Cultura Americana, Curiosidades

Como É Celebrado O Ano Novo Nos EUA?

Seattle New Years Eve Fireworks 2011
Celebração de Ano Novo em Seattle, Washington.

A maneira de se comemorar o Ano Novo pode variar, sendo supersticiosa em alguns lugares enquanto em outros as festividades sao barulhentas e divertidas. Os americanos levam esse feriado tanto a serio quanto na brincadeira. Eles levam a serio a parte das resolucoes de ano novo, as quais geralmente fazem parte de uma lista de objetivos para o ano seguinte.

Alguns exemplos de resolucoes  incluem comecar a malhar regularmente, perder peso, mudar de emprego, economizar mais, se alimentar melhor, viajar mais e etc. Praticamente qualquer objetivo pode se tornar um resolucao.

Mas voltemos as comemoracos em geral. Elas sao basicamente as mesmas que no Brasil, sendo que atividades comuns para a época incluem visitar os amigos e familiares, participar de festas de virada, trocar presentes, participar de missas ou cultos a noite e outros vao para Nova Iorque para ver a bola cair e os fogos de artificio na Times Square. Aqueles que nao podem ir a NY, vao ao centro de sua cidade, onde sempre ha decoracao de fim de ano, rinque de patinacao no gelo (mesmo se voce mora em um estado quente), desfiles, musica ao vivo e obviamente fogos de artificio.

Ball Drop Em Nova Iorque 2011

E claro que ha sempre os fanaticos por football que passam o dia e a noite assistindo jogos na frente da TV. Outros detalhes que nao podem faltar sao: brindar o ano novo com champagne e cantar a cancao escocesa “Auld Lang Syne” que fala sobre amizade e esperar a contagem regressiva e assistir a bola cair na Times Square pela TV.

Como comidas não pode faltar em celebrações, os americanos preferem comer feijao fradinho com carne de porco cozido das mais diferentes maneiras (o porco simboliza a vontade de se seguir adiante) mas os pratos podem variar dependendo da origem da familia em questao e da região onde eles vivem.

Lembre-se que os Estados Unidos e um pais de imigrantes e é comum cada familia manter seus costumes etnicos (mesmo que poucos) em datas especiais como a vepera do ano novo. Muitas famílias de origem cubana em Miami, por exemplo, assam um porco inteiro.

Obviamente as comemorações em cidades grandes serão maiores do que as do interior. De qualquer forma os americanos tambem fazem muito barulho e aproveitam a data tanto (senao mais :D) quanto os brasileiros.

 

Crédito Imagem:
By Dan Bennett from Seattle, USA (DSC_2047Uploaded by X-Weinzar) [CC-BY-2.0], via Wikimedia Commons

Fique por dentro dos posts do blog!

Coloque seu email abaixo

Quero saber mais!

12 comentários sobre “Como É Celebrado O Ano Novo Nos EUA?

  1. eu precisava pra faze um trabalho……..mas não me ajudou em nada porque não posso copiar…..
    mas parebéns…… foi bem bolado

  2. Barabara,

    Você não precisa copiar o artigo, você pode citá-lo. Não sei em que série você está mas quando vc chegar na faculdade saber fazer citações de artigos e etc vai te ajudar bastante. Sugiro que vc procure se informar sobre como fazer uma citação para seu trabalho 🙂

  3. o artigo esta otimo, mas tbm nao me ajudou ! precisava de um trabalho para escola …

  4. Obrigada pelo comentario, Mayara. Sinto muito se nao pude te ajudar com as informacoes. sucesso no seu trabalho 😉

  5. Muito bom o artigo dado a cima me ajudou muito e tirei 10 no trabalho de inglês … 😀

  6. eu precisava para um trabalho. Me ajudou bastante pois disso eu tirei minha conclusão e fiz o trabalho , o site é ótimo parabéns

  7. Tomara que seja este trabalho que a professora esteja pedindo , mas não preciso ter dúvidas por que só pelos comentários deve ser ótimo ! 🙂

  8. Moro aqui nos EUA e nao tem fogos de artifico como no Brasil,aqui tudo é muito formal,somente em cidades com new york ou em outros grandes centros é permitido a queima de fogos, fora isso vc não vê e nem ouve qualquer barulho se quer, isso vale para o natal também, achei muito sem graça…. A queima de fogos aqui onde moro regiao de boston só é permitida para o feriado de 4 julho(independent day)

Faça parte da conversa: