Para imigrantes

Lei Poderá Anular Cidadania Americana

Outra lei relacionada a imigracao, mais exatamente naturalizacao, foi apresentada no congresso americano para aprovacao. Essa lei, que foi “criada” pelos republicanos e democratas conjuntamente, nada mais é que uma reformulacao da lei de imigracao e naturalizacao estabelecida na decada de 40,  a qual diz respeito a punicao para acoes cometidas por cidadaos traidores dos interesses americanos.

Caso essa lei “reformulada” seja aprovada, a cidadania americana de qualquer individuo que lute/tenha lutado em forcas armadas de qualquer pais que esteja em guerra com os EUA ou cometer outros atos de traicao a patria sera revogada, ou seja, qualquer cidadao americano que estiver envolvido em atos de terrorismo voluntariamente perdera sua cidadania.

Essa mudanca em relacao a naturalizacao,  que provavelmente sera tao polemica quanto a lei aprovada no Arizona,  é uma reacao a tentativa de atentado a Times Square, em Nova Iorque,  no inicio deste mes. No desenrolar dos fatos, descobriu-se que o responsavel pelo ataque terrorista e um  um cidadao americano que obteve sua cidadania ha pouco tempo. Isso levou muitos americanos a questionar  o sistema de naturalizacao atualmente utilizado no pais e consequentemente ao debate sobre criacao de leis que coloquem em pratica uma possivel anulacao de cidadania.

Criticos da lei dizem que aprovar a mesma seria muito radical pois ela e oposta a constituicao no que diz respeito a liberdade e igualdade. Ha ainda aqueles que aprovam a lei parcialmente porem pensam que o conteudo da mesma fosse mais detalhado.

2 comentários sobre “Lei Poderá Anular Cidadania Americana

  1. Oi Lu,sera q essa lei tbm preve a revogação da cidadania para pessoas que cometam algum tipo de crime (n sendo um ato terrorista ) ou perca algum processos?

  2. Olá VM. Essa lei não saiu do papel. Agora, sim qualquer estrangeiro portador de green card sabe que se aprontar algo cabeludo pode perder o direito ao documento. Já quanto a cidadania nao estou certa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *