Dicas de viagem, Para imigrantes

Dicas Para Economizar Em Restaurantes Dos EUA

Uma das coisas boas de morar nos Estados Unidos é que há diversos tipos de restaurantes para os mais diferentes gostos e que eles costumam ser bem mais acessíveis (por isso é que muitos americanos curtem jantar fora 😉 ).

Mas digamos que você está de passagem pelos EUA ou mora aqui há algum tempo e gosta de sair para jantar fora regularmente, no entanto você possui uma família grande contigo e os preços nesses casos podem passar além da conta.

Como economizar nesses casos e em restaurantes americanos em geral? Veja as dicas abaixo:

Preste atenção no menu:

Leia o menu todo e quaisquer folhas separadas que os garços trouxerem à mesa antes de fazer suas escolha, muitas vezes há promoções e pratos por menor preço e mesmo valor “escondidos” pela lista de guloseimas.

Às vezes menus possuem somente números sem o sinal da moeda na frente dos mesmos. Quando isso acontecer, considere que aquele número é o preço do prato, mesmo sem o sinal de dólar.

Peça o prato do dia (special of the day):

Todos restaurantes possuem pelo menos um item especial do dia em seus menus e eles costumam ser mais baratos.

O mesmo vale no caso de bares e para sair para beber com amigos. Nos dias mais calmos ( geralmente terça e quarta no caso de bares e pubs) há sempre listas de bebidas e combinações das mesmas por menor preço.

Ignore isso porém se estivermos falando de sports bars, já que eles são mais agitados quando há jogos das ligas nacionais de basquete, futebol americano, hóquei e etc, os quais podem ocorrer em qualquer dia da semana.

Lembre-se que menores de 21 não podem beber bebidas alcoólicas nos Estados Unidos.

Escolha o dia certo para ir aquele restaurante:

Se você possui crianças veja se o restaurante de sua escoha possui um dia da semana no qual elas comem de graça ou no qual elas somente pagam metade do valor dos itens do menu.

Domingo e segunda á noite costumam ser dias mais calmos, portanto é possível que os preços sejam especiais.

Agora esqueça domingos e segundas que são feriados nos EUA, obviamente esses são os dias nos quais restaurantes mais faturam. Então preste atenção aos feriados do calendário americano.

Quintas-feiras costumam ser os dias mais agitados, portanto devem ser evitados. Primeiramente por causa da espera e da pressa que se tem que comer e para salvar uns tostões extras.

Jante mais cedo:

Como já falamos em posts anteriores, americanos jantam até duas horas mais cedo do que brasileiros. Pode até demorar um pouco até que você se acostume com esse horário, porém se você quer pagar menos há uma idéia melhor: o chamado early bird special.

Early bird é quando restaurantes começam a servir o jantar, entre as quatro e seis da tarde e com descontos. Resumindo: mesmo menu por menor preço.

Procure saber a quantidade de comida que vem no prato que você pediu:

Por quê isso é importante e como isso te ajuda a economizar? A maioria dos restaurantes americanos oferecem porções gigantescas e que cá entre nós não costumam ser compatíveis com estômagos brasileiros, pelo menos não de uma só vez.

Portanto saber se o prato pode ser dividido por duas pessoas é um must.

Esqueça a sobremesa:

Sobremesas costumam ser os itens com preços mais exagerados em menus. Então pule a sobremesa… a não ser que você realmente esteja morrendo de vontade de experimentar alguma das sobremesas preferidas dos americanos.

Esqueça as entradas (appetizers):

Assim como as porções em geral, as entradas servidas em restaurantes dos EUA costumam ser consideravelmente grandes e como  não costuma demorar muito para que seu pedido fique pronto, entradas podem até “destruir” seu apetite para o prato principal.

Se você decidir optar pelas entradas, peça somente uma e a compartilhe comos demais na mesa.

Não se esqueça das Doggie-bags:

Falando em destruir o apetite… Se isso ocorrer não se esqueça que você pode levar o restante da comida para casa, é só pedir para que o garçom te dê uma doggie-bag, bag ou box.

Cupons, cupons e mais cupons:

Caso você more nos EUA é possível se cadastrar em sites especializados em oferecer descontos que podem ser impressos e apresentados em restaurantes.

Outra dica é ficar atento a revistas e jornais, já que eles sempre possuem cupons para jantar fora, entre outros tipos de cupons.

Você gostou das dicas, possui mais dicas ou simplesmente gostaria de dar seu pitaco? Então deixe seu comentário abaixo.

Gostou Desse Post? Achou ele útil? Então Compartilhe Com Seus Amigos!

5 comentários sobre “Dicas Para Economizar Em Restaurantes Dos EUA

  1. Olá Lu, tudo bem?

    Estou curiosa para uma coisa e vi que o post de namoro nos eua ( http://passaportebrasilusa.com/2011/04/namorar-nos-estados-unidos/ ):

    Tenho 27 anos e sou viúva e vou me mudar esse ano para trabalhar na filial americana da empresa que trabalho. Tenho 2 filhos que vão viajar comigo. Como os americanos tratam mulheres que já tem filhos de relacionamento passado? As mulheres americanas são descriminadas por isso ou como a sociedade de uma forma geral vê isso?

    Estou comentando neste post porque o outro está fechado.

    Obrigada!

  2. Olá Vânia,

    Não há discriminação por condições da mulher ser casada, solteira, separada, divorciada, viúva, mãe solteira, morar sozinha, morar com namorado e etc. Esses são uns dos motivos pelos quais os EUA são famosos pela sua liberdade e tolerância e isso certamente se extende às mulheres.

    Certos americanos não se importarão, esses geralmente serão mais maduros e provavelmente tem família, são divorciados e etc. A média de idade de casamentos nos EUA subiu bastante e hoje é 26/27 anos, ou seja, se você busca homens mais ou menos da sua idade para aceitar sua condição, vai ser mais difícil econtrá-los. Mas isso não quer dizer que seja impossível encontrar alguém que não se importe com isso.

    A coisa boa da cultura aqui é que o homem vai te falar logo de cara o que ele acha disso e se ele quer assumir sua família ou não. Ele também deixará bem claro se ele vai sustentar seus filhos completamente, como ele vai fazê-lo e/ou se ele somente os sustentará financeiramente até certa idade. Uma coisa é certa se ele não puder tomar conta de todos vocês ele te dirá.

    Abçs,
    Lu

  3. oi Lu! Primeioro queria te elogiar pelo blog maravilhoso que vc tem e queria te agradecer5 por perder um pouco do seu tempo para se dedicar ao blog que eu amo de paixão e não passo um dia sem dar uma espiadinhaesse blog é d+. Eu queria te pedir uma coisa será que vc pode fazer um post dizendo o que vc + gosta nos EUA e o que vc menos gosta,falar dos lugares onde vc já foi.
    bjos

  4. Olá Daniele,

    Muito obrigada por seguir o blog e por participar. São seguidores igual a você que fazem o sucesso do blog 😀 Quanto ao post, posso fazê-lo sim, aguarde e obrigada pela idéia.

    Abçs
    Lu

  5. Estive recentemente nos Estados Unidos e se tivesse lide estas dicas antes teria me dado melhor. Obrigado pelas dicas. Em tempo encontrei um restaurante brasileira na 8th Av.c/47st NY

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.