Cultura Americana

Os Erros De Pronúncia Mais Comuns Em Inglês

erros de pronúncia em inglês mais comuns

Falar inglês é indispensável para aqueles que desejam morar nos EUA. Conheça abaixo os erros de pronúncia mais comuns em inglês e como minimizá-los.

Fica mais fácil suavizar o sotaque e corrigir os erros quando você sabe onde exatamente você está errando, uma maneira de checar isso é perguntar para um conhecido americano (de preferência amigo/a, namorado/a, noivo/a, esposo/a  etc) e pedir para ele/a te ajudar com sua pronúncia. Você tambem pode gravar sua voz ao falar inglês e notar seus próprios erros.

Há contudo alguns erros que são mais comuns e que a maioria dos brasileiros comete ao falar inglês. Veja quais são eles abaixo:

O TH:

O “th” – como esse som não existe em português, a gente tende a pronunciá-lo como um “t” o que faz com que palavras tipo three (três) soarem como tree (árvore). O som do “th” é como um “f” falado entre os dentes. Então não é exatamente um “f” mas parecido com tal.

Se você falar o TH como um F, o Three vai soar como um Free para ouvidos americanos.

Compare (ouça) como dizer o TH em inglês:

O bendito R:

Em português temos dois tipos de som para a letra “r”, temos o “r” em carro e em caro. Nenhum desses erres é usado em inglês quando vemos um r, pois o erre americano é  enrolado, tente falar a palavra caro e enrole a língua no erre.

Alguns sotaques regionais brasileiros tem certa vantagem no erre e fica mais fácil para eles pronunciarem, já outros sotaques nem tanto.

Ouça o exemplo de como o r americano é pronunciado: Rat.

 

O S:

Ninguém comentam muito sobre isso mas não há a regra (como em português) que quando o “s” estiver entre duas vogais o som dele é de “z”, como na palavra casa, etc. Então nem toda palavra que tiver um “s” entre vogais soará como “z”, ele soará muitas vezes como um “s” mesmo.

E sim, você vai se sentir “estranho” ao tentar pronunciar esses S como S de verdade 😀

 

ebook aprender ingles

101 Dicas Para Aprender Inglês
Price: $15.00 USD

O H:

Em inglês a maioria dos Hs não são mudos como em português, eles têm o som do “r” em carro. Há exceções porém, como na palavra honor, onde o h não tem som algum, então se você dizer Honor com som de “rr” fica esquisito.

Ouça como pronunciar os dois Hs em inglês: Honor e compare com Hall.

O W:

Americanos não dão praticamente a mínima para pronunciar empréstimos estrangeiros da maneira correta, mas esse aqui nem é o caso pois enquanto em português o W é um empréstimo e presente em palavras de origens estrangeiras , o W pertence ao alfabeto em inglês.

Só que o detalhe é que ele tem som de “u” e não de “v” como estamos acostumados com o W emprestado do alemão.

O “w” tem som de “u” e nao de “v”. Ouça como pronunciar o W em inglês: Well.

O ING:

O jeito mais fácil para aprendermos a pronunciar o ING em inglês corretamente é pensar que não se pronuncia o “g” do “ing”. Exemplo: sleeping /slii-pin/ e nao /slii-piin-gi/.

Ouça como o ing em sleeping é pronunciado aqui: sleeping

Consoantes no fim de palavras em inglês:

A maioria das palavras em inglês terminam em consoantes, porém essas consoantes finais não tem som de vogal, somente o som da consoante.

Então não coloque um “i” no final da palavra food por exemplo, que você estara falando /foodjee/ e não food.

O som de quando uma palavra termina em consoante é falado sem o som de qualquer vogal, sendo assim bem sutil. Tente falar o “d” de food sem o som de “i”.

Melhor ainda, tente falar a letra D sem o (e) em DE. Corte a vogal para ver o que acontece. É difícil no começo mas com prática você pega o jeito.

Ouça como americanos pronunciam a palavra food e compare com a sua pronúncia do D.

Só por que é escrito da mesma forma não quer dizer que se pronuncia do mesmo jeito:

Nem sempre palavras com grupos de letras parecidas em inglês são pronunciadas da mesma forma que em português.

Quem dera fosse fácil como em português.

Alguns exemplos: blood, cool – os dois “o’s” em blood soam como “ãã” e os dois “o’s” em cool se pronunciam “uu”.

Ouça as pronúncias diferentes de blood e cool:

Tentar escrever palavras em inglês com regras de escrita em português ou vice-versa:

Nada do que se escreve em inglês é da mesma maneira com a qual você pensa ao ouvir a palavra.

A pronúncia inglesa é totalmente diferente da brasileira. Treine sua pronúncia conversando com americanos, pedindo a opinião deles (feedback) e faça perfis em sites que esinem ingles (há inúmeros sites de qualidade que ensinam o idioma, alguns de graça).

O melhor a fazer é aprender a pronúncia correta (vários dicionários de inglês online tem gravações de palavras em seus sites).

Americanos são impacientes com isso mesmo e não consideram que você fale inglês de verdade a não ser que você fale bem, por essa razão e muitas outras é melhor aprender a lingua direitinho.

Gostou do Post? Compartilhe !

16 comentários sobre “Os Erros De Pronúncia Mais Comuns Em Inglês

  1. muito interessante a materia , no meu curso ensinam essas pronuncias como o th q tem som de f mas e falado com a lingua …..

  2. Seu blog e realmente otimo, voce esta de parabens.
    Gostaria de conhecer alguns sites que ensinam ingles de graca e com pronuncia.
    Tambem gostaria de saber se voce pode me ajudar a conseguir as 100 questoes para o teste de citizen, gostaria de comecar a estudar as questoes, tambem mais da historia e politica americana, obrigada!!!!

  3. Oi Andrea,
    Obrigada pelo comentario. Para aprender ingles, sigua o link para o blog abaixo, la voce encontra analise dos melhores websites, softwares e outros recursos gratis para aprender ingles:

    Tudo Para Aprender Ingles

    Quanto as 100 questoes para o teste de cidadania americana. Cheque esse link abaixo (do USCIS, o orgao do governo que regula assuntos imigratorios) la voce encontra tudo que voce precisa para fazer o teste e voce pode ate baxar os formularios la mesmo:

    Guia De Naturalizacao Oficial (USCIS)

    Abracos,
    Lu

  4. Muitíssimo parabéns e obrigada, pela explicação completa e clara, sobre dúvidas que me atormentavam já há algum tempo. E, que nos trocentos sites e blogs que entrei não encontrei explicações tão esclarecedoras quanto a desse.

  5. no inicio o ingles parece complicado, mas quando se aprende se nota que ele é mais simples e direto doque o portugues.

  6. Olá Lu, tudo bem?
    Então aprendi grande parte do meu inglês sozinha, lendo na internet, a maioria dos meus sites favoritos são americanos, portanto tive que aprender! ok, não foi só por isso, eu adoro todo tipo de idioma e se pudesse aprenderia todos haha
    Vejo em muitas pessoas da minha idade, ou até mais velhas, que fazem curso, ou se dizem saber falar inglês muito bem, erros mais bobos, como por exemplo a pronuncia do “o” muitos que conheço falam pÓrtuguese, parece ser um erro tão simples, mas acho q se quer falar bem, que fale CERTO! não acha? Sou toda perfeccionista, se tem uma coisa que me mata é eu estar falando inglês e alguém me perguntar como se não tivesse entendido nada do que disse, isto me dá um desespero… hahaha
    Ah, e outros erros bobos que cometem bastante é o uso do a/an ou até mesmo confundem off com of e assim vai… Erros simples que, para mim, também fazem diferença.
    Beijos Lu.

  7. Nessas horas ser perfeccionista ajuda a melhorar a qualidade do inglês bastante mesmo. E não há algo melhor do que você falar um idioma estrangeiro com um nativo daquela língua e ele/a entender tudo o que você diz 😉

  8. Olá Lu!

    Acho que é gratificante demais falar Inglês tão bom quanto um americano.

    O interessante é que sua dicas desmistificam aquele velho estereótipo: “A Língua Portuguesa é muito mais difícil de se aprender que o Inglês”. Talvez, não seja.

    Abraços!

  9. Sandro,

    Pois é, há muitas outros idiomas mais difíceis de aprender do que o português, e para alguns o inglês é um deles.

  10. O Th em inglês tem dois sons: o em Thought (mais omo um f) e o em that (o que alguns diriam parecer mais com um d ou um v)

Faça parte da conversa: