Para imigrantes

As Vantagens Da Reforma De Imigração Nos EUA

reforma imigratória nos EUA

Durante a campanha eleitoral presidencial, Barack Obama comentou sobre a importância de uma reforma imigratória para o país. Porém a reforma do sistema de saúde ainda era uma prioridade.

Agora que a questão da saúde não é mais um obstáculo, as negociações a respeito da reorganização do sistema imigratório foram iniciadas.

Aquilo que muitos ainda não sabem é que essa reforma beneficiará não somente imigrantes ilegais como também aqueles que estão aqui legalmente, os futuros imigrantes, imigrantes que já estão na “fila” para o green card e cidadãos americanos.

Como é possível que essa tal reforma vá beneficiar tanta gente? Alguns americanos e até brasileiros (que aqui vivem) refutam que algo positivo resulte da reforma, no entanto se pararmos para pensar nos benefícios de acelarar os processos de imigração legal, as razões são óbvias e certamente muito lucrativas para todos os lados envolvidos na questão. E nesse caso até os que se opõem a reforma concordam.

Dinheiro recolhido pelo governo como multa:

O governo americano será um dos primeiros a se beneficiar com a legalização dos imigrantes indocumentados, pois o número de indivíduos que deverão pagar multas pelo tempo que permaneceram ilegalmente no país e pagar impostos não pagos (isso sem considerar que muitos dos ilegais pagam impostos – ao contrário do que americanos tendem a pensar – e sem retorno de benefícios do governo pois eles estão obviamente ilegais no país- um detalhe críticos da reforma parecem se esquecer ou ignorar ) aumentará drasticamente.

Dessa forma o Estado arrecadará mais fundos e poderá usar esses recursos em favor de toda população, além de cortar os custos envolvidos na detenção (para o horror das empresas que lucram com o sistema carcerário, as quais lutam contra a reforma por motivos óbvios) e nos processos de deportação de indocumentados (os quais não são baratos e longos).

Mais dinheiro para cuidar da fronteira:

A imigração também poderá se colocar esse dinheiro para melhor cuidar fronteira e se concentrar em deportar os imigrantes ilegais que realmente colocam a população em risco, ou seja, criminosos e possíveis terroristas.

Melhorar a economia:

Através da reforma, mais trabalhadores legais poderão ser efetivados e ajudar a melhorar a economia nacional, seja abrindo pequenos negócios, fazendo mais investimentos.

Esses “futuros cidadãos” são importantes no auxílio a recuperação da economia, a qual não deveria negar ajuda alguma depois da crise econômica.

Um mercado de trabalho mais justo e sem exploração de indocumentados:

Ademais a legalização de trabalhadores ilegais fornecerá a oportunidade de um mercado de trabalho mais justo para todos, onde os americanos deixarão de reclamar que imigrantes “roubam” as “vagas de americanos”, sabe, aquelas que eles não querem em primeiro lugar,  enquanto os imigrantes deixarão de ser explorados como mão-de-obra barata (algo que somente beneficia empregadores sem escrúpulos) e poderão competir por salários decentes.

Isso sem falar no lado moral dessa questão toda. Muitos se esquecem que imigrantes (documentados ou não) são seres humanos e que há  diversas famílias separadas devido a incompetência do sistema imigratório atual.

Os imigrantes, antes em situação ilegal, terão as mesmas oportunidades de educação que americanos e outros imigrantes e poderão com isso melhorar de vida e sair de quaisquer condições subhumanas que tenham se submetido devido a estar fora de status.

Autoridades serão informadas de crimes e fim da marginalização dos imigrantes no país:

Isso diminuirá o nível de violência cometida contra eles, permitirá que eles contatem as autoridades e denunciem atos de violência cometidos por cidadãos e por outros imigrantes (legais ou não) por medo de serem deportados e minimizando assim a marginalização da população imigrante do país. Consequentemente os pré-conceitos contra eles diminuirão.

Estrangeiros com vistos de trabalho e de estudo terão mais oportunidades para permanecer no país:

Outra vantagem lida com o aspecto dos processos imigratórios legais (os quais brasileiros que passaram por ele conhecem bem), nos quais  a mão-de-obra estrangeira qualificada tão necessária e em falta do país , por exemplo, poderá permanecer aqui mais facilmente, ao contrário do que atualmente acontece.

Profissionais altamente qualificados que estão aqui com vistos temporários de trabalho poderão obter o green card e a cidadania em bem menos tempo, podendo assim criar raízes aqui, promover a importância da educação especializada,desenvolver novas tecnologias, abrir novas startups dentro dos Estados Unidos, ao invés de levar todo seu knowhow para fora assim que o visto termina.

Estudantes internacionais que buscam diplomas em áreas tecnológicas (as quais repito estão em demanda altíssima por aqui) poderão ficar no país logo após se formarem, abrindo oportunidades de trabalho e de criação de empregos para americanos.

Acabar com a separação de famílias devido ao complexo processo imigratório:

Famílias não vão mais sofrer o risco de serem separadas devido aos obstáculos da longa e famosa fila para o green card.

Resumindo, pode-se dizer que se todo o sistema imigratório for reformulado após as negociações do governo, o resultado disso é uma sistema mais eficaz, rápido e justo e que atrairá mais imigrantes para o país.

E de benefício a todos, tanto os ilegais como os legais, empresas tecnológicas (muitas das quais são a favor da reforma), o ramo agricultural (os quais também já confirmaram seu apoio a uma reforma).

crédito imagem: by takomabibelot via flickr

Quer saber mais sobre os EUA? Veja os ebooks da Lu!

Gostou do post? Compartilhe com seus amigos!

4 comentários sobre “As Vantagens Da Reforma De Imigração Nos EUA

  1. Olá Gabriel,

    Obrigada pelo comentário. Para certos casos sim já que o objetivo da reforma seria simplificar e melhorar a rapidez dos processos.

  2. …é triste quanta opinião ácida,cruel e preconceituosa eu tenho lido sobre esta reforma,vindo de brasileiros ,em situação legal, que moram aqui ….sei lá eu acho muito racistas e sem amor ao próximo.

  3. Realmente, Simone. Infelizmente isso acontece e é falta de compaixāo. Todos somos imigrantes.

Faça parte da conversa: