívida externa

    EUA – Pior sistema de saúde entre os países desenvolvidos (considerando o valor investido na área, e o retorno)

    Cuba – Maior taxa de alfabetismo.

    Os EUA ocupam a posição 97, entre os países mais pacíficos do mundo, e é responsável por aumentar a violência no Afeganistão e Iraque (entre os 10 menos pacíficos). O Chile, país em desenvolvimento. ocupa a posição 16, a Noruega ocupa a 1ª posição.

    Apesar de ter o sistema de saúde mais caro do mundo, os EUA tem o pior sistema de saúde entre os 6 países mais industrializados do mundo.

    Os melhores filmes de ação/aventura/terror são asiáticos, os melhores desenhos são japoneses, os melhores filmes de comédia são europeus, os EUA são o país que mais costumam copiar produções de outros países. Os melhores programas educativos são Canadenses, Franceses ou Ingleses. A maior produtora de filmes é a Índia.

    Alguns países da ex União Soviética tem maior taxa de alfabetismo que os EUA. (Rússia tem menos analfabetos que os EUA).

    Os EUA é o a terceira nação que mais invadiu países soberanos na história, e é o país que mais interviu na soberania de outras nações. Só o Império Romano, e O império Mongol invadiram mais nações que os EUA.

    Os EUA são o país com maior dependência energética do mundo.

    Mais de 50% das mulheres que serviram as forças armadas estadunidenses já foram vítimas de violência sexual dos próprios colegas militares. (50% daria mais de 200.000 mulheres).

    Os EUA são os país que mais consomem drogas ilegais no mundo, e por isso são responsável pelo financiamento da maioria das organizações criminosas do mundo.

    Os EUA estão na posição 22 entre países corruptos, tem um dos piores índices entre os países desenvolvidos. O país menos corrupto é a Dinamarca.

    Os EUA tem um dos maiores índices de homicídios entre os países desenvolvidos.

    Nos EUA não existe o crime de racismo (ninguém pode ser preso por causa de racismo), por isso muitos homicídios motivados por causa de racismo acontecem nos EUA. Nos próprios filmes e desenhos estadunidenses é possível notar racismo explícito.

    Os EUA são o único país que usou bombas nucleares em uma nação soberana. E mesmo assim sempre tentam impedir que outras nações se desenvolvam nas ciências nucleares.

    Os EUA são um dos 3 países que não adotaram o SMI (Sistema Internacional de Unidades).

    A ideia da supremacia branca, a inferiorizarão dos judeus, surgiram primeiro nos EUA na década de 1920, através da Ku Klux Klan.Os EUA ,ainda hoje, fazem os que o Nazista faziam antigamente (invasões territoriais).

    Os EUA, diretamente e indiretamente, mataram mais pessoas inocentes que os Nazistas. Muitas guerras, conflitos, ou ditaduras ao redor do planeta foram financiados pelos EUA, ou tiveram a intervensão do EUA.

    Os EUA são o país que mais tem bases militares em outros países.

    Os EUA são o país responsável por todos embargos econômicos que existem no mundo.

    Muitas das industrias dos EUA só existem hoje porque recebem subsídios do Estado. A produção de alimentos nos EUA só consegue ser competitiva no mundo porque o governo subsidia.

    Os estadunidenses tem os piores hábitos alimentares do mundo, e são responsáveis pela maior parte dos hábitos alimentares negativos do mundo.

    Os estadunidenses são os maiores consumidores de combustível por meio de veículos automotores, e mesmo assim não tem uma indústria automobilística mais ecológica que o Brasil.

    Apesar de ter o maior poder militar do mundo, os EUA não tem os melhores soldados.Os alemães, os russos, os franceses, os vietnamitas, os japoneses sempre foram melhores “soldados” em combate (considerando apenas armas manuais individuais, sem máquinas).

    Os filmes ou desenhos estadunidenses sempre negativaram, ridicularizaram. ou inferiorizaram os russos, os alemães, os chineses, os árabes, os franceses, os indianos, entre outros. Justamente as nações que mais contribuíram com o desenvolvimento da humanidade, inclusive com o desenvolvimento estadunidense.

    Os EUA são o país onde o Estado mais incentiva o uso de armas de fogo no mundo, isso acontece muitos nos filmes, nos programas de tv, nos desenhos, no jogos eletrônicos, nas caças aos animais, com a autorização de menores de idade nos treinos de tiros.

    A maioria dos “atentados terroristas” que acontecem no mundo, incluindo o território estadunidense, foi financiado pelos EUA, que são o maior consumidor de drogas ilegais do mundo. Quando um estadunidense compra cocaína da Colômbia, o dinheiro vai também para as FARCS, que posteriormente usam o dinheiro para financiar as próprias atividades ilícitas.

    O principal motivo dos EUA nunca terem tido muitas baixas após as “guerras” que participou, é o fato das guerras acontecerem fora do território estadunidense.

    A maior parte do combustível que os EUA usam no automóveis militares (carros, aviões, helicópteros, navios, tanques…) na invasão ao Iraque, são de origem do Oriente Médio.

    Os EUA são o país que têm mais diversidades nas produções de energia, e são o país que mais investe em novas tecnologias energéticas. Isso acontece justamente por causa da dependência energética que os EUA tem com os outros países. O Brasil não precisa investir em novas tecnologias, pois é “independente” energeticamente.

    Em 2012 completam 40 anos do embargo econômico dos EUA em Cuba. Mesmo após 40 anos de embargo, Cuba tem uma qualidade de vida boa, tem uma excelente medicina, e é muito desenvolvida nos esportes. Se o mesmo embargo que Cuba sofre acontecesse com os EUA, os EUA seriam menos desenvolvidos que o Brasil em menos de 5 anos, pois não teriam alimentos suficientes para alimentar toda a população do país, a maioria das cidades estadunidenses não teriam energia elétrica, não existiria combustível suficiente para os veículos particulares e para os veículos militares, a maioria dos profissionais qualificados que moram nos EUA iria migrar para outros países, o país teria o maior índice de desemprego, os mexicanos deixariam de entrar ilegalmente nos EUA pois o México iria ser mais desenvolvido que os EUA, os EUA não teriam mais recursos para invadir outros países, outra super potência surgiria.

    O Bope-RJ é considerada a melhor polícia urbana do mundo, a SWAT estadunidense nem está entre as 5 melhores polícias urbanas do mundo.

    Os EUA e os países mais desenvolvidos da Europa são os que mais exploraram os recursos naturais dos próprios países, muitos desses países acabaram com mais de 75% das florestas nativas que existiam em seus territórios, e mesmo assim criticam os países de 3ª Mundo que estão fazendo atualmente, o que eles faziam no passado. Não existe desenvolvimento sem que exista exploração dos recursos naturais.

    Nos últimos 10 anos, um grupo de estadunidenses foi flagrado com bactérias que seriam jogadas em uma fazenda em Barreias-BA, com o objetivo de prejudicar a produção daquela fazendo. Terrorismo biológico.

    Apesar de tem o maior poder militar do mundo, os EUA não conseguiram conquistar o Vietnam, os combatentes vietnamitas usavam apenas armas individuais. Os tanques blindados, os jatos supersônicos, as bombas, os helicópteros estadunidenses perderam para a cultura vietnamita, apesar dos mais de 2 milhões de vítimas vietnamitas, contra os menos de 250 mil mortos estadunidenses.

    Os estadunidenses combatem a entrada de imigrantes ilegais no território dos EUA, mas invadem países soberanos para matar pessoas inocentes. Os imigrantes que entram nos EUA, costumam entrar com o objetivo de trabalhar (ajudam a desenvolver o país), contribuem com a previdência do país, e quando voltam para os países de origem, o dinheiro da previdência, continua na previdência estadunidense.

    As autoridades estadunidenses criticam alguns países que desrespeitam os direitos humanos, mas é o país que mais torturou e ensinou a torturar na história do planeta.

    Os EUA têm apenas dois partidos políticos oficiais (Democrata, e Republicano), são apenas 2 candidatos à Presidência do país, enquanto países como o Brasil tem mais de 10 partidos políticos, e mais de 10 candidatos à Presidência da República, o que teoricamente disponibiliza mais opções para as pessoas, mais diversidade de pensamentos.

    Os EUA estão entre os 10 países desenvolvidos com mais pessoas pobres.

    A Coreia do Sul é o país que tem o melhor sistema educacional do mundo, ou está entre os 5 melhores. Os EUA nunca tiveram o melhor sistema de educação do mundo.

    Os EUA profissionalizaram a profissão de Soldado Militar, o Soldado Militar é bem treinado e bem pago para matar pessoas inocentes ao redor do mundo. O militar estadunidense é obrigado a se alistar nas forças armadas, talvez seja obrigado a servir por no máximo 1 ano, mas ninguém é obrigado a ir para “guerras”, só vai quem quer. Muitas pessoas escolhem servir as forças armadas justamente para matar pessoas inocentes durante as invasões estadunidenses. Durante a invasão ao Vietnam, muitos estadunidenses foram obrigados a ir para a “guerra”, no Iraque e Afeganistão, só foi quem quis. O soldado militar é ensinado oficialmente a torturar durante os terinamento militares.

    A China já sofreu com invasões estrangeiras (EUA, Inglaterra, Japão…) e por isso investiu e desenvolveu bombas nucleares. A China invadiu o Tibete, que é um país pacífico, justamente para saber quem iria intervir.

    O país desenvolvido com maior índice de homicídios com armas de fogo são os EUA.

    Os estadunidenses acham que tem a missão divina de intervir no mundo, vários presidentes estadunidenses usaram a religião como justificativa para a maioria das invasões a estados soberanos. Na internet é possível assistir à vários vídeos que comprovam isso.

    O Nazismo não é permitido legalmente na Alemanha, mas a KKK existe oficialmente e legalmente nos EUA. É normal, e legal, acontecerem passiatas que incentivam o preconceito (racial, étnico, religioso…) nos EUA, durante as manifestações racistas é normal a população realizar doações aos membros das manifestações racistas.

    Os EUA são quem mais fabricam armas de fogo no mundo, a maioria dessas armas vão parar nas mão de criminosos ao redor do planeta.

    A mandarim é o idioma mais falado no mundo, o espanhol é o segundo idioma mais falado no mundo, o inglês é o terceiro idioma mais falado no mundo.

    Os estadunidenses são tão arrogantes que não costumam aprender os idiomas dos países que costumam visitar.

    Os EUA criam unidades de medidas que são usadas apenas em seu território, mesmo existindo unidades universais usadas há centenas de anos pelo mundo inteiro. A único país que usa o ponto (.) como separador de decimais são os EUA, os outros países usam a virgula para separar as decimais.

    Os EUA é o país que mais censura a cultura estrangeira, em se tratando de áudio e vídeo. Yu-Gi-Oh é talvez o desenho japonês mais censurado até agora, fazendo com que a própria ideia do desenho seja modificada ou perdida.

    As pessoas costuma ir ao EUA para procurar tratamentos médicos, mas os EUA não têm o melhor sistema de saúde do mundo, e não tem a melhor medicina do mundo. Cuba e China são mais desenvolvidas na medicina que os EUA.

    Português, Espanhol, Catalão, Francês, Italiano, Rético, Romeno, e o Sardo são idiomas de origem latina, mesmo assim o brasileiro dá preferência em aprender um idioma de origem anglo-saxônica, ignorando as limitações linguísticas, históricas, e culturais.

    Muitos brasileiro conhecem a Disney, mesmo sem conhecer o Beto Carreiro Wolrd, conhece as Cataratas do Niágara antes de conhecer as Cataratas do Iguaçu.

    Só nos EUA o Football não se refere ao esporte da FIFA.

    Os EUA não são o país com a melhor qualidade de vida, não têm o melhor sistema de saúde, não tem o melhor índice de empregabilidade, não é o país mais pacífico do mundo, é o país desenvolvido com uma das maiores taxas de homicídios, têm a maior dívida externa do mundo, é o país com a maior dependência energética estrangeira, é o país que mais desrespeita nações soberanas. Então por qual motivo as pessoas costuma sempre falar bem, e preferirem visitar principalmente os EUA? Resposta: Marketing. O Marketing surgiu como ciência nos EUA na década de 1950. Nos filmes, desenhos, músicas, programas de tv, jogos eletrônicos, os EUA sempre tentam fazer com que a população mundial sinta simpatia pelos EUA. A bandeira, os símbolos, as datas sempre são representados nos filmes, desenhos, e jogos estadunidenses. Quantas vezes a bandeira japonesa aparece em: Yu-Yu-Hakusho, Yu-Gi-Yo, CDZ, DB, Samurai X, Pokemon, Bleach, Naruto? Nenhuma, e mesmo assim os desenhos japoneses tem um nível cultural e filosófico muito grande, todos reconhecem um desenho japonês sem precisar ver a bandeira japonesa.

    Informação é funcamental, quem não tem informação, não deveria dar opnião:

    Brazucas – São brasileiros que moram nos EUA
    Americanos – Qualquer pessoa que nasça no continente americano (America do Norte, America Central, ou America do Sul).
    Norte americano – Nasceu na America do norte, refere-se ao continente.
    Para se referir exclusivamente às pessoas que nasceram nos EUA, o correto é chamar de estadunisenses.

  25. Todos os países têm seus lados negativos e positivos. Os brasileiros têm o costume de apenas comentarem sobre o lado negativo do Brasil, e só vêem o lado positivo dos países desenvolvidos.

    Tirando Cuba, todos os países da America Latinas são colônias culturais dos EUA, quase sempre os EUA impuseram seus interesses na região através da força militar, ou por meios de embargos econômicos.

    Nenhum país é 100% dependente, nos consumimos os produtos estadunidenses, da mesma maneira que os estadunidenses consomem os produtos de outros países:
    1. Os EUA são o país mais dependente do petróleo estrangeiro, os carrões estadunidenses só andam porque dentro dos tanques de combustível tem um derivado de petróleo que muito provavelmente veio de um país árabe. Aqueles tanques de guerras, jatos supersônicos, helicópteros militares, e portas aviões usados para invadir o Afeganistão e o Iraque dependem do petróleo desses mesmos países que os EUA estão invadindo.
    2. A internet desenvolvida pelos EUA, só existe por causa da matemática desenvolvida no Egito, na Mesopotâmia ( região do onde ficam o Irã, e Iraque), e na Grécia.
    3. O EUA só tem o maior poder militar hoje porque a China inventou a pólvora antes.
    4. Os EUA foram o primeiro país a possuir bombas atômicas por causa dos cientistas europeus que ajudaram a desenvolver, o cientista mais conhecido era o alemão Albert Einstein.
    5. Os carros usados pelos estadunidenses foram inventados na Europa.
    6. A política, o teatro surgiram na Grécia.
    7. A medicina surgiu no Egito.
    8. A primeira estação de rádio só foi inaugurada nos EUA porque o rádio foi inventado por um padre italiano que morava no Brasil.
    9. China, Índia, Egito, Grécia, Mesopotâmia, Pérsia foram as nações que mais contribuíram com o desenvolvimento do planeta, os EUA seriam nada se não fossem por essas nações.
    10. A maioria das letras do alfabeto estadunidense teve origem grega, fenícia, e árabe.
    11. O Império Mongol, o Império Romano, A Inglaterra, a Alemanha, a União Soviética, e a França já foram as nações mais desenvolvidas e influentes do mundo, hoje a nação mais influente são os EUA, um dia surgirá outra nação mais influente, as coisa funcionam assim.

    O principal motivo que faz com que os brasileiros sintam simpatia pelos EUA, é o fato de sermos influenciados pelos filmes, jogos eletrônicos, músicas, e produtos estadunidenses.
    Os EUA não estão entre os 20 melhores países para se morar no mundo, considerando vários fatores essenciais para a maioria das pessoas (segurança, empregos, saúde, transporte…), mas mesmo assim, a falta de conhecimento das pessoas faz com que prefiram visitar os EUA, ou morar nos EUA, mesmo existindo países muito melhores, e com uma cultura infinitamente mais rica que a dos EUA. A maioria dos países da Ex União Soviética tem melhor qualidade de vida que os EUA, e a cultura desses países é infinitamente superior ao dos estadunidenses. Chile é um país em desenvolvimento, e é considerado um país mais pacífico para se morar. Tenho que admitir que os EUA fazem muito bem a propaganda deles, não é atoa que o marketing surgiu nos EUA, errado somos nós que não temos cultura, informação e nos submetamos as vontades estrangeiras muito facilmente.

    A seguir, o lado que poucas pessoas sabem sobre os EUA

  26. Um brasileiro foi morto pela polícia da Inglaterra acidentalmente, e a responsável pela operação foi promovida anos depois. Corrupção existem em todos lugares, e em todas as formas. Mas costumamos ver apenas nossas corrupções.

    Um brasileiro foi morto pela polícia da Inglaterra acidentalmente, e a responsável pela operação foi promovida anos depois. Corrupção existem em todos lugares, e em todas as formas. Mas costumamos ver apenas nossas corrupções.

    Um Soldado Estadunidense matou 17 afegãos inocentes, já é um absurdo ter invadido o território afegão, e os meios de comunicação dizem que o Soldado estava com problemas psicológicos.

    Um norueguês matou 78 pessoas inocente, e os meios de comunicação afirmam que a pessoas poderia ter problemas mentais.
    Ou seja, se for caucasiano, então tem problemas mentais, se for negro, árabe, latino, asiático então é terrorista.

  27. Algumas pessoas comentam que determinado país é limpo, que as pessoas são honestas, que a remuneração é alta, que os transportes públicos são bons, que o sistema de saúde é bom, mas esquecem que elas não são responsáveis pelo desenvolvimento desses países,e ignoram o fato de serem responsáveis pelo próprio país ter os problemas que tem.
    Quem vai desenvolver o Brasil são aquelas pessoas que moram no Brasil, nenhum país se tornará uma super potência de um dia para outro.

  28. Universidade (1150)
    É fundada a primeira universidade do mundo, em Bolonha, na Itália. A criação da instituição dá à Europa o impulso intelectual que desembocaria no Renascimento no século XIV, e na Revolução Científica, entre os séculos VXI e XVII.

    Algarismos Arábicos (1202)
    O matemático italiano Leonardo Fibonacci (c.1170-1240) troca os incômodos algarismos romanos pelos arábicos. A facilidade que isso trouxe para os cálculos resultaria no avanço da álgebra e, por conseqüência, da tecnologia.

    Bússola Magnética (1269)
    O engenheiro francês Petrus Peregrinus de Maricourt descreve pela primeira vez uma bússola em que uma agulha imantada bóia sobre um líquido. Apesar de já ser conhecida dos chineses há séculos, a bússola só passa a ser construída a partir dessa descrição.

    Imprensa (1454)
    A impressão com tipos móveis se originou na China, entre 1041 e 1048. Mas foi o alemão Johannes Gutenberg (1400 – 1468) quem criou os tipos fundidos em metal e a tinta que aderia ao papel. Naquele ano, ele imprimiu a “Bíblia”, em latim, em Mainz, na Alemanha.

    Telescópio (1610)
    O italiano Galileu Galilei (1564 – 1642) aponta para o céu sua recém-inventada luneta e descobre os quatro maiores satélites de Júpiter, marcando o início das pesquisas sobre o Universo.

    Máquina de calcular (1623)
    O alemão Wilhelm Schickard (1592 – 1635) constrói uma calculadora mecânica capaz de somar, subtrair, multiplicar e dividir. Só em 1820 o francês Charles Xavier Thomas de Colmar criaria a primeira máquina de calcular comercial.

    Química moderna (1661)
    O livro “O Químico Cético”, do físico e químico irlandês Robert Boyle (1627 – 1691), lança as bases da química moderna. Nele, Boyle prega que as teorias têm de ser comprovadas por experiências práticas.

    1712 – Máquina a vapor
    O inventor da máquina a vapor não é o escocês James Watt (1736-1819). Mas é ele que aperfeiçoa a engenhoca criada por Thomas Newcomen. Seja como for, a máquina traz a Revolução Industrial.

    Bateria elétrica
    O físico italiano Alessandro Volta (1745-1827) faz uma corrente elétrica passar por um fio entre uma barra de zinco e outra de cobre, mergulhadas em dois recipientes com água salgada. Está criada a bateria elétrica.

    1876: Telefone
    Usando a tecnologia do telégrafo, o escocês Alexander Graham Bell (1847 – 1922) inventa um jeito de transmitir a voz a distância transformando-a em sinais elétricos.

    1888: Plástico
    O químico alemão George Kahlbaum (1853 – 1905) começa a fabricar garrafas de metacrilato, na primeira utilização do plástico. Mas o material sintético só iria se tornar popular com a invenção da baquelita, no século XX.

    1888: Ondas de rádio
    O alemão Heinrich Hertz (1857 – 1894) usa descargas elétricas para produzir as primeiras ondas de rádio, tornando possível a invenção de novos meios de comunicação, como o telégrafo sem fio, o rádio e a televisão.

    1895: Cinema
    É exibido, em Paris, o filme “A saída dos Trabalhadores da Fábrica Lumière”. A projeção de imagens em movimento foi idéia dos franceses Auguste e Louis Lumière (1862 – 1954 e 1864 – 1948).

    1895: Raios X
    Quando descobriu os raios que atravessavam objetos e deixavam impressões em chapas fotográficas, o alemão Wilhelm Conrad Roentgen (1845 – 1923), pensou erradamente que eles não tinham nada a ver com a luz. Por isso foram chamados de um tipo “x” de raios.

    1911: Núcleo atômico
    O físico neozelandês Ernest Rutherford (1871 – 1937) provoca uma reviravolta na física atômica ao mostrar que os átomos podem ser quebrados em partes menores e que a maior parte de seu peso está no núcleo.

    1911: Núcleo atômico
    O físico neozelandês Ernest Rutherford (1871 – 1937) provoca uma reviravolta na física atômica ao mostrar que os átomos podem ser quebrados em partes menores e que a maior parte de seu peso está no núcleo.

    o bacteriologista escocês Alexander Fleming (1881 – 1955) descobrisse a penicilina, a humanidade era vítima fácil dos micróbios. Hoje, conhecemos um monte de antibióticos e outro tanto de bactérias resistentes a eles.

    1935: Radar
    A equipe de pesquisadores liderada pelo físico escocês Robert Watson-Watt (1892 – 1973) cria o primeiro radar. Embora seja um instrumento de guerra, o radar é fundamental para a navegação, seja por terra, por mar ou por ar.

    1957: Satélite artificial
    A extinta União Soviética lança o Sputnik 1 – uma esfera de 58 centímetros de diâmetro e 84 quilos de peso. Um mês depois, o Sputnik 2 leva ao espaço a cadela Laika. Os dois eventos disparam a corrida espacial com os Estados Unidos

    E depois os estadunidensse dizem que são 100% “americanos”.

    Cada nação contribuiu com o desenvolvimento do mundo de alguma maneira,mas as pessoas só lembram dos EUA.

  29. Tudo isso é dor de cotovelo ?
    Os EUA são o país mais rico e poderoso do mundo e vai continuar a sê-lo por muitos anos e ponto final !
    E viva o hamburguer e a coca-cola…e viva Hollywood e o Rock´n´roll.

  30. Existem paises muito melhores que os Eua como o Canda,Australia,Japao,Coreia do sul.Voces acham que Eua e´o centro do mundo?

  31. Gostei muito do seu blog. Moro no Brasil, mas meu sonho é estudar teatro nos EUA, mas pretendo voltar. Então, o que mais se observa nesses tais anti-americanos, é a hipocrisia dos mesmos. Vejo muito desses invejosos no Facebook, que por acaso é uma rede social americana. Como se não bastasse reclamar dos Estados Unidos numa rede social feita por americanos, eles ainda possuem livros, filmes e séries americanas nas opções “curtir”. Vi um cara dizendo que temos que evitar tudo que é dos EUA, mas quando perguntei sobre o Facevook e Windows, ele disse que não tem outras opções. Bem, ele tem a opção de NÃO USAR, não é verdade? Maioria deles confunde os americanos com o governo deles, mas o que eles não sabem é que muitos americanos protestam contra o que os EUA fazem no Oriente Médio, coisa que jamais aconteceria no Brasil, já que o povo se conforma com o próprio estilo de vida precário, imagina se iria se preocupar com outros países?? Enfim, esse foi o meu desabafo…

  32. Olá Érick,

    Penso que esse comportamento se resume ao seguinte: se o Brasil fosse os EUA hoje, eles fariam as mesmas coisas, por que é isso que quem está no poder faz. Talvez no caso do Brasil com maiores restrições a liberdade do povo do que já existe atualmente e com mais controle do governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *