Cultura Americana, Curiosidades

Como É O Churrasco Americano?

receita de churrasco americano
por rockbandit via flickr

4 de Julho é o dia no qual se comemora a independência dos Estados Unidos e consequentemente essa data também é um feriado nacional muito celebrado.E não há como pensar em 4th of July sem falar de um dos passatempos preferidos para a ocasião: barbecuing.

O barbecue ou churrasco americano é super diferente daquilo que nós, brasileiros, consideramos churrasco.Para falar a verdade, dependendo do estado e até da cidade americana em questão, aquilo chamado de barbecue muda de cara.

Tem gente que diz que ele é feito somente com porco (os mais exigentes dizem que somente com algumas partes específicas do porco).Outros dizem que carne de boi também é barbecue e outros incluem galinha na lista.

Há aqueles queconsideram cachorro-quente como BBQ (muitos americanos gostam de assar as salsichas na churrasqueira), enquanto outros pensam que dizer isso é um sacrilégio. Como pode-se esperar  as escolhas de carne de boi, por exemplo, usadas no churrasquinho americano são imensas.

É possível encontrar diversos selos em embalagens de carnes em mercados amerianos, tais quais:

 

  • organic (orgânico),
  • grass-fed (gado que somente come pastagens),
  • grain fed (gado regular, que come rações),
  • natural beef (carne sem antibióticos mas que não segue à risca os “mandamentos” para o gado orgânico – por isso não possui o mesmo nome)
  • e kosher beef (que é a comida que segue as leis judaicas de abatimento para consumo). A comida judaica nos EUA é levada a sério.

 

Há bastante vários tipos de cortes de carne disponíveis em mercados americanos. Embora para o americano comum, que faz seu barbecue em seu quintal para celebrar o Independence Day e outras ocasiões, a lista do que é BBQ geralmente inclui tudo que pode ser colocado sobre uma grelha. Essa maneira de classificação é a mais ampla de todas.

Mas não é somente o tipo de carne que costuma diferir, até a cor do molho (o famoso molho barbecue/ barbecue sauce) muda de estado para estado.

Para se ter uma idéia: Há 12 receitas de molho barbecue espalhadas por diferentes regiões americanas e usadas por “especialistas” do assunto.

Cada uma dessas receitas tem em sua base alguns dos ingredientes abaixo:

  • Mostarda (se você não sabe há diversos tipos de mostardas vendidos e consumidos nos EUA, portanto se mudarmos o tipo daquela na receita o gosto da mesma muda completamente).
  • Molho de tomate
  • Ketchup
  • Vinagre e pimenta

 

Depois de checar essa lista acima podemos imaginar que alguns desses molhos serão mais densos já outros serão mais fluidos e que a diferença no produto final será notável.

Pratos que geralmente acompanham o barbecue não são nada parecidos com os que acompanham o churrasquinho nosso de cada dia.

Aqui nos EUA barbecue é servido com feijão (alguns mais picantes outros doces), coleslaw (que é uma salada de repolho adocicada), aspargos grelhados, mac’n’cheese, vagens e até com fatias de pão (vai entender!).

Mas o que mais chama a atenção de um brasileiro no churrasco americano é com certeza o molho barbecue, já que ele é toque final dado à carne.

Ficou com água na boca e está a fim de experimentar o famoso barbecue? O segredo está no molho, então segue uma receita de molho barbecue, receita de molho para mopping e seguida de receita de costelinhas de porco à la americana. Os molhos barbecue com base de molho de tomate e ketchup são os mais conhecidos. Veja como fazê-lo:

Receita de Molho Barbecue

Ingredientes:

  • 1 xíc catchup
  • 1/4 xíc água
  • 1/4 xíc vinagre
  • 1/4 xíc açucar mascavo
  • 3 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 2 colheres de sopa de páprica picante
  • 1 colher de sopa de chili em pó
  • 2 cabeças de alho, amassadas
  • 1 colher de chá de pimenta caiana

Modo de preparo:

Aqueça o azeite numa panela. Adicione o alho e frite até ele ficar douradinho. Coloque o restante dos ingredientes e abaixe o fogo. Tampe e deixe cozinhar em fogo baixo por 15 minutos até ela encorporar.

Rendimento: aproximadamente 2 xícaras.

 

Receita de Tempero usado para marinar a costela:

Ingredientes:

  • 1/2 xíc açucar mascavo brown sugar
  • 1/4 xíc de páprica picante
  • 1 colher de sopa de pimenta do reino moída
  • 1 colher de sopa de sal
  • 1 colher de sopa de chili em pó
  • 1 colher de sopa de alho em pó
  • 1 colher de sopa de cebola em pó
  • 1 colher de chá de pimenta caiana

Modo de preparo:

Misture todos ingredientes e coloque-os em um container fechado.

Rendimento: aproximadamente 1 xícara

 

 

Receita de Molho “Mop” Para Churrasco:

O mop sauce é colocado em um recipiente de alumínio e sobre a churrasqueira, já que ele deve ser pincelado sobre a carne durante o processo de assá-la.

Segue uma receita abaixo com o molho mop:

  • 1 xíc. vinagre
  • 1/2 xíc óleo
  • 1/4 xíc. de água
  • 1/4 xíc de suco de limão
  • 1 1/2 colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de alho em pó
  • 1 colher de chá de chili em pó
  • 1 1/2 colher de chá de páprica picante
  • 1 1/2 colher de chá de molho de pimenta
  • 1/3 xíc de molho inglês
  • 1/2 colher de chá de louro moído

 

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes em uma panela até que a mistura ferva. Use o molho da maneira indicada no início dessa receita.

Além do molho barbecue para fazer costelinhas de porco na churrasqueira a carvão você também vai precisar de:

  • Costelas de porco
  • Mistura de temperos para marinar a carne usada antes de colocar a carne na churrasqueira (receita abaixo)
  • 1 formas de alumínio pequena
  • Termometro para carne
  • Molho barbecue
  • uma faca grande
  • um pincel de cozinha para passar o molho “mop” na carne.

Passo-a-passo:

Pré-aqueca a churrasqueira a 107-121 graus Celsius.

Lave as costelas, seque-as e esfregue a mistura de temperos na carne dos dois lados.

Deixe a carne pegar o tempero por meia hora na geladeira. Deixe que a carne algum tempo fora da geladeira antes de colocá-la na churrasqueira.

Coloque o recipiente de alumínio com o “mop sauce” sobre a churrasqueira.

A carne deve assar por 3 a 4 horas à temperatura de aproximadamente 121 graus e as grelhas devem estar próximas do fogo.

A carne está no ponto quando as costelinhas se separam facilmente uma das outras, porém partes da carne ainda ficam coladas aos ossos.

Passe seu barbecue sauce nas costelas e deixe-as assar um pouco mais se você quiser criar uma crostra de melhor barbecue sobre as mesmas.

Agora você não pode dizer que não sabe fazer um churrasco diferente e pode experiementar aquilo que americanos chamam de Barbecue. Bon apetit!

Fique por dentro dos posts do blog!

Coloque seu email abaixo

Quer morar nos EUA também?

Gostou do Post? Compartilhe!

11 comentários sobre “Como É O Churrasco Americano?

  1. Olá Lu acompanho seu blog diariamente e tenho não apenas que lhe dar os parabéns, mas também agradecer por todo o carinho e dedicação que você tem com todos que possuem o mesmo sonho: Viver um dia nos Estados Unidos.
    Se Deus quiser um dia vou conseguir realizar essa meu sonho de infancia, mas gostaria de fazer um pedido para você. Teria como fazer uma postagem sobre animais de estimação. Digo no sentido de quais os documentos necessarios para levar meu pet (praticamente minha filha =D) junto comigo, pois deixar ela aqui no Brasil eu não deixo não =X

    Novamente muito obrigado Lu, seu blog realmente é “show”, sempre! Nunca nos abandone, pois ele é minha fonte de informações diarias 😉

    Um grande beijo

  2. Márcio,

    Obrigada por acompanhar o blog. A sugestão para o post é ótima e em breve postarei a respeito. Fico muito feliz em saber que o blog serve seu propósito. Continue nos acompanhando e participando 🙂

    Bjs,
    Lu

  3. Lu, você poderia escrever aqui ou postar algum site sobre os tipos de corte de carne em inglês como filé, alcatra e etc?
    Bjs

  4. Nossa, que legal. Muito bom.. ainda não conheço os EUa… também não quero ter esse costume de churrasco. Estou estudando um pouco sobre a carne e vejo que ela é ruim pra nós. No site que estou lendo por exemplo explica os maleficios da carne… e tem tanto cardápio pra comer sem usar a carne que é verdade, dá pra ficar sem ela, pelo menos a carne vermelha. Nossa, legal, adorei o blog. Parabéns! Rebeca Gurne

  5. Lu

    Sei que é redundante falar mas… ADOREI O POST!!!

    Gosto muito do Barbecue sauce…vou copiar a receita!!

    Thx!!!

    Marion

  6. Eu vou tentar a receita do molho de barbecue com certeza. Mas a gente compra um aqui muito bom também. Outro dia o Robert fez carne de porco “defumada” na churrasqueira. Ficou a manhã inteira defumando. Ficou uma delícia!!
    Bjs LÚ!!

  7. Olá, parabéns pela postagem. Você poderia me indicar algum curso aí nos EUA para churrasqueiros profissionais os chamados PitMasters?
    Pretendo ir ao EUA ainda em 2018 para conhecer a cultura, trabalhar um pouquinho e fazer alguns cursos na área de churrasco americano.

  8. Obrigada. Infelizmente não conheco mas dê uma pesquisada no google.com que tenho certeza que voce encontrará algum na cidade de sua escolha. Sucesso!

  9. ola,queria muito a receita de salada de repolho,combina com o churrasco!

Faça parte da conversa: