Curiosidades, Para Estudantes, Para imigrantes

O Que Fazer Em Emergências Médicas Nos EUA?

Espero que durante sua estadia nos Estados Unidos voce nao precise parar num ER (emergency room), que é o nosso pronto-socorro.

Não digo isso somente porque seria uma emergencia médica, mas também por que doi no bolso. Uma visita ao ER custa em média 707 dolares, por isso é sempre bom ter seguro de saude internacional. Alem disso tem que se esperar em media duas horas e 40 minutos para ser atendido em pronto-socorros nos EUA.

Em casos de emergencia é sempre recomendavel ir ao ER com alguém ou pelo menos pedir que alguém te busque nos hospital depois de voce ser liberado.

Se voce é residente nos EUA e tem seguro (o que também é uma dica importante), sempre carregue seus documentos relacionados a sua identidade e seguro contigo, como passaporte ou identidade americana (e saiba seu SSN de cor), o nome e telefone do seu medico, seu cartao do seguro de saude e o numero do telefone de algum familiar ou amigo que deve ser contatado em caso de emergencia.

É bom colocar esse contato no seu celular também. Para fazer isso coloque o nome da pessoa e a sigla ICE (in case of emergency) na frende do mesmo. Dessa maneira americanos saberao qual numero usar caso tenham que usar seu celular para avisar de algum acidente e/ou voce esteja incapacitado. Por exemplo: Aline-ICE.

E  nunca se esqueca de comprar um kit de primeiros socorros. Ele pode ajudar bastante em diversas situacoes, sejam elas simples ou graves.

Isso nos leva aos ferimentos/casos que serao atendidos mais prontamente e que realmente precisam ser levados ao ER. A lista deles segue abaixo:

  • Perda de consciencia, se alguem perder a consciencia é obvio que ocorreu algo serio com o individuo;
  • Qualquer sangramento que nao pare depois de 10 minutos de se ter aplicado pressao no ferimento;
  • Mudancas na visao do individuo repentinas;
  • Fraqueza  ou braco, perna e (ou) rosto “dormente”;
  • Dificuldades em falar;
  • Consusao e desorientacao repentina e inexplicavel;
  • Dor severa no peito ou abdomen;
  • Respiracao muito mais rapida que o normal;
  • Tossir ou vomitar sangue;
  • Qualquer ferimento grave como na cabeca, por exemplo;
  • Vomito e/ou diarreia constantes;
  • Reacao alergica imediata a qualquer comida, picada de inseto ou remedios;
  • Vontade de se suicidar;
  • Qualquer dor severa e/ou inusitada.

Portanto caso algumas das situações citadas acima ocorrer contigo ou com conhecidos seus, é recomendável que se faça uma visita ao ER mais próximo. Não se esqueça de deixar bem claro quais os sintomas que o paciente está sentindo, isso ajudará no processo de triagem e quem sabe você pode pular as duas horas médias de espera.

4 comentários sobre “O Que Fazer Em Emergências Médicas Nos EUA?

  1. Emergencia, e o sistema mais frio de atendimento que ja vi.O tempo de espera para ser atendido e de 4 horas ate mais. E quando atendido, a espera e longa a cada procedimento e sem muita explicacao. Cada funcionario que entra sao feitas as mesmas perguntas, mesmo estando relatado no papel.E e emergencia, imagine se nao fosse. O povo americano e o povo mais paciente que ja vi para aturar isto.

  2. Olá!! Muito bom o site..
    Tenho uma duvida: possuo o SSN, seria mais fácil de conseguir o green card?
    Obrigada!!

  3. Com a autoridade de quem trabalha em hospital e já trabalhou em pronto socorro, lhes digo: emergência em hospital é apenas PACIENTE CORRENDO RISCO IMINENTE DE MORTE. Em todos esses casos em que as pessoas passam horas aguardando atendimento, é porque eles não se enquadram na situação acima.

Faça parte da conversa: