Para imigrantes

Empregos De Imigrantes Nos EUA

Uma das maneiras de vir para cá e conseguir um visto temporário de trabalho. E imagino que a maioria dos brasileiros que já pensou em viver aqui também já se perguntou e ouviu muitas historias (verdadeiras e absurdas) sobre o mercado de trabalho americano, seja de um primo de um amigo de um amigo que ja trabalhou nos EUA ou ainda sobre histórias colocadas na mídia etc.

O que se deve entender primeiramente é que ser imigrante, independente do país, não é uma coisa fácil, há toda a preocupação em aprender a cultura da nova terra, ou pelo menos entendê-la e respeitá-la, procurar saber sobre diversas coisas do dia-a-dia que funcionam de maneira completamente diferente da forma que funcionam no Brasil. Enfim ser aceito e respeitado pela nova comunidade.

 

A importância de domínio do inglês para o trabalho para imigrantes que querem empregos nos EUA:

Essa aceitação não é diferente em relação a buscar trabalho por aqui. E mais uma vez não quero ser negativa, porém é verdade que se você deseja um bom emprego por aqui deve ter inglês muito bom ou fluente e de preferência ensino superior (esse último vale mais se você possui visto de trabalho, trabalha para multinacional, etc). Para aqueles que não sabem inglês e não tem ensino superior, resta os empregos que os americanos não querem fazer.

 

Empregos nos EUA para imigrantes com Diplomas:

A questão de ensino superior é complicada, pois caso você tenha diploma do Brasil, pode demorar muito até que você possa conseguir validar seu diploma por aqui e trabalhar na mesma área (a não ser que você seja excepcional no seu campo de estudo e tenha grana para pagar por exames profissionais que você terá que fazer).

Na maioria dos casos, especialmente com cursos de área médica e jurídica, o interessado deve estudar o curso completo ou parcial novamente em faculdade americana. E se esses cursos já são caros no Brasil, imagine o preço deles aqui.

Por essa razão muitos brasileiros formados que vêem para cá trabalham em empregos considerados “inferiores” até conseguirem regularizar sua situação acadêmica ou ter dinheiro suficiente para estudar mais.

Caso você venha por meio de trabalho em qualquer multinacional, a transição será provavelmente mais fácil, já que subentende-se que você ocupará a mesma/similar posição na filial/matrix da empresa nos EUA e que sua formação acadêmica e/ou experiência será levada em conta durante o processo.

 

Empregos nos EUA para imigrantes que não tem diplomas:

Voltemos aos empregos disponíveis para aqueles que não tem diploma nem falam inglês (*atualização: atualmente há a exigência até para empregos com babás, em restaurantes e como faxineiras)  As oportunidades aqui são amplas, mas os empregos são geralmente pesados. Muitos imigrantes nessa situação trabalham com construção civil, landscaping, limpeza doméstica, de escritórios ou fábricas, empregos em hotéis e restaurantes e coisas do gênero.

Veja uma lista com empregos que não exigem diplomas nos EUA mas que pagam bem. E sim, eles ainda exigem green card ou autorização de trabalho.

 

Use seu QI e faça seu Networking:

A maneira mais fácil de se conseguir um emprego aqui é o mesmo que no Brasil: QI (Quem Indica), então se você conhecer americanos ou qualquer outra pessoa que possa te indicar para certa vaga fica tudo mais fácil.

Outras alternativas são networking com americanos ou hispânos que trabalham na área que você deseja ingressar.

Eles são bem abertos a esse tipo de coisa, é normal vê-los engajados nisso todo dia, toda hora, então aprenda com eles : Propague suas habilidades com indivíduos que provavelmente te ajudarão a conseguir aquela sonhada vaga.

 

Divulgando suas habilidades profissionais na internet:

Pode-se também tentar a internet para conseguir aquele emprego nos EUA, seja em redes sociais  (desde que seu perfil seja profissional), há até certos sites na net focados especialmente nesse tipo de ligação profissional entre as pessoas ( como LinkedIn ou um site próprio com seu portfolio caso você seja freelancer).

E lembrando que esses websites costumam ser públicos, qualquer um tem acesso a seu conteúdo e por essa razão você deve manter a imagem profissional do mesmo.Cresce cada vez mais o número de empresas que bisbilhotam os perfis públicos (profissionais ou não) de futuros empregados.

Ainda na internet pode-se usar sites de empregos, os classificados de jornais (dos brasileiros e dos americanos) e agências de emprego, sendo que esses últimos não são muito produtivos.

Resumidas acima as maiores dúvidas sobre empregos e como conseguí-los nos EUA. Não se esqueça que o importante é trabalhar de forma honesta e investir no seu avanço pessoal e da sua família.

Os casos citados previamente não são rígidos e as situações variam de imigrante para imigrante, se você tiver sorte pode continuar trabalhando no mesmo tipo de emprego que tinha no Brasil ou mesmo em uma posição melhor.

Sucesso na sua busca!

26 comentários sobre “Empregos De Imigrantes Nos EUA

  1. gostei do seu blog, parabens… !
    sou um estudante que quero trabalhar nos EUA,
    e você já está me dando uma idéia de como o fazer..
    Obrigado.

  2. Ola Guilherme,

    Obrigada pelo seu comentario. Fico feliz em saber que voce gostou do meu blog. Continuarei colocando mais dicas, curiosidades e informando como e a vida aqui nos EUA 😉

    Abracos.

  3. Os empregos em vallet services, em restaurantes como garçons e barmans, coisas do gênero, são empregos que podem ser conseguidos por um brasileiro que fala inglês relativamente bem? Não fluentemente, mas razoavel. É dificil de conseguir esse tipo de emprego por aí?

  4. Yan,

    Se voce tem visto de trabalho voce certamente consiguira trabalhar nessas areas.

    Sucesso!

  5. Olá, eu gostaria de saber se as escolas militares não aceitam por exemplo um imigrante com visto de estudo.

  6. Murilo,

    Primeiro você tem que entrar no exército brasileiro e ser incluído em um dos programas de exchange students de alguma academia militar no Brasil. Para ser incluído você deve ser indicado por um oficial militar brasileiro e daí ser transferido para uma das academias americanas. Há um porém de idade, eles somente aceitam jovens solteiros, sem filhos e de 17 a 22 anos.

    Outra opção seria entrar no exército americano diretamente, no entanto eles não aceitam jovens sem Green Card.

  7. eu tenho autorizaçao de trabalho mas ta dificil para sair das obras. tenho procurado em hoteis e restaurantes mas nada nem mesmo em supermercados. porem é mais uma sorte de ires para o sitio certo em termos de mercado de trabalho. Para quem tem familia, ensino secundario ou superior feito tudo e mais facil. No entanto mesmo quem nao tem nao desanime ha que tentar e a cumunidade brasileira aqui de certo que te ajuda sem problema.

  8. nossa eu estou cursando o curso técnico em enfermagem e já estou estudando para a faculdade de enfermagem. nem meu diploma de técnico vou poder usar nos EUA?
    Pois o técnico é supervisionado por um enfermeiro em todos os procedimentos! caraca fiquei triste rssrsrsrrssrss

  9. Rodrigo,

    Sempre alguma coisa da para usar, seu conhecimento e experience ja ajuda. Boa sorte!

  10. Boa tarde
    gostaria de saber se me poderia ajudar gostaria de tentar a sorte fora de portugal sou polivalente faco todos os trabalhos de construcao civil percebo ingles e falo um pouco gostaria de saber se me poderia responder para o meu email
    c/melhores comprimentos
    lino morais

  11. Gostei sim do seu artigo mas apenas acrescentando algumas coisa. Que os Brasileiros aqui sao conhecidos como trabalhadores 90% dos Americanos gostam do trabalho feito por um(a) brasileiro, mas tome todo cuidado pois principalmente as mulheres na maioria das vezes somos rotuladas como mulher facil. Por muitas brasileiras virem pra ca pra trabalharem como dancarinas nuas, isso nao eh nada bom pra nossa sociedade aqui na maioria das vezes os americanos acabam generalizando as mulheres brasileiras.E algo negative pra nossa cultura, pois moro aqui ha mais de 15 anos e esculto ainda muito desses comentarios. Venham trabalhar sim ha trabalhos muito bom e a honestidade sera seu passaporte para o sucesso.

  12. Olá eu esto tirando economia (curso superior), falo corretamente inglês acha que posso vir a trabalhar nos EUA?

  13. Olá AMSB,

    Não vejo por que não. Comece a se informar sobre os processos de vistos de trabalho (no site do consulado americano do seu país) e veja qual deles é o melhor para você. Faça seu resume em inglês, perfis em sites de networking profissionais americanos e/ou comece a trabalhar em uma empresa multinacional onde vc possa exercer sua profissão desde já (uma internship, quem sabe?) daí vc consegue uma transferência para cá. Há muitas opções. Sucesso!

  14. Olá eu pretendo ir para Boston trabalhar final do ano mas ainda não tenho emprego lá para conseguir o visto tem alguma ideia de quem pode me ajudar?

  15. Ola David,

    Primeiro passo para trabalhar nos EUA e ter um visto de trabalho, vc nao vai conseguir trabalho sem um documento chamado de autorizacao de trabalho ou o green card.

  16. Todo dia leio algo do blog pois me dá uma injeção de ânimo e além de orientar qual rota seguir. Coração animado 🙂

  17. Acho que este blog nos dá uma “injeção” de ânimo para morar nos EUA.

    Acredito que o ideal é se especializar no Inglês e em sua área de formação (Graduação, Pós-Graduação, etc.) aqui no Brasil mesmo. Assim sendo, tem-se um bagagem construída para se buscar o melhor visto. Além disso, um pouco de experiência conta, não é Lu?

    Abraços!

  18. Olá!
    Sou farmacêutica e meu noivo é americano e vou me casar nos Estados no Ano que vem, (estou em processo de visto K1), minha dúvida é o seguinte…
    Onde eu posso procurar cursos de especialização na área (principalmente na Califórnia) e se depois que eu conseguir cursá-los ficaria mais fácil a validação do meu diploma lá?Desde já agradeço.

  19. Olá Le,

    Em universidades e community colleges da área na qual você vai morar ou ainda se você achar, em escolas especializadas nisso(embora eu não recomendaria essas últimas por causa do $ e reconhecimento do curso além de promessas demais por parte deles, sei que há aquelas de enfermagem e outras mas não sei se de farmácia) Você pode encontrar mais informações sobre o que você precisa nos sites das universidades e community colleges. Você pode entrar em contato direto com a secretaria deles para obter mais detalhes (se seu curso será reconhecido, se você terá que refazer tudo ou se seu curso contará créditos ou não, onde fazer as traduções e transcrições do seu currículo – é a escola que indica o serviço de tradução e validação – e etc). Sucesso!

  20. amigo tenho alguma chance de trabalhar por ai em algum mercado ou padaria acougue,como faco?

  21. Olá Lu, parabéns pelo blog! Eu tenho sonho de morar nos Estados Unidos pelo menos por alguns anos, sou estudante de administração com experiência na área administrativa como auxiliar, tenho alguns ponto positivos no currículo, se eu procurar por trabalhos nos Estados Unidos desde já haveria possibilidade de conseguir uma vaga mesmo estando no Brasil ainda?

  22. ola sou atleta e tenho vontade de trabalhar e ate atuar na minha area nos eua tem alguma forma de fazer algum treinamento e ate tantar viver disso legalmente por conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *