Cultura Americana, Curiosidades

Curiosidades Sobre A Questão Racial Nos EUA

O conceito de raça nos Estados Unidos é um assunto delicado . Embora alguns americanos sejam quase e em certos casos tão miscigenados quanto os brasileiros, eles definem raça de uma forma diferente da norma brasileira.

Esse tópico, aliás, sempre gera certo desconforto quando discutido nos EUA. É como discutir política e/ou religião no Brasil.

Mas para poder entender um pouco sobre como os americanos lidam com as diferentes raças presentes no país veja os pontos a seguir:

Chamar alguém de neguinho/nego nos EUA é ofensivo:

Chamar qualquer indivíduo de “negro” ou “preto” nos EUA é considerado ofensivo (e eles levam isso muito a sério) , eles chamam negros de afro-americanos;

Há uma onda de ser politicamente correto nos EUA em relação não somente à raça mas a outros aspectos de indivíduos:

Americanos tentam ao maáximo ser politicamente corretos quando eles se expressam sobre qualquer grupo racial, mas é claro que há americanos que abominam o que eles chamam de PC (politically correct);

A classificação de raças nos EUA:

Americanos classificam as pessoas em : Brancos, negros, asiaticos ou latinos (como se latino fosse raça!)  e essas definições são bem específicas.

Se uma pessoa for cafuzo ou mulata, ela será considerada negra nos EUA e não “mestica”, “parda” ou que seja…

E embora o número de casamentos inter-raciais e populacao mestiça tenham aumentado nos EUA nas últimas décadas, eles ainda são “rotulados” de acordo com a raça mais aparente fisicamente.

As políticas anti-imigrantes recentes não são parte de um movimento novo nos EUA – O que muda são os imigrantes alvo das mesmas:

A história americana é repleta de atos do governo com intenção de barrar imigrantes de certas etnias de conseguir cidadania Americana. Alguns exemplos dissão são:

  • O ato de 1790 (o qual proibia quaisquer pessoas que não fossem brancas de aplicar para cidadania);
  • O ato de 1882 que excluia chineses dos mesmos direitos citado acima;
  • E o ato de imigracao de 1924 – o qual excluia imigrantes do Sul e Leste Europeu assim como tambem imigrantes provindos da Ásia e Índia de requerer a cidadania americana;
  • Até certos imigrantes europeus sofreram grande preconceito ao se mudar para os Estados Unidos, especialmente os irlandeses e os italianos.
  • Imigrantes japoneses foram detidos em campos tipo concentração nos EUA durante a 2a Guerra Mundial.
raça nos estados unidos
No Irish Need Apply (NINA) era uma tática discriminatória usada por empregadores contra imigrantes irlandeses nos EUA no final do Século XIX e início do Século XX. No jornal de 17 de abril de 1909 se lê “No Irish Need Apply” traduzindo-se “Irlandeses não serão considerados para a vaga (nem tente)”

Durante as últimas eleições para Presidente nos EUA, muitos eleitores (e alguns membros do partido político fora do poder) chegaram  a duvidar da nacionalidade do candidato Barack Obama, que é mestiço/mulato. O que pode ser explicado por motivos racistas.

Muitos afirmaram que ele não somente seria muçulmano como nascido no Quênia. Então uma boa parte da população americana não estava preparada para um presidente mulato, ou como eles dizem por aqui, afro-americano.

EEO e raça:

Indivíduos procurando emprego nos EUA não podem ser, por lei (Equal Employment Opportunity), discriminados por quaisquer motivos… Incluindo aqueles de ordem racial. Ademais eles não podem receber salário diferente de outro funcionário da mesma empresa que tenha racça diferente e tenha mesmo cargo.

As minorias não serão minorias por muito tempo:

O que pode desesperar certas pessoas nos EUA é o fato de que o número das minorias étnicas estão crescendo nos últimos anos, ou seja, os EUA está ficando cada vez mais diverso – o país sempre foi diverso – mas agora o pessoal está se misturando mais também.

A tabela abaixo mostra o número de americanos por raça em milhões de 2000 a 2014:

Legenda usada na tabela:

  • White = brancos
  • Black or African Americans = negros
  • American Indian and Alaska Native = índios americanos e nativos do Alasca.
  • Asian = aiáticos
  • Two or more races = pessoas que se descrevem como pertencentes a duas ou mais raças – mestiços.
Resident population of the United States by race from 2000 to 2014 (in millions)
Number of residents in millionsWhiteBlack or African AmericanAmerican Indian and Alaska NativeAsianNative Hawaiian and Other Pacific IslanderTwo or more races
2014246.6642.163.9617.340.748
2013245.5941.713.9116.80.737.75
2012244.5141.263.8616.260.717.51
2011243.3840.813.815.760.697.28
2010242.2440.353.7515.260.687.04
2009241.0339.93.6414.830.666.71
2008239.7839.433.514.40.646.35
2007238.3838.943.3813.930.615.99
2006236.9538.443.2613.480.595.66
2005235.4937.963.1513.010.575.34
2004234.1237.513.0412.540.555.04
2003232.7237.072.9512.10.534.75
2002231.4536.682.8611.650.514.48
2001230.0536.262.7711.180.494.22
2000228.5335.812.6810.710.473.96

Fonte: Statista
Agora, veja gráfico com a % de hispânos nos EUA em 2014 em contraste com uma projeção do crescimento das pessoas de origem Hispâna nos EUA em 2060:

Statistic: Percentage of population in the United States in 2014 and 2060, by race and Hispanic origin | Statista
Fonte: Statista
Enfim, o cenário racial americano está mudando e ainda temos que ver como essas mudanças impactarão o país. Essas são curiosidades sobre o conceito racial nos EUA e como os americanos se comportam sobre o assunto.

Você já morou nos EUA? Mora nos EUA ou já passeiou por aqui e presenciou algo no sentido racial? Como você compararia a mentalidade Americana com a brasileira a respeito desse assunto? Deixe seu comentário ou use nosso forum abaixo.

* post revisado em 2016.

 quero saber mais!

Gostou Do Post? Compartilhe!

13 comentários sobre “Curiosidades Sobre A Questão Racial Nos EUA

  1. Esse assunto é de fato bem delicado, mas acho que o preconceito existe sim até mesmo de negro contra branco. Acho engraçado as pessoas ao falarem de um “negão” chamam ele de “moreno escuro” ou “bem moreno” outros chamam os “brancos” de “branquelo”. O racismo existe, assim como o preconceito contra o pobre, ou o nordestino “paraíba”…é lamentável que isso ainda exista.

  2. Eh verdade Sheila,

    Tanto no Brasil como nos EUA o racismo ainda persiste. Porem acho que nos EUA ele e bem mais visivel e por aqui o preconceito dos negros contra os brancos e bem maior do que bo Brasil.

  3. Eu moro nos USA há 2 anos, sou negra e concordo que o assunto seja delicado. O que quero acrescentar é que o que vocês mencionarma aqui como “preconceito” do negro, eu classifico com ressentimento. Afinal, a segregaç”ao racial foi pesada, a vitória pelos direitos civis recente e não há como comparar a história norte-americana com a brasileira (no que diz respeito a segregação). Acho que a palavra preconceito não deve ser empregada nesse caso.

  4. Nunca vi na minha vida pais mais racista do que Brasil!!
    isso porque, Brasil è segundo pais com mais negros no mundo, so perde para Nigeria, mas parece que as pessoas aqui voam, porque a forma como tratam os negros è horrivel, por isso atè inventaram o dia da cosnciencia negra, pra que isso?? so pra lembrar ao brancos que negros tambem sao pessoas?? isso è ridiculo, pelo menos nos Estados Unidos o negro e o branco tem o mesmo direito e nao existem cotas para ninguem, aqui se for negro e pobre: coitado!!
    se for assaltado por alguem sempre vao dizer que foi um negro,msm sem ter visto vao dizer que foi negro!
    portanto nenhum brasileiro tem capacidade de falar sobre o racismo de outros paises porque o Brasil è numero um em discriminar as pessoas, e ainda defendem: O DIFERENTE È NORMAL!! è sim mas nao aqui.

  5. Oi, tudo bom ?
    Amei essas informaçoes sobre os Estados Unidos , concordei com tudo , eu quero muito morar ai , crescer na vida , me qualificar e tenho certeza que vou me dar muito bem ai :), mas eu tenho uma duvida sera que voce pode me responder ?
    eu irei fazer Nutriçao ou Enfermagem , e queria saber como é o mercado de trabalho ai ? , sera que tenho chances de conseguir um bom emprego em uma dessas areas ? , irei fazer meu curso de ingles ano que vem , e assim que me forma na faculdade pretendo morar ai !
    você é de qual lugar dos Estados Unidos ? , eu quero ir pra Nova York ! não vejo essa hora 🙂
    Serei garata se responder !
    Obrigado 🙂
    Beijos .

  6. Oi Jessica,

    Devido a situacao economica esses dois tipos de profissoes nao estao oferecendo muitas vagas,especialmente para imigrantes. Mas como seu caso e para o futuro, pode ser que ate la as leis de imigracao e situacao economica podemudar bastante, entao nao tenho como saber.
    Continue estudando ingles e pesquisando sobre isso. Quem sabe ate la voce mude de ideia sobre o curso que voce quer fazer. Boa sorte.

    Os links abaixo podem te ajudar:

    Como Trabalhar Com Enfermagem Nos EUA
    Profissoes Mais Promissoras Para A Proxima Decada Nos EUA
    Reconhecimento De Diplomas Nos EUA

  7. Ee acho que um filho de pai negor e mae branca – ou vice versa, e 50% branco e 50% negro, valendo para todos tipos de racas. afinal, somo provinientes de pai e mae. Apesar de eu achar isso uma bobeira.. O que vale na pessoa e o carater e nao a raca.

  8. Oi, sou brasileiro, antes de mais nada amo minha pátria, e acho que só por isso, consegui chegar a conclusão de que o Brasil se não for o maior, está entre os mais racistas.
    Pois por aqui temos um dia em que ninguém trabalha ou frequenta escola, um feriado (considerando que há feriados em que ninguém para) para o negro, só para podermos lembrar que eles são gente, sem falar na lei racista das cotas nas faculdades, porque nelas ficam explicitas que negros não são capacitados para concorrer com os brancos, por isso podem pular nas vagas.
    Enfim, sou branco e acho que podem haver discordâncias sobre minha opinião, no entanto sou um mero mortal, que quer ver todo um povo unido, ajudando o país a crescer, sem preconceitos camuflados através de leis mal feitas, mal escritas, por gente muito bem paga.

  9. Lu,conheço uma garota que foi estudar durante um ano na Filadelfia e ela disse que lá,brancos só falam com brancos e negros com negros. Eu fiquei até meio surpreso,a Filadelfia é umas das cinco principais metrópoles dos EUA e ter toda essa segregração racial! Vocês sabe de cidades ou regiões onde brancos e negros se falam e não há segregração? Será que na Califórnia é assim também?

  10. considerando o assunto abordado podemos dizer que o brasil e um pais muito preconceituoso quando se trata de cor apesar da evolução da sociedade nos anos atuais a discriminação e muito persistente….

    No estados unidos a questão racial e mas aparada pelas leis que são iguais por isso acho que e um pais mas evoluidor a respeito do assunto;;;;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *