Para Estudantes

9 Diferenças Entre Português E Inglês

Quer saber o que faz a língua portuguesa tão diferente da inglesa? Veja a seguir 9 diferenças entre português e inglês.

1.

A língua portuguesa pertence à família de línguas latinas, já a lingua inglesa deriva de linguas germânicas o que faz ela parecer mais complicada para aprender (para nós);

2.

Há 26 letras no alfabeto português mais 11 letras com acentos (diacríticos). O alfabeto inglês tem 26 letras e sem sinais diacríticos;

3.

O português é uma língua ritmica, ou seja, as palavras são pronunciadas em sílabas que geralmente tem a mesma duração. No inglês uma palavra de 6 letras pode ser dita de uma vez só, em somente uma sílaba;

4.

Há 9 sons de vogais em português + 6 ditongos, em inglês há aproximadamente 20 sons de vogais;

 

5.

Perguntas são feitas em português através da mudança de intonação em frases, já em inglês usa-se verbos auxiliares para indicar interrogação (como o Do na frase em inglês abaixo);

Você fala inglês?

Do you speak English?

6.

Em português pode-se usar palavras negativas duas vezes numa mesma frase, por exemplo: Nós não fazemos nada (o não e nada são palavras de sentido negativo). Em inglês a mesma frase fica : We don’t do anything (a única palavra negativa da frase é o don’t, embora anything seja somente usado em frases negativas), se traduzirmos a frase ao pé da letra fica : Nós não fazemos algo/alguma coisa.

7.

Há mais de 70 preposições em inglês, enquanto em português um número bem menor;

8.

Pronomes pessoais são geralmente omitidos em português, o mesmo não ocorre em inglês pois como praticamente não ha conjugação verbal na língua inglesa é sempre necessário usar os pronomes para saber quem está praticando a ação da frase;

9.

Português é  mais fonético do que a língua inglesa e por isso que temos aquela impressão de que nada se escreve do jeito que se fala em inglês. Resultado disso? A nossa pronúncia em inglês fica estranha 😀

Aí estão, as maiores diferenças entre a língua inglesa e a portuguesa. Se voce tiver quaisquer perguntas ou gostaria de falar mais sobre o assunto, é só deixar seu comentario abaixo.

Quer mais dicas de inglês?

13 comentários sobre “9 Diferenças Entre Português E Inglês

  1. Interessante a comparação.

    Um professor de inglês que tive costumava dizer que o inglês é uma língua pobre por possuir menos recursos linguísticos que o português. Nunca entendi o que isso quer dizer. Isto procede?

  2. Caro autor;

    A diferença número 9 está inteligível: “mais fonética”???. Ou seja, uma língua pode ser mais fonética do que outra? Como assim? Talvez você queira dizer que o português possui maiores recursos fonéticos, ao passo que no inglês os sinais fonéticos são em bem menor número. De todas as formas, penso que a diferença número 9 deveria ser reformulada, não consigo entender o porquê de você afirma que a nossa’ pronúncia fica estranha. Por exemplo, um falante fluente da língua pode se expressar de maneira bastante similar a um falante nativo, não é mesmo?

  3. Olá Rodrigo,

    Cara autora, não autor (não sei por que tanta gente assume que sou homem rsrs) Acho que deveria ter usado exemplos no texto para clarificar as coisas… Sim, línguas são classificadas em seu nível de fonética, portanto existem idiomas mais fonéticos e menos fonéticos.

    Uma breve explicação do que uma língua fonética é “With phonetic languages, there is a direct relationship between the spelling and the sound (relação direta entre a maneira que algo é escrito e o som da tal palavra falada). It is important to understand that English is not a phonetic language. So we often do not say a word the same way it is spelled (…)”.

    Resumindo: Se você diz uma palavra do mesmo jeito que ela é escrita, cada letra com um som somente, ela é fonética. Se um idioma tem diversos sons para a mesma letra ele é menos fonético e a maneira de dizer diferentes palavras com as mesmas combinações de letras vai ser diferente, portanto menos fonética.

    Italiano e finlandês são idiomas mais fonéticos do que espanhol, que por sua vez é muito mais fonético do que português (potuguês não é uma língua muito fonética, embora como estejamos acostumados pensemos que ela é, pois afinal conhecemos os sons correspondentes a cada letra) e assim por diante. Inglês e francês são menos fonéticos pois há mais sons para as mesmas letras.

    Nossa pronúncia fica estranha por diversos fatores, claro que isso também depende da percepção do indivíduo quando ele fala, tem gente com maior facilidade para “pegar” idiomas e outros que por mais que ouçam uma palavra estrangeira não conseguem imitar o som corretamente. Um deles é que a pessoa usa o que ela conhece de fonética (os sons) em português ao tentar falar inglês, esse por sinal é um erro MUITO comum.Ela pensa que por que as letras são as mesmas os sons serão os mesmos em idiomas diferentes, grave erro.

    Podia usar aqui também o exemplo de espanhóis falando português, como a língua deles é mais fonética, há sons em português que são difíceis para eles pronunciarem pois eles não tem os mesmos sons em espanhol, sendo assim ou eles aprendem a articular o som corretamente e a entender quando eles terão que usar esse sons ou eles falam português como se fosse espanhol. Como dizendo o S de Casa como eles diriam a mesma palavra em espanhol, ou seja, com som de S e não de Z, como nós fazemos.

    A outra é o sotaque regional da pessoa, alguns mais mais fortes que outros e a pessoa tenta falar inglês usando o sotaque regional brasileiro dela, o que também causa dificuldades para um nativo do idioma entender o que se fala.

  4. Uma língua estrangeira é tão mais fácil ou difícil de se aprender quanto mais ou menos ela for parecida com sua língua materna (húngaro para quem fala japonês deve ser uma tortura assim como o finlandês para quem fala búlgaro e por aí vai). Eu costumo dizer que inglês é o alemão simplificado (as duas línguas são da mesma família e há um vocabulário e uma gramática básicos comuns às duas línguas que permite a quem fale uma delas entender um pouco o que o outro fala mesmo que você não domine a outra língua, algo como o espanhol e o português. Em tempo: as origens do português e do inglês são as mesmas, as antigas línguas célticas, foi a partir do Império Romano e das invasões bárbaras que os dois idiomas se separaram (a península ibérica caiu sobre o domínio romano e se latinizou enquanto as ilhas britânicas caíram sobre domínio germânico com as invasões dos anglos, saxões e jutos vindos respectivamente de onde hoje são a Holanda e a Dinamarca).

  5. estao errados portugues é mais fonético que espanhol eles só tem 5 vogais para 5 sons e portugues de portugal tem 14 sons as vogais orais e as nasais

  6. Filipe, acho que você não sabe a definição de língua fonética. Quanto mais fonética ela é menos sons para cada letra ela tem, o espanhol tem menos sons do que o português, portanto é mais fonético que o português.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *