O Que Dificulta Sua Permanência Nos EUA

O objetivo principal do Viver Nos EUA é oferecer informações que sejam úteis a imigrantes brasileiros que buscam se adaptar da melhor maneira possível por aqui. Sabemos que esse processo de adaptação não é fácil para todos mas nem por isso você deve ficar com medo ou se desesperar já que vamos falar sobre coisas que podem vir a dificultar sua estadia ou mudança para os Estados Unidos e o que deve se fazer para prevení-las de “estragar” sua experiência americana. Lista delas abaixo:

Falta de informação:

Aqui falo de informação no geral mesmo. Desde a não saber qual o melhor tipo de vistos para seu caso, não se informar sobre o que você pode e não pode fazer enquanto nos EUA  até a não saber se comunicar com americanos apropriadamente. Esse item engloba tudo aquilo que precisa saber antes de vir para os sobre os Estados Unidos.

A melhor arma que um imigrante pode ter é informação. Então pesquisar bastante é a forma de remediar falta de qualquer informação. Nos casos de vistos e documentos as melhores fontes ainda são as oficiais, portanto busque se informar em locais de preferência oficiais e deconfiança. Procure saber tudo sobre seu caso específico (visto, documentos requeridos e etc). Nunca se esqueça que cada caso é um caso e o visto que deu certo para fulano, por exemplo, pode não sua melhor escolha.

Falta de organização:

Brasileiros que estão acostumados com os serviços públicos no Brasil e sua burocracia deviam estar prevenidos contra falta de organização. Infelizmente não é isso que acontece e muitas pessoas que desejam viajar ou imigrar para os Estados Unidos acabam complicando processos que de outra forma correriam praticamente sem complicações.

Portanto tenha sempre em mente todos os documentos que você precisa seja para tirar seu visto, para aprensentar aos oficiais na sua chegada aos EUA, para se matricular em escolas americanas, quais você deve fazer cópias, guardar e etc. Ser um pouco organizado vai te ajudar a economizar bastante tempo e fazer com que as coisas tenham maior probabilidade de dar certo.

Não ter documentação apropriada para fazer o que se quer nos EUA:

Isso é muito importante gente e não adianta querer dar jeitinho na situação pois isso somente fará a situação piorar para seu lado. Um exemplo: Se se você vier para os Estados Unidos e trabalha sem a devida autorização (com um visto que não permita que se trabalhe, por exemplo) isso pode prejudicar suas intenções de um dia voltar a visitar ou morar por aqui. Portanto a importância de seguir o que a embaixada ou consulado dizem é grande e não é algo a ser ignorado. Não me canso de dizer que é preciso seguir as regras da imigração (o mesmo vale para as leis americanas em geral). Os oficiais americanos levam isso muito a sério.

Não falar inglês “decentemente”:

Essa é outra coisa que muitos brasileiros ignoram ao tentar a vida por aqui e se amargam depois de o fazê-lo e ainda por cima se perguntam por que suas experiências foram ruins ou por que eles não subiram de vida, entre outras coisas. Alguns desses indivíduos são os mesmos que espalham por tudo que é lado, que morar nos EUA é um horror e esse país é um horrível e mais coisas desse tipo.

Falar inglês é o básico para se virar bem por aqui e digo isso mesmo se você decidir viver em uma região onde há muitos brasileiros (o que eu pessoalmente não recomendo a todos os casos, especialmente aqueles que desejam estudar e ou melhorar seu conhecimento na língua inglesa).

Não digo com isso que não existam exceções à regra, ou seja, histórias de brasileiros que chegaram aqui sem falar praticamente nada e que conseguiram mudar de vida (para a melhor). Porém a dura realidade (que muitos futuros imigrantes não querem enxergar) é que até mesmo essas pessoas bem sucedidas teriam enfrentado menos adversidades caso falassem inglês ao aqui chegar.

Não se relacionar com os americanos:

Esse é um erro muito cometido por muitos imigrantes brasileiros nos EUA, especialmente por aqueles que somente querem ganhar dinheiro aqui e voltar a morar no Brasil ou aqueles que tem de certa forma receio de se comunicar e se envolver com americanos pois possuem a mente entupida com esteriótipos bobos sobre os gringos ou simplesmente por que eles não falam inglês (daí voltamos ao item anterior).

Conhecer americanos ajuda bastante a entender não somente o novo  lugar onde se vive mas também aprender sobre a cultura deles, isso também pode te auxiliar na sua busca por um bom emprego e a conseguir outras inúmeras oportunidades.

Não estou dizendo que você deva se isolar de contatos brasileiros. Somente digo que pode se aproveitar muito mais da vida aqui se houver envolvimento com toda a comunidade ao seu redor, nao somente a brasileira. Lembre-se que americanos podem te ajudar e a se adaptar melhor à vida nos EUA pois eles sabem melhor do que ninguém como tudo funciona por aqui.

Enfim, essas são pequenas coisas que podem dificultar a vida de qualquer imigrante nos EUA. Por aqui as regras são respeitadas e eles exigem que os visitantes estrangeiros e imigrantes façam o mesmo. Qualquer animosidade contra brasileiros somente ocorrerá se quem vier para cá desrespeitar o país e sua população. Você está “ na casa deles”, respeito é algo mútuo e você so tem a ganhar com essa atitude.

Gostou Desse Post? Compartilhe Com Seus Amigos!

Comentários

  1. Marion

    Bom dia Lu!

    Adorei o tópico!!!
    Bem, tenho feito a minha parte. Pretendo ir daqui a 2 anos, portanto já voltei para as aulas intensivas num bom curso de idiomas e tenho me correspondido com Americanos pelo ‘mylanguageexchange’. As questões referentes a documentação verei a partir do próximo ano. Bem, voltando ao Inglês…tenho mtas dúvidas em relação as preposições. Quase nunca sei qdo usar at, on, it, from, etc… Vc pode me dar algumas dicas?? Algumas regrinhas básicas, tipo usar o on antes dos dias da semana. Obrigada! MArion

  2. Post
    Author
    Lu

    Marion,

    Preposições é um assunto muito difícil mesmo e infelizmente na maioria das vezes é preciso memorizar o uso delas dentro de frases para ajudar a saber como elas funcionam. Porém há algumas regrinhas básicas:

    At antes de horas
    in antes de anos e seculos
    on antes de mes + dia

    Ha alguns verbos em ingles que precisam de preposicoes especificas depois dos mesmos e nesses casos a melhor maneira e memorizar o verbo e a preposicao como um todo ou ainda memorizar esse verbo em acao numa frase.

  3. dayane

    Oie luh bom eu estou querendo ir morar nos eua quero ir como au pair
    depois que eu ficar um tempo la e mas faciel de se legalizar?

  4. Post
    Author
    Lu

    Dayane,

    Vistos de au pair ou de turista,de estudante e o especifico para au pair nao sao vistos de imigrantes e por isso nao dao direito algum ao individuo brasileiro que os possui de conseguir o Green Card. Esses vistos so dao permanencia ao individuo ate o termino do tempo determinado pelos oficiais americanos no porto de entrada, nada mais nada menos. Depois desse periodo eles devem retornar ao Brasil e de la procurar obter outro visto e isso vale para quem deseja trocar a categoria do visto tambem, como de estudante para trabalho, por exemplo, E sempre preciso retornar ao Brasil.

    Se voce quer se “legalizar” nos EUA, pelo que entendo “conseguir um Green Card”, leia o post abaixo ja que esses sao os tipos de visto que seria aconselhavel que voce tirasse:
    Vistos Que Mais Dao Chances De Se Obter O Green Card

    Boa sorte.

  5. Cristina

    Lu, quais eram as suas condições de imigrante quando vc chegou aos EUA? E como você fez pra superar todas elas?

  6. Post
    Author
    Lu

    Cristina,

    Vim para os Estados Unidos com o visto K-1, que é o visto de noiva. Entendi pela sua pergunta que você deseja saber como eu superei possíveis dificuldades por aqui. Bem, praticamente posso dizer (e ainda bem) que não tive dificuldades algumas. Minha adaptação foi fácil.

  7. casiel

    eu e minha esposa pretendemos ir morar nos eua daqui 4 anos mas nao sabemos qual o visto serto a se tirar ja que queremos morar e trabalhar la nos ajude por favor te agradecemos desde ja.

  8. Post
    Author
    Lu

    Casiel,

    O certo seria vc vir com visto de trabalho. Mas daqui a 4 anos as leis de imigracao podem mudar consideravelmente, portanto nao da para ter uma ideia exata. Hoje seria o visto de trabalho, daqui a 4 anos nao temos certeza.

Faça parte da conversa: