Cultura Americana

Lições Que Aprendi Com Americanos

licoes americanos ensinam

A cultura americana é sem duvidas diferente da brasileira e quando se vive nos EUA por um periodo razoavel de tempo é possivel absorver algo da mesma. Abaixo algumas das coisas que aprendi durante anos morando por aqui:

Informação é tudo:

o que se pode aprender com americanos

Jamais deixe de fazer as perguntas certas na hora certaamericanos sempre buscam se informar sobre tudo, tudo mesmo!

Seja antes de aplicar para o visto, assinar um contrato, aceitar um emprego, comprar um produto online, matricular seus filhos em escolas (seja ela publica ou privada).

Enfim, eles fazem uma pesquisa a fundo pois para eles é sempre melhor “prevenir do que remediar”.  Eles sabem que informacao é poder, essa é uma licao que livraria brasileiros de muitos problemas.

Saber seus direitos e lutar por eles, porem não esquecer das suas obrigações:

No Brasil, as pessoas sempre dao um “jeitinho” para tudo (e quem nunca deu um “jeitinho” em algo que jogue a primeira pedra). Por aqui as coisas sao diferentes, todos tem seus direitos e deveres e o seguem, é claro que sempre ha aqueles que tentam burlar o sistema, porem eles sao minoria.

Essa, inculsive é uma das razoes para alguns brasileiros que moraram aqui detestar os EUA. Pois aqui as leis e regras costumam funcionar e ha punicoes por burla-las.

Alem disso no Brasil muitas pessoas sabem que estao certas porem simplesmente nao reclamam e/ou nao buscam lutar por seus direitos. É aquela velha historia de “fazer o que, né?” ou “deixa a vida me levar”.

Porem ha algo que voce pode fazer, e isso é procurar saber seus direitos e exigi-los assim como tambem seguir as regras.

Isso se aplica desde a reclamar pelo produto que voce comprou no supermercado ser enganoso ate exigir que o politico que voce elegeu tome conta do pais corretamente. Isso é algo serio e muitas vezes ignorado por brasileiros.

Cumprir com horários:

licoes aprender americanos

Americanos cumprem horarios pois eles entendem que “tempo é dinheiro”. Eles levam isso tao a serio, que se voce nao comparecer ao medico no dia marcado, por exemplo, e nao tiver avisado o consultorio, o medico te cobrara pela consulta.

O mesmo vale para voce chegar super atrasado, pois o medico pode recusar te atender e ainda por cima cobrar pela consulta nao dada.

Não desvalorizar pessoas de acordo com a classe social ou pela aparência delas:

No Brasil é muito comum as pessoas julgarem os outros e nao somente os julgarem, mais tambem os tratarem diferentemente de acordo com a imagem/emprego/classe social e etc.

Onde ja se viu existir prisao especial para quem não terminou a faculdade! O crime deles é menor por eles terem um diploma? Cometer o crime por ignorancia seria uma desculpa aceitavel se a pessoa possui um diploma?

Voce jamais vera um atendente em qualquer loja americana demorar para te atender ou te olhar com desdem por que voce esta de chinelo de dedo, por exemplo. Ou correr para te atender por que voce esta vestido com roupas de grife. Quantas pessoas nao fazem isso no Brasil?

Cuidar do meio-ambiente:

licoes aprender americanos

Americanos podem nao cuidar do meio-ambiente tao bem quanto os europeus, no entanto eles cuidam bem melhor que os brasileiros. A razao para isso é que as leis que protegem o meio-ambiente aqui sao rigorosas e aqueles que as desrespeitam sao punidos com rapidez e sem chances para recorrer da decisao.

Enfim, podemos perceber que todas as licoes acima tem a ver com saber e seguir regras, assim como tambem respeitar o proximo.

Voce aprendeu alguma licao durante sua estada nos EUA e gostaria de compartilhar sua historia conosco? Deixe seu comentario abaixo.

Quer mais sobre os EUA? Leia os ebooks da Lu

Gostou do Post? Compartilhe Com Seus Amigos!

5 comentários sobre “Lições Que Aprendi Com Americanos

  1. Eu simplesmente amei seu site! Sou jornalista e logo depois que terminei um namoro de 6 anos no Brasil, percebi que era hora de pensar em mim e investir na minha carreira com cursos no exterior e aperfeicoar meu ingles! Foi entao que vi que o melhor programa de intercambio pra mim seria au pair, pois estou com 25 anos.
    E como jornalista tenho que te dizer que escreve muito bem!
    Enfim… Estou namorando um americano ha pouco mais de um mes e tem sido dificil de entende-lo rsrs
    A historia pode ser longa, entao fica para um proximo comentario.
    Moro em Atlanta – GA e simplesmente amo a cidade. Cuido de trigemeas, moro com uma familia maravilhosa e estou estudando ingles. Gostaria de manter contato com vc se possivel, quem sabe com meu “problema de relacionamento” consigo te dar ideias para futuros posts rss

  2. Olá Gabriella!

    Primeirammente obrigada pela participação e por compatilhar um pouco da sua história conosco. Estava justamente falando sobre ser au pair e relacionamentos com americanos em posts mais recentes. Não sei se vc já leu os artigos aos quais me referi mas aqui vão os links:

    O que saber antes de se casar com americanos?
    Vamos deixar a confusão sobre os EUA para lá de uma vez por todas!

    Pode manter contato direto através do formulário de contato do blog:

    Contato

  3. Oi Lu.

    Parabens pelo blog, cheguei aqui atraves do blog do Renato, ja adicionei vc ao meu reading list, com certeza… informacoes bacanas, precisas… meu blog nasceu hoje, mas com o tempo ira tomando forma…

    Parabens pela iniciativa do seu blog e principalmente por desmistificar algumas coisas que as pessoas insistem em acreditar, mesmo sem saber ou sem nunca terem vivido aqui antes.

    Fica com Deus.

  4. I found your blog while browsing the net, and I found it to be quite interesting. Although I was born and raised in Rio, I’ve been living here in the US for 33 years, and many of the things I read in your blog were quite familiar to me.
    I came to the US when I was 26 years old, and have never had any interaction with Brazilians here. Never looked for a community, or anything like that. I was totally immerse into the American culture from the get go.
    The result was that I learned most of their customs and the language in about 6 months. I had to speak English, because there was no one for me to speak Portuguese to. Today Americans cannot even tell that I am foreign born…. I speak and write just like them, no accent at all.
    I was so immerse in their culture and way of life that I did not go back to Brasil for 20 years! What a shock it was to see the differences there after all this time. Everything and everybody I knew were gone. I could not even speak proper Portuguese anymore… and after a few days, I could not wait to get back home, home being the US now…
    Since this first trip back to Brasil, I have returned 4 other times, and must confess that in each and every one of then, after just a few days, I was missing the good old USA even more than the first time. I guess I am an American now, and Brasil is just a fading memory… the last time I was there was 2008, and I do not thing I am going back again.
    I just thought that would be interesting to know that it is possible to become completely integrated over here, even if you come as an adult, and not as a child. Sorry about writing in English, but it is a lot easier than Portuguese…
    That is all. God bless…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *